Top 10 inspirações

Gente, tô viva, tá? É que eu, nessa minha misantropia às vezes me desligo total do notebook, e acabo não alimentando o blog de posts. Também tô terminando mais um tutorial da série “shorts para o verão” que envolve várias etapas, e isso tem me consumido bastante. O legal? É que vai subir amanhã, já tô ansiosíssima pra ver se vocês curtiram!

Mas, mudando de assunto, hoje quero compartilhar por aqui um top 10 de inspirações, extraído diretamente de um dos blogs de rua mais legais, o Stockholm Streetstyle. Eu não tenho muito critério na escolha, ora me apaixono pela estética da montação, ora por um tecido específico, ora pelo estilo seguido. É bem assim, meu cérebro é randômico, já falei pra vocês :)

Então, me sigam!

E se o filme Bonequinha de Luxo tivesse um remake, bem no século atual, como seria a nova Holly Golightly(Sabrina também, certamente)? Na minha cabeça bem assim, como a Ulyana Sergeenko. Não é um look para o dia-a-dia, por óbvio, imaginem vocês ali, no Midway vestindo um trambolho desses? Sem chance. Porém, a mensagem foi muito bem passada: A Bonequinha de Luxo/Sabrina, de fato, saiu às ruas, e ganhou um clique, como não poderia deixar de ser.

Lógico que não vou dizer pra vocês que curtir o sapato porque é de marca tal, é confeccionado de tal maneira, só existem três no mundo inteiro, tipo um violino Stradivarius. É lindo, é diferente, é floral com fundo escuro, deixa um pedacinho de pé à mostra, e não pede muita coisa na parte de cima, já que ele é que é o toque mágico da composição. Desejo? Sim, que mulher não desejaria ter um par desses?

Confesso que tô me fazendo de doida pra essa onda de usar boné (logo eu, que tinha vários bonés estilo caminhoneiro na minha época de freqüentar toda semana shows de hardcore e pistas de skate), mas achei tão bacana como essa menina usou, e o carão que fez (sem falar no batom laranjão) que mereceu estar no top 10 de inspirações. Vai que…

Me expliquem? O que é esse look? Montagem com uma garota saída direto dos anos 50? Não, essa foto é recentíssima, e mostra como modelagens clássicas nunca morrem. Aliás, para ter estilo é permitido ser anacrônico, revisitar o passado, tentar prever o futuro, misturar com o presente…vestidos como esses me fazer correr pra uma máquina do tempo, e dar um beijaço em Dior, e dizer “bicho, mandasse bem nessas saionas, viu?”. Somente.

A inspiração numero 5 tá aqui por razões bem evidentes: nesse calor dos infernos que tá fazendo em Natal, sair assim deixa o tico de vento entrar no corpo, o conforto imperar, e vamos combinar, fica lindo pra caramba. Reparem no mix de pulseiras da fia?! E esse colete floral? #apenasmorta

Como acessórios mudam nossas composições, não poderia deixar de trazer essa tartaruguinha fofinha que a moça usou como broche. Ai gente, que coisa linda! A sacada dela foi genial: usar uma peça mais pesada, com acessórios mais delicados, trazendo todo aquele equilíbrio que a gente fala tanto aqui no blog.

Tá, eu não sei se são cadarços, mas que eu usaria uns – e cordonês – pra acinturar chemisiês, camisas e peplums da vida, ah, usaria linda e loira!

Saia da chambray, sua linda, #venimim! Repararam que bastou muito pouco pra complementar o look, e o resultado ficou incrível de veranil? Ótima ideia, só assim pego o ganho pra mandar vocês queimarem as saias bandage, e saírem por aí femininas e românticas, e não piriguéticas! :) Brincadeira, adoro saia bandage, mas com um jeitinho menos natalense de usar, se é que vocês me entendem.

Taylor, sua linda, tô nesse exato momento imprimindo essa foto e caningando titia pra fazer essa saia, tsá? Saia lápis eu vejo todo dia, mas divertida assim, nem sempre. Esse jogo do preto-e-branco todo do look da Taylor encheu meus olhos, e bem acho que o guarda-roupa das meninas que trabalham em ambientes mais formais poderia ser assim. Abandonemos os ternos de oxfords monocromáticos então, a vida é diversão. Juro a vocês que me sinto tipo 50 anos mais velha com aqueles ternos, affe…#desabafos

E se a gente começa com um vestido TODO TRABALHADO NO VELUDO, tem que terminar com um leve pra usar nesse calorão. O longuinho da Haneli virou amor à primeira vista pela cor, e pelo jeitinho de voil de algodão devorê, ficou muito delicado, tô super me imaginando ventilada com ele (#loucaaocubo), e bem assim, de rasteirinha, porque sou sem vergonha e assumo meu “metroemeio” com um orgulho danado :)) Quero um, e vou com todas as minhas forças procurar um tecido semelhante na rua pra fazer um assim.

Pronto, hoje tô tagarela, falei demais, porém, por fim, super queria saber: desse top 10, qual o mais inspirador pra vocês? Eu, realmente não tenho ainda um mais-mais pra escolher…

For Boys: Que traje usar para cada ocasião?

Eu admito que o “For Boys” esteve jogadinho, meio de lado. E tenho certeza de que os poucos leitores homens do blog se chatearam com isso. Mas não esqueci de vocês, tá?

Hoje eu  inicio uma série que pode ser muito útil tanto para os meninos quanto para nós, que ajudamos nossos bofes a andarem lindos, lépidos e fagueiros por aí.

Pra começar, falaremos dos trajes corretos para cada ocasião…pode até parecer démodé falar nos dias de hoje de passeio completo, esporte, etc…mas, atire a primeira pedra quem nunca se sentiu pagando King Kong quando chegou numa festa com o traje destoando de todos que lá estavam…a sensação é péssima! E vamos combinar que ainda existem convites exigindo traje da ocasião, né?

Outra coisa: estilo é estilo. Muita gente usa tênis até no red carpet. E fica feio? Não, no fim a montação toda expõe o estilo da celebridade que o está usando. Por isso, também não levem tão a sério o que falo abaixo, porque várias exceções são permitidas, e você não pode deixar de imprimir seu estilo pessoal nos trajes que usa.

Por isso, apenas para que vocês não passem por algumas situações desagradáveis, algumas diquinhas podem ajudar a mesclar estilo pessoal com o traje adequado. Tenham bom senso, e tudo dá certo!

Traje Esporte: não, meu amigo, não é pra você ir à festa com a roupa da pelada, ou da academia. Nesse tipo de traje, há um certo toque de informalidade, porque a gravata é dispensada. O blazer pode ser usado, e a camisa também. Há quem use camiseta por baixo do blazer, e vou ser sincera, fica bonito, dependendo do estilo de quem usa. Tênis? Não recomendo! Deixe-os em casa! A menos que você seja Brad Pitt(foto abaixo), tá liberado o tênis. Caso contrário, use algo meio-termo, nem esportivo, nem tão fino.

E sobre o jeans, ele até pode ser usado, hoje em dia se vê demais. Porém, a lavagem é que vai dar o tom mais arrumado no look. Escolha lavagem escura, mais social.

Alguns exemplos do traje Esporte:

Traje Passeio: o traje passeio(tenue de ville)é para evento informais(pero no mucho), e geralmente de dia. A gravata entra, e pode ser mais divertida, sem aquele rigorismo dos trajes formais. O blazer geralmente é usado, bem como a calça, social, e as camisas, de preferência em tons claros. Costumam chamar esse tipo de traje de esporte fino, contudo essa expressão NÃO EXISTE, tá?

Exemplos? Com a mesma dupla acima, merecendo destaque o Brad, que dispensou a gravata, mas continua elegantérrimo!

Traje Passeio Completo: O TPC pede terno escuro, mais formal. Camisa branca, ou clara, e gravata de estampa mais formal são representativos deste tipo de traje.

Aprendam com os mestres do Passeio Completo:


Traje a rigor(ou Black tie): não é banda do Roger, tá? Esse é fácil. Smoking e gravata borboleta preta(a gravata convencional preta também é muito vista). O Black Tie é a cara do Oscar, Cannes, e outros eventos red carpets que nós conhecemos tão bem(das revistas, da internet, etc.).

Eles usam black tie:

Traje de Gala: no traje de gala os meninos devem usar a casaca, ou seja, aquele paletó bipartido a maior atrás, gravata-borboleta branca, e camisa com o colarinho alto e pontas viradas. Coisa rara de se ver, mas existe.

David Beckham usou algo muito parecido com o traje de gala do casamento real:

E o Presidente Obama usou certinho, quando se encontrou com a Rainha:

Espero que tenham gostado do post, meninos e meninas, e adianto que no próximo post da série vamos falar um pouquinho sobre ternos e afins. Fiquem ligados!

Flashes Fashionistas: o que rolou por esses dias

Quando fiz o post em primeira mão do People’s Choice Awards 2011, teve leitora que sentiu falta da algumas atrizes, que não coloquei naquela oportunidade. Na verdade, separei algumas das fotos colhidas para jogar aqui, nos Flashes Fashionistas, pra gente poder falar com calma sobre cada uma. Melhor, não é não?

Sigam-me as queridas leitoras!

E eu me pergunto: Por que coloquei a Miranda Cosgrove mesmo? Vestidinho todo trabalhado no brilho, mas a moça é tão sem graça que nem realçou…triste. Mas, do lado dela, e logo abaixo, Alyson e Taylor(de Mark & James) foram de pretinho e ficaram super fofas… não diria estonteantes, porque realmente são looks OK, pra sair linda, mas não para chamar tanta atenção. O de Kristen(de Reem Acra), que a leitora indagou no post anterior, era bapho, mas digo e repito, ela sempre dá um jeito de borrar o look, seja com a postura, seja com o sorrisinho blasé que ela sempre dá quando vê flashes; tá boa de encarar o fato de que ela é celebridade e ser um pouquinho educada (não digo nem simpática).

Já essas duas daí de cima merecem salva de palmas! Kaley, porque se redimiu do guarda-roupas periguete que ela tinha e vestiu dois looks lindos de viver; e Drew, porque fechou num vestido minimalista Jil Sander(que gerou controvérsias pela blogosfera, mas que eu gostei pelo conceito) e blush melancia – que ela insiste em usar – ou seja, vai pegar mais cedo ou mais tarde.

E essa dupla, ah essa dupla: uma ganhou meu coração por exibir um look greek-chic(por French Connection), e a outra por trazer um look super bem bolado para usar em ocasiões não tão formais; inseri a Leighton(de Vionnet) aqui nesse post justamente porque ela deixou a desejar no quesito red carpet, porém arrasou para compor o visual em outras ocasiões não tão glamurosas. Me digam se tá ou não tá um look pra missa de formatura?

Agora, vamos comentar que é a parte boa de postar! Prontas? 1, 2, meia e já!

People’s Choice Awards 2011 – Os looks

Eita que mal o ano começou e já temos red carpet para comentar! O da vez é o People’s Choice Awards 2011, que premia pessoas, séries, músicas da cultura pop.

Mas vamos ao que a gente gosta mais: os looks!

Tá certo que não teve aqueeeeeele visual totalmente destoante e fechoso, mas teve coisa agradável sim. Por outro lado, teve coisa ruim, muito ruim.

Primeiro vamos ao look que eu adorei: Minka, de Vivienne Westwood. Sim, porque o corte é perfeito, o tecido também(uma renda com um tecido vermelhão por baixo), e ficou tão, mas tão harmônico que mesmo não sendo “o look” redcarpetianamente falando, merece o prêmio de melhor da noite:

Em seguida, vamos aos looks legais. As meninas Taylor(de J. Mendel 2011), Ashley e Selena(de Paule KA & Irina Shabayeva 2011) e ficaram tão fofoletes que de fato merecem em grupo uma espécie de segunda posição no blog. Coisa muito inspiradora para os momentos de dúvida sobre o que usar na formatura das amigas, e na sua própria why not:

No terceiro front, meninas que também se saíram legal. Kim não ficou tão periguete, Emma Roberts estava OK nesse cocktail dress preto (Christian Dior 2011) Niki Taylor sóbria pero no mucho nesse longo, que tinha um decotão nas costas, e Aniston, as usual, tava linda de Calça e Colete Dolce &Gabbana!

Já numa quarta linha de looks, umas coisas “marromenos”. Essas duas amigas aí usaram um negócio tão “cê parece que não sei” que nem eu soube onde encaixá-las. O primeiro, porque ficou um aspecto meio amassado, além de não ter trazidos surpresas(sapato da cor da bolsa…hummm, doeu!); o segundo, porque parece um vestido de uma revista que minha tia tem de 1993. Péssimo, madrinha total!

E o desastre total, com as três amigas abaixo. Detalhe: quase que eu boto tarja preta no rosto delas, porque né?

Jurei que era uma graúna nesse primeiro look, e no terceiro pensei que era um vestido do queima da Coliseum. Jesus, aparta-te de mim!NOW!

Por fim, deixei a Kate, que merece destaque por não ter chocado tanto, e mais, por ter se saído bem, já que ela não optou por vestido de led, graças a Deus. Ficou bem “Tinkerbell” mesmo!

E aí meninas, quero saber, de verdade: o que agradou, e o que foi odiável nessa premiação?

Se aparecerem mais looks, pode deixar que faço parte 2, tá?

Obs: todas as fotos são reproduções do fabsugar e compilação minha.

Flashes Fashionistas: Para arrasar nas festas!

Eita que começa o fim do ano; dezembro chegou, e com ele a dúvida cruel sobre o que vestir.

Mas, para extirpar de vez o dilema de nossas mentes vaidosas, as celebs gringas apareceram com looks bem legais, que nos inspiram, e tornam mais fácil aquela árdua tarefa de escolher o vestidinho para sair leeenda nas fotos natalinas!

Tá certo que nossa amada costureira não vai fazer EXATAMENTE IGUAL, mas serve como uma inspiração e tanto! E vamos ao que interessa de verdade:

Ow My, o que é esse vestido da Lea Michelle? Luxo, poder e sedução. A cantora de Glee apareceu em um evento da Bilboard essa semana trajando essa peça fabulosa, da coleção Resort de Giorgio Armani. Nos pés, pumps rosa opaco e nadie más. Dá pra fazer a chique praquela prima invejosa no Natal, neamm?

E Van Der Woodsen Blake, hein? Linda de Prabal Gurung! Esse não dá trabalho nenhum pra constureira amada fazer. É apenas um vestido envelope, com mangas bufantes. Improvisaria outro tipo de manga, e tá tudo bem(#xuxamonangelfeelings). As ankle boots são meio country, mas confesso que gostei do look todo. Totalmente aceitável.

Agora, a Diva Latina J.Lo realmente conseguiu um feito inédito: usar Hervé Leger by Max Aria sem ficar PIRYGUETXI! Palmas para ela que ela merece! Jennifer Lopez passou algumas aparições me decepcionando, mas quando vi essa foto, necessitei postar para vocês, porque não só ela não ficou Kardashian, com um aleijo na derriére, como ficou alongada e longilinea, o que se deve demais também ao pump nude, que não corta a silhueta. Vejam como os sapatos são praticamente da cor da pele da modelo-atriz-dançarina-cantora-empresaria? Emocionei, gente!

E por último, deixei não o melhor look, mas a redimida do mês: Taylor Swift volta a ser ela mesma, êbaaaaa!!!

Tá certo que ela parece a menina de plástico, pois todas as fotos suas de cabelinho cacheado parecem iguais, mas vamos dar a césar o que é de césar e admitir que ela tava clássica nesse vestido rendado:

Fotos: todas, reprodução.

Irretocável!

Gostaram? Garanto que nesse mês de dezembro tentarei ao máximo postar looks que servirão de inspiração tanto pras festinhas que se aproximam, quanto para o início de veraneio para vocês, guéls, bombarem com tudo nos próximos dias!

See ya!

Eita que começa o fim do ano; dezembro chegou, e com ele a dúvida cruel sobre o que vestir.

For Boy: Taylor Lautner

E os homens que tem inveja dos outros homens dirão: “não estamos nem perto do São João!”.

Foto: justjared

E eu direi: inveja mata, e como mata!