Chanel, e o supermercado dos sonhos das mulheres

Ab_au_hi2015

Assim que acordei ontem, e vi as primeiras imagens do desfile outono/inverno 2014/2015 da Chanel, só veio uma música à minha cabeça, que vai servir como trilha sonora do presente post. Então, aperta o play e vamos falar do desfile!

 

Karl Lagerfeld, já disse a vocês, vem tendo cada ideia loucona ultimamente…mas eu também falei pra vocês, curto esses insights dele, e o mais recente tombou, e tirou o brilho de todos os outros desfiles do PFW que vieram depois do dele. O kaiser transformou o Grand Palais num grande supermercado: tinha carrinho, caixa registradora, groceries Chanel, bolsinhas guardadas como carne, em isopor e papel filme…foi surpreendente, e ao mesmo tempo traz uma coisa que vem conosco desde Adam Smith, a sede pelo consumo. Não teve quem não desejasse que fossem realidade os ovos Chanel, as cestas de compra da Coco, foi frisson TOTAL!

Vejam Ri-Ri e Cara Delevigne pirando no carrinho de compras:

aut_hiv_marche

E sobre os modelos? Ah, como sempre, muito tweed(marca registrada Chanel), e por coleção outono/inverno, bem grosso, com tramas bem fechadas, em sobretudos, casaquetos, calças, fazendo a linha bem invernal, e também em modelagens esportivas. E por falar em fazer a linha esporte, tênis e botas-tênis imperaram soberanos na coleção, e a beleza do desfile destacava os cabelos, presos numa espécie de dreadlocks emaranhados com retalhos de tweed. Bom continuar de olho no rosa bebê, ele veio em várias peças da Chanel.

Cha_au_hi2015

Ai gente, não usaria nada disso, mas achei o conceito do desfile o máximo! E vocês, curtiram?