Pantalona e 6 formas de usá-la com interessância

Se vocês me perguntassem como nasce uma tendência, eu diria que ela nasce da coincidência, tipo, resolvi sair de uma forma de casa e, instintivamente, várias pessoas saíram de forma semelhante. E essas pessoas que saíram parecidas já inspiram tantas outras e aí pronto, habemus tendência.

Digo isso porque reparando no estilo dos frequentadores das Semanas de Moda do hemisfério norte, uma peça, que considero um clássico, de repente massificou: comecei vendo um gato pingado, um dia depois dois, e daí em diante, várias pessoas estavam usando. Sim, a pantalona de uma hora pra outra apareceu nos looks das turmas mais badaladas da moda, o que é um indicativo de que vamos ver bastante também por aqui, muito embora, repito, eu entenda que a pantalona é daquelas peças que a gente deveria usar o ano inteiro, a vida inteira. Amo/sou!

Sobre quem pode usar pantalona, eu digo com precisão: todo mundo! O segredo é dosar a largura da boca, e saber a peça que vai na parte de cima. Como a tarefa de se vestir também é um exercício diário de autoconhecimento, o macete é testar com as mais variadas peças e ver com qual a gente fica melhor. Pra mim, por exemplo, panatalona pede uma blusa cropped, blusa compridinha mesmo só que mais colada, body, ou uma camisa, desde que com esta última peça eu coloque um blazer ou casaqueto por cima, porque tenho a impressão de que a “terceira peça” contribui pra me alongar.

Ah, e sabendo que vamos ouvir falar bastante da pantalona de agora em diante, que tal já ir dando uma olhadela em alguns looks pra ir se inspirando, hein? Fiz uma seleção de seis looks que curti mais. Espero que vocês gostem!

moodpantals

Quem me acompanha no snap (devaneiosf) viu que comprei tecido pra fazer esse conjunto aqui da esquerda, listradinho. Oremos pra titia fazer rápido porque tô numa ansiedade…

Beijos!