Bridezilla series: Comprando o sapato do casamento!

absapatowedding

Mais um post Bridezilla, que eu sei que vocês adoram!

Hoje eu vou contar um pouquinho sobre minha saga na compra do sapato do casamento, e como é que a gente faz pra comprá-lo no Aliexpress.

Bom, quando corri atrás do sapato perfeito, já tinha meu vestido encomendado. Na verdade, ele já tinha chegado, inclusive.

Uma opinião bem clara quando iniciei a busca era de que não queria um sapato que eu não usasse mais nunca na minha vida, porque dinheiro é dinheiro, e gastar com um sapato que a gente só vai usar uma vez é desperdício demais. E aí corri pro Pinterest atrás de ideias legais de calçados para noivas: sandálias coloridas, douradas, pumps, sapatos em cetim colorido, com swarovski…tinha muita coisa bacana, que fiz questão de compilar pra colocar aqui pra vocês. Matutei, matutei, e cheguei a uma conclusão: queria de cetim, mas nude, ou salmão clarinho, e queria sapatinho fechado, e não sandália. E aí corri pro Aliexpress pra achar algo legal; noiva sem tempo é assim mesmo, se apega a compras virtuais.

moodboardsapatosnoivas

Pois bem. Achei pumps, de salto médio (conforto é tudo no casório), com um detalhe lindo de lacinho atrás, e nude (na verdade nude pro meu pé, que é rosado). Sobre a numeração, meu número é 34, e na China, pela tabela que eles dão, também é 34. Meu vendedor foi esse DAQUI, e o preço foi, convertendo do dólar, em média uns R$ 140,00 . Fui taxada e paguei mais uns 30 reais de taxa. Porém, valeu a pena, porque o sapato é muito bem feito, bem acabado, e vem bem embalado. É lindo mesmo!

weddingshoes2

A parte triste? Comprei em novembro, com casamento pra janeiro, e não chegou a tempo, por dois motivos básicos: o fato de a compra coincidir com compras virtuais de fim de ano (aliás, nunca comprem nada nesse período, os Correios demoram a entregar, ou perdem, ou extraviam, um caso sério), e ainda o fato de ter sido taxada, o que prolonga ainda mais a entrega, já que a mercadoria entra numa fila para ser confeccionado o documento da Receita. Portanto, a dica que fica é: COMPREM COM BASTANTE ANTECEDÊNCIA, pra não ficarem sem seus sapatinhos!

Mas, como diria Shakespeare(ou Clarice Lispector, que a gente usa quando tem dúvida sobre a autoria de qualquer frase), no fim tudo dá certo, e ser não deu certo, é porque não chegou ao fim. Achei uns dois dias antes do casamento uma sandália linda, prateada, na City Shoes que calçou super bem e ornou com meu vestido como uma luva! Todo mundo amou!

E o que tu fez com os sapatos, Rose, já que não usou no casamento? Eis a grande sacada: como comprei uma cor básica, e tava precisando de um sapatinho de festa,  ele ficou no meu acervo de boa, e outra, vai dar pra usar linda na comemoração das bodas! :)

Portanto, meninas, da narração dessa minha saga, que fiquem algumas lições sobre compras on line, principalmente pras noivas, formandas, e debutantes, que trabalham com datas pré-fixadas, e precisam se programar bem para que não aconteça o que aconteceu comigo. Vale muito a pena, só é preciso trabalhar bem a questão do tempo.

 

Desaposentando os sapatos com bico mais estreito…

…bem, no meu caso eles nunca foram aposentados, mas muita gente torce o nariz para os sapatinhos com bico estreito,  por vezes tão estreito que levaram a pecha de “sapato-de-matar-bara-em-canto-de-parede”. Engraçado, porque sempre achei bonito, e quando me formei a primeira coisa que fiz foi comprar um “scarpin de advogada”, porque eu achava o cúmulo da elegância. Coisas que a cabeça da gente inventa e vira ideia fixa, de modo que até hoje me seduzo SEMPRE que entro em uma loja de sapato, por aqueles exemplares de bico mais fininho. Tenho alguns, e só me sinto arrumada com eles.

E vocês não imaginam como fiquei feliz quando vi nos sites gringos uma vibe de sapatos nesse formato se espalhando pela primavera/verão no hemisfério norte. E a variedade é grande: envernizado, colorido, branco, ou o pretinho clássico,  com salto de metal, e bem alto, sem salto…quando chegar por aqui com força vai ser difícil escolher! #asminapira

Eu gosto mais dos modelos com salto alto do que os rasteiros, e olhando os blogs lá de fora eu não me senti sozinha, porque vi várias meninas usando, e mostrando o efeito que um sapato desse dá no look: tentem visualizar os look das três abaixo com uma sapatilha, por exemplo? Sem graça né? Na verdade, bem normal…

Então, recado tá dado: preparem seus corações, e os bolsos para garantir um nessas liquidações de outono/inverno, porque é certeza de sucesso nas primavera/verão (falou a arrependida de não ter comprado um de vinil amarelo lindo da Vizzano por 30 reais numa sapataria do Centro no começo do ano passado).

Variações sobre o mesmo tema: Tia Alice, parte 2

Fui valente, já estou no segundo dia do VSMT especial Tia Alice.

A peça: uma calça cropped, amarrada com um cadarço de cetim(não o de tênis tá?). A história dessa calça é engraçada, porque titia havia feito pra uma cliente dela, mas a jovem era alta, e o cavalo da calça muito curto. Deu pra quem? Pra anã de metro e meio aqui! Lógico que amei!

E o melhor é que quando fui trabalhar um dia assim, as meninas endoidaram e todas compraram calças no estilo, a Tia Alice, claro! Tem garota-propaganda mais eficaz que eu?

Pra compor o look, escolhi uma regatinha simples, peep toes, e a bolsa animal print da C&A, que aliás cabe o mundo dentro dela. Virei fã e tô usando direto!

Colarzinho Sol Bijoux, e os peep toes, Casa com Sapato.

Força que falta muita coisa. Me ajudem, pleeeeeeease!