Liquida Avohai…como quem não quer nada, entrei e amei!

Sabe quando você entra numa liquida descrente e no final sai dando risada? Foi o que aconteceu comigo na Avohai…tava no Natal shopping ali, de bobeira, e resolvi entrar, e catucando no montinho de roupas em cima do balcão olha que beleza:

Essa saia não era assim…alouca customizadora bateu e mim e dei um grau nela. Na verdade ela tinha entre os babados e a saia um entremeio e várias fitas rosinhas penduradas, parecia São João…como enxerguei um quê de ladylike nela, não mexi no comprimento(que é midi, o queridinho da temporada) e apenas tirei os carnavalismos dela, de fechosa basta a estampa né?

Gostei tanto dessa blusa de linho com bordados coloridos…amo coisas bem rústicas, e dá pra inventar muita coisa com ela: como ela é soltinha, dá pra usar um cintinho fino pra marcar a cintura, um obi de tecido cru, ou até mesmo um cinto de crochê…me ganhou pela versatilidade.

O melhor deixei por último:

Podem parar de gritar, tá @gladisvivane e Tia Ruth(a animalprintólatra mesmo antes de virar tendência)? Essa fuseau foi O ACHADO da vez! Imaginei tropas de looks a-piriguéticos com essa fuseau: com regatão e blazer bem estruturado; com cardigan passando dos quadris em tom cru; com tricô pesadão também passando dos quadris…lembrem que a atração deve ser o fuseau, que já é chamativo por natureza, e que a gente tem que neutralizar o peruísmo do animal print com peças bem destoantes, ou seja, mais sérias, clássicas, enfim. Seguindo essas regrinhas, não tem como não arrasar!

Total das compras: SESSENTA REAIS, LOMBARDI!

E quem achou mais coisas legais em liquidações? Vamos conversar sobre? Comentem!

Garimpada na liquida da Toli

Semana passada quem me acompanhou no Twitter viu a raiva que eu tive da Toli, quando fiquei esperando uns minutos com a porta fechada na minha cara para aproveitar a liquida de 70% na loja. Pois é, querida leitora, o que era raiva virou amor assim que entrei na loja…inclusive entendi o porquê da historinha de ficar fechando a porta: simplesmente as vendedoras não conseguiam controlar o fluxo, nem muito menos atender bem a nenhum consumidor, por isso o controle, pra não tumultuar a coisa, e fazer um negócio mais ou menos organizado.

Chegando lá, tive um foco bem claro: procurar roupa que desse pra trabalhar, coisinhas diferentes, e alguns achados versáteis e já bem batidos, que eu pudesse usar de uma maneira diferente. Deu super certo, querem ver?

De cara achei esse wrap dress de linho, super sério pra trabalhar. Tá certo que vou ter que tirar um pouquinho do tamanho porque ficou mulher ungida demais, mas achei bem digno. Também trouxe pra casa um vestido que é saia bandage(ha-ha-ha) com blusinha acoplada(paga a língua, Rose, paga a língua) que não vou tirar o tamanho porque mesmo compridinho esse não tem cara de mulher ungida, apenas não vulgar. E fica massa jogando um boyfriend blazer por cima.

Notaram que tô organizada, até botei os preços! Achei a nota fiscal aqui e tô copiando dela…aloka!

Tá eu implorei pras amigas leitoras não usarem bandage dress, bandage skirt e blá, blá, blá, mas por trinta e dois reais meto uma malha de tricô leve por cima e mato o piriguetismo da beesha! Não, vocês não vão me ver usando com baby bag e regatinha por dentro da saia…NOOOOT!

Agora, vamos ser francas, essa saia preta é super estilosa com esse nó na frente; feita de musseline e bem pretinha(o flash deixou a bichinha bufenta, mas não acreditem, é bem pretinha mesmo), fica o máximo para composições mais arrumadas…pensando seriamente em guardá-la para o Natal, como sempre faço…guardo uma peça, e acabo usando um, dois ou até mesmo 3 anos depois e continua em alta.

E vem aí O ACHADO, a camisa dos meus sonhos, que eu sempre quis, mas Tia Alice, devido ao excesso de followers/clientes, não pôde fazer pra mim:

Gente, eu pirei nesse modelo desde que vi essas duas moças abaixo usando…achei tão fino pra trabalhar, principalmente porque aboli os terninhos pra fazer audiências, e por três motivos: Natal é muito quente pra ficar andando de terno, minha empresa permite o traje formal, e o terninho tá meio old fashioned, pelo menos aquele de modelagem mais antigona, de mesma cor, etc…

Fique super, super, super, super mesmo feliz com minha camisa, e em breve pretendo usá-la, depois que titia fizer alguns ajustes de tamanho de manga, e outras coisitas.

Me lembrei agora que comprei uma blusinha de cambraia bordada, mas não vou colocar aqui não porque essa foi bem simples, mas levei porque sou viciada em cambraia bordada, acho fofo!

Por fim, lá vem meu macacão saruel de tecido ultraphyno pra usar com cinto…tava jogado lá pela boca do caixa, e quando puxei e vi que era pé, me apossei dele e não larguei mais!

Meninas, devo admitir que sou viciada em modelagem saruel, não posso ver uma que compro(principalmente em liquidação, já comprei jeans saruel de até R$19,90!), porque acho super confortável, mas garanto que tem gente que não gosta, e muitos dos bofinhos também não se agradam da modelagem(ainda bem que o meu aceita…te lovu, amor!) Mas, cada um, cada um, né, o mundo é feito de diferenças e isso é que é legal.

Porém me digam, esses foram ou não fora os achados? Quem foi pra essa liquida? Compraram muita coisa? Comentem, que tô louca pra fofocar com vocês sobre comprinhas, tá?

Blake, na boa: escorregou, abaixa e créu!

Hoje eu sei que tô ácida. Tô mesmo.

Mas não tem outra coisa pra dizer do look de Blake: pegou uma camisa do namô, meteu uma saia de paetê por cima(com a barra da camisa aparecendo por baixo), calçou de ankle boots e se amarrou com um cinto da largura do mundo dando um nó quase laço.

Nada contra as peças que compõem o look: separadas dão bons truques de styling. Juntas, deu no que deu.

Sorry, mas eu sou Team Leighton Meester!

E este é um espacinho pra mostrar o que se pode, o que não se pode, e como dá pra se vestir, né?

Comentários abertos, mandem ver!

Jessica Alba em compras no Soho

Olha só que fofa essa saia de jeans bem leve que Jessica Alba usou pra fazer compritchas no Soho!

Foto:justjared

Reparem nos óculos gatinho, e no mimo que é essa sandália, que eu faço questão de mostrar em detalhes:

E eu só posso dizer uma coisa: esse verão vai ser muito legal e diversificado. Vários looks em mente!

Short ou saia? Os dois!

Eita que o tempo começa a esquentar e ele aparece meio que de mansinho…

Pois é meninas, o famoso short-saia, tão presente na minha, na sua, na nossa infância, desde o verão passado vem dando seu ar da graça.

Porém, tô com o pressentimento que ESTE é o verão dele. Isso porque nas gringas ele tá bombando com tudo, basta ver os famosérrimos blogs de rua para constatar:

E eles vêm em tons pastéis, estampas florais, gráficas, pois, listrinhas…ufa, não tem como não querer um!

As modelagens são as mais criativas possíveis: ora ele aparece no estilo sainha por cima do short, ora no estilo short mesmo com preguinhas amplas, deixando ele com ar de sainha…vale a criatividade!

Olha quem tá usando e abusando do estilo:

Verão total né?

Mas, mas, mas, como usar?

Diquinha amygha logo abaixo(como sou boazinha mesclei com o navy, outra tendência, e com as espadrilles, também estourada no verão gringo! 3 coelhos com uma só cajadada!)

Amores, então é isso! Espero que adotem o short-saia, à maneira de vocês, e sejam felizes com essa peça tão fresquinha de primavera/verão!

Na ciranda das bailarinas…

Foto: site da Repetto

E foi folheando uma revistinha da vida que notei que tinha algo estranho no ar…bailarinas urbanas? Como assim?

As sainhas tutus, as sapatilhas, os coques…tem como não pensar na figura da dançarina delicada?

E tudo ficou evidente quando catei umas fotos de desfiles internacionais e tava lá, Kenzo, Fendi, Dior, Balmain, Rodarte, Ellie Saab…todos eles exibindo muito tule, lacinho, rosinha… alow, as bailarinas são tendência, guéls!


Então vamos começar com o show de estilo. Duas it girls (uma é it woman, tá certo):

Viram?

A sainha de tule é uma das peças mais copiadas, saindo às ruas tranquilamente, vestindo as it-guéls  urbanas, que vagam pelo mundo afora esbanjando muito estilo e personalidade:

Outra peça stolen do armário da bailarina foi a sapatilha, que veio à tona mesmo quando a Amy “casa de vinho e otras cositas más” entrou na Repetto, loja francesa especializada em roupas, acessórios e calçados para dança, e arrematou montes delas. Até Lanvin tem sapatilha agora, tá benhês!!

Nos cabelos o coque, idolatrado, salve, salve, coque…ai como as bailarinas são estilosas!

Vale dizer também que até a maquiagem vem recebendo influência das bailarinas: é aquela coisinha rosada, iluminada, delicada, típico daquelas dançarinas de movimentos suaves, encantadores…girlie de morrer, né? Adooorei! Tendência primavera verão totalmente.

E o que tão esperando pra bombar na sainha de tule? Corram! As celebs já tão adotando, hein?

Pra finalizar, trechinho da música do Chico(Buarque) que fala das mocinhas da sapatilha de ponta:

Procurando bem
Todo mundo tem pereba
Marca de bexiga ou vacina
E tem piriri, tem lombriga, tem ameba
Só a bailarina que não tem
E não tem coceira
Verruga nem frieira
Nem falta de maneira
Ela não tem

Futucando bem
Todo mundo tem piolho
Ou tem cheiro de creolina
Todo mundo tem um irmão meio zarolho
Só a bailarina que não tem
Nem unha encardida
Nem dente com comida
Nem casca de ferida
Ela não tem …

E é só!

Fotos: todas, reprodução.

Páginas«1 ...678910