Saia Plissada Metalizada, mais um item pra eu ficar desejando

abmetalskirt

Gente, não tem como, é mais forte que eu, sou alucinada por brilho: lamê, paetê, lurex…tudo que brilha entra direto pra minha lista de desejo. E nem precisa dizer qual foi minha reação ao perceber no street style que uma certa saia plissada metalizada anda fazendo o maior sucesso, né? Enlouqueci, comecei a explorar meu guarda-roupas, achei um vestido meu plissado metalizado que usei pouco, e já pedi pra titia transformar numa saia pra eu montar um look “básico” pra trabalhar. Porque né, pagar duzentos reais na Zara numa peça dessas é um pouco demais pra mim.

Pra quem acha difícil combinar uma saia nesse estilo, eu digo pra vocês: não é. As inspirações na internet estão aí pra isso, e Alexa Chung dá uma boa dica de como transformar a peça num item do dia-a-dia: é só complementar o look com itens básicos, ou esportivos.

No caso das fotos que achei ela usou com moletom, ou casaco de tricô:

alexametalskirt

Viram com não fica tão chamativo? Mas, pera, tem mais looks-inspiração por aí, preciso convencer vocês de que essa peça é o máximo, e duas fotos não são suficientes pra notar a versatilidade dessa saia Bapho!!!

selecsaiametalizadaplissada

Imagem: reprodução

Já quero usar com tênis e camiseta básica, e não tô satisfeita só com a prateada não, tô cobiçando a dourada também!!!

Mas, me digam, que cês acharam, topariam andar com uma beesha dessas por aí assim, de boinha, ou acham exagerado? Me contem nos comentários!

Beijos e até à próxima!

Do Dia: Franjas + Chamois

abfring

Sabe aquela peça que você compra, mas depois fica se perguntando com o que usar, e, correndo louca dentro de casa com a mão na cabeça grita “Meu Deus, Meu Deus, como coordenar essa peça?!”?

Foi o que aconteceu com essa saia.

Achei que estava abalando quando comprei, e depois da longa espera para ela chegar (essa arte da espera, nós, clientes do Ali, dominamos bem), quando abri o pacotinho fiquei com cara de paisagem por horas, me indagando com o que iria combiná-la. E resolvi ser simples: ora, se a saia de franjas em chamois deve ser a peça-chave do look, todo o resto deve harmonizar, mas ficar quietinho, deixando a saia brilhar. Assim, peguei minha camisetinha, um cintinho tressé, uma bolsa box, um saltão pra me alongar (ter 1,50m né fácil não) e mandei ver.

O resultado? Esse aqui:

fring1

fring5

fring2

fringfe

Quando me deparo com peças mais chamativas gosto de jogar o look pro lado básico, aquele macete de ir jogando uma água pra ir apagando o incêndio. Há quem goste bastante do kitsch, mas eu, particularmente, não curtiria a ideia de ir trabalhar parecendo uma rainha do rodeio. Deixo isso pra Paula Fernandes, ela ama uns looks “too much” hahahahaha

Ah, ia me esquecendo, os créditos!

Saia – Aliexpress (link para o vendedor AQUI); Camiseta – H&M; Sandálias: Arezzo; Bolsa e óculos: Aliexpress.

Beijos.

Trend Alert: saia evasê com botões

evaskirt

Do ano passado pra cá, o resgate do estilo das décadas de 60, 70, 80, e 90 tem sido pesado. E o legal é que não há exclusão, a gente sai na rua, e pode encontrar referências de todas essas décadas juntinhas, e misturadas, em looks lotados de interessância.

Dia desses passeando por blogs de street style gringo – e coincidentemente desde que Alexa Chung usou na campanha de uns jeans que ela lançou – notei várias meninas usando saia evasê com botões na frente, de jeans ou não. O modelo foi pinçado dos anos 70, e tem conquistado várias adeptas, mas não estou certa se estarei nesta turma. O tempo me dirá isso, até mesmo porque quando tinha uns 11, 12 anos eu tinha algumas e curtia bastante, mas não sei se estou disposta hoje a usar.

Pra me ajudar a decidir até separei alguns looks inspiracionais, e adianto: as sainhas ficam bem legais em  looks mais básicos. Vejam se vocês curtem também as montações:

painelskirt

Imagens: reprodução

 

Acho que já estou começando a gostar da sainha ó…#volúvel

 

Body, saia branca e só!

whsk1

 

O look de hoje é mais um daqueles bem simples, que não exigem esforço, nem pedem muito tempo da gente. Esse meu body estampado é verdadeiro curinga do meu guarda-roupas; adoro, porque ele parece um quadro do Monet, ou do Renoir, e fala por si só, não requerendo uma combinação complexa, um jeans escuro, por exemplo, já da conta da missão.

No caso, pra complementar essa composição, que foi usada para eu ir a um batizado, preferi deixar o jeans para o dia-a-dia, e escolhi uma saia midi branca, em couro ecológico, pra fechar o look:

whsk2

whsk4

skiwhit5

Fotos: Jeff Braga

Body – Tia Alice

Saia – Aliexpress, link para o vendedor AQUI

Scarpin – Schutz

Bolsa – Arezzo

Óculos – Aliexpress

 

Razões para amar o street style australiano

Oi, meu povo, voltei, depois de um jejum básico de posts! É que entrei de férias e tava tão, mas tão cansada na primeira semana, que preferi ficar de boa, deitada, descansando e assistindo Netfliz pra voltar com o cérebro tinindo e preparar posts novinhos e interessantes por aqui.

Bom, e abrindo as novas postagens, gostaria de falar sobre a maravilha que é o street style australiano…gente, é chuva de looks inspiradores, e eu poderia passar o dia inteiro enumerando as razões para amar o estilo das australianas, mas vou separar apenas três, porque ainda separei vários looks pra falar com vocês mais na frente:

- não sei se impressão de quem é daqui do Nordeste do Brasil, mas os looks usados o ano inteiro pelas australianas são super usáveis o ano inteiro por aqui. O clima de lá é seco em algumas partes, e não existe essa história de outono/inverno rigoroso, então, acabo por me identificar mais com as bloggers australianas que as de São Paulo, por exemplo, porque né, bota over-the-knee no RN é piada pronta hahahahaa

- os looks tem impacto visual maravilhoso, e mesmo nas semanas de moda australiana a gente não vê gente  “montada” demais, como nas semanas de moda da Europa, por exemplo. Assim, servem de inspiração para a vida real; e, por último

- …a Austrália nos apresentou as melhores bloggers que conheço (Tuula, Gary Pepper, Geneva, Zanita), e uma das editoras de moda mais fuderosas da face da Terra, Christine Centenera.

Esses três motivos já bastam pra gente ter a curiosidade de conferir os looks das meninas from down under, né? Porém, acrescento mais seis que complementam os três lá de cima!

- Na semana de moda australiana, os looks de street style mostram como usar jeans destroyed e jeans + jeans sem muita firula e com estilo:

Aussie1

- Pra quem tem bode de tomara-que-caia, as aussie girls mostram como usar sem ficar parecendo que faz parte do Bonde das Maravilhas (não que seja ofensivo, mas não é o estilo que procuro quando tento encaixar o tomara-que-caia nos meus looks):

aussie2

- Sobreposição? Bastante, e de um jeito que não fica com aspecto de cabideiro, como vejo em semanas de moda européias ou americanas. Gente, olhe que máximo as sobreposições com shorts na parte de baixo, que perfeito pra gente do nordeste!!!

aussie3

- Monocromático e “all black gótica fresh”, elas também são mestras nisso:

aussie4

- As australianas são campeãs nos looks Oversized sem deixar um aspecto Didi Mocó meats MC Hammer:

aussie5

- Em composições mais femininas, as beeshas sabem como ninguém do lema “sexy sem ser vulgar”. O segredo delas é equilibrar o look, da seguinte forma: vestido sexy? make básica, ou penteado básico; short-saia longo? camiseta esportiva. O hi-lo de sempre, usado da melhor forma:

aussie6

Fotos: reprodução

Perceberam como as semanas de moda da Austrália rendem mais inspirações que os draguismos das outras do resto do mundo? É óbvio que encontrei alguns looks montados em minha pesquisa, mas foram pouquíssimos; no geral, as australianas são descoladas, e não são fissuradas em vestir tendência em cima de tendência. O resultado dos looks delas é um painel clean, e bastante inspiracional para nós, mortais.

Mas, me digam, gostaram dos looks das “aussies”? Comentem, que super queria saber a opinião de vocês sobre esse estilo mais limpo, menos montado.

Beijos!

Look do dia: alguns tons de cinza

Todos os anos a gente lê em revistas e sites de moda que “tal cor” é o novo preto, e eu fico pensando cá com meus botões: como tal cor seria o novo preto se ela não dura nem uma estação? Se tal cor é o novo preto ela não deveria se tornar uma cor clássica? Pensei, pensei, e descobri uma cor que verdadeiramente pode fazer as vezes do preto: o cinza. De uns tempos pra cá tenho visto milhares de looks com peças em cinza, e olha, o cinza rajadinho (eu chamo de mescla) é verdadeiramente um clássico, que deixa qualquer look lindo, sem trazer consigo aquela sobriedade do preto. As lições aprendidas com looks magníficos de street style ficaram pra sempre, e hoje, entre uma camiseta básica preta, ou mesmo branca, prefiro a cinza, que serve de pano de fundo para maxicolares, ou body chains, blazers ou casaquetos coloridos. O cinza não pode ser desprezado por nós, e o look de hoje é uma homenagem ao verdadeiramente novo preto:

gray1

gray3

gray4

gray2

gray5

Fotos: Jeff Braga

O tons de cinza da regata e da saia são diferentes, mas na foto ficaram bem parecidos não foi? Ambos foram feitos por titia (a quem interessar possa e-mail her at [email protected]). Pra o look não ficar tão num tom só, usei esse cinto que eu mesma fiz, e os tênis Adidas para Farm, que não tiro dos pés. A bolsa e os óculos são Aliexpress, a pulseira grossinha Renner, e o anel, de uma lojinha do Centro.

E aí, que é cês acharam, a mistura de tudo com cinza deu um bom look?

Beijos!

Páginas12345... 10»