Vídeo da Semana: Upcycling, repaginando a calça branca

Olá, tudo bem com vocês?

Gente, me desculpe, mas esqueci completamente de programar o vídeo da semana, que deveria subir quinta em forma de post aqui no blog #aloka. Minha correria tá tão grande que subi o vídeo no Youtube, não lembrei de avisar por aqui, mas tá em tempo, né?

Bom, o vídeo de hoje é de uma série que tô pretendendo iniciar no blog, e tem como pano de fundo a sustentabilidade. Por meio de alguns vídeos, quero mostrar pra vocês como dá pra ter uma peça nova no armário sem desembolsar nada(ou quase nada) por isso, apenas colhendo um item em desuso do nosso próprio guarda-roupas, e fazendo reformas bem rápidas e práticas. É interessante dar uma freada no consumo, e tentar como plano A olhar pra nosso acervo, antes de sair feito louca gastando no impulso por peças caríssimas, e que você poderia facilmente colher dentro de casa, do seu guarda-roupas, e andar tão linda quando aquela rainha do street style que inunda nosso Pinterest com looks cheios de interessância.

rippedwhitejeans

Pois bem, seguindo essa ideia, vou mostrar como tornei minha calça branca sem graça numa peça estilosa, sem fazer quase nenhum esforço, dedicando apenas alguns minutinhos do meu dia para a reforma. Simbora conferir no vídeo abaixo?

 


Viram como uma ideia simples pode nos poupar um bom dinheirinho? Gostaram desse vídeo, e queriam mais alguns nessa linha? Comentem e deixem a sugestão de vocês no blog, já tenho algumas ideias em vista, mas dicas partindo de vocês são super bem vindas também!

assinatura2

Você sabe o cabide certo para cada roupa?

Geralmente quando a gente fala em conservar as roupas, a gente associa logo à idéia de evitar mofos, desfiados, pensa em seguir as instruções de lavagem…nunquinha passa por nossa cabeça o fato de que pendurar a roupa no cabide errado pode fazê-la durar menos. Pois é, pois é, pois é…

E é sobre isso que quero conversas com vocês no post de hoje. A gente vai falar um pouquinho sobre os diferentes tipos de cabide, e que tipo de peças podem ser penduradas em cada um.

Pode parecer um post bem longo, mas, se é pra fazer durar nossas roupitchas, que mal tem ler na íntegra, né?

Então, mãos à obra!

Cabides anatômicos


Perfeito para pendurar casacos, blazers e jaquetas. Por não terem haste, também são bons para vestidos, camisas e blusas. Se o tecido for fininho, ou fluido, escolha cabides com estrutura anti-derrapante nas laterais.


Cabides com haste


Ideal para ternos. Legal também para pendurar echarpes e lenços, isso quando a gente não opta por guardá-los em uma gaveta própria (como eu faço).

Cabides de presilhas

Bom para os tailleurs. Para não marcar a saia na parte das presilhas, coloque disquinhos de feltro. Os cabides de presilhas também são legais pra pendurar frente-únicas, tomara-que-caia e corselets. Lembrem apenas de pendurá-las de cabeça pra baixo, para não caírem, nem amassarem.

Cabides com fendas laterais


Bom para pendurar blusas e vestidos de alcinha, já que essa “quebrinha” na extremidades segura a peça no lugar, sem deformar.

Cabides de pressão


Perfeito para as saias, mas nada impede que você opte pelos cabides de presilhas, que também são bons. Pra falar a verdade, nunca mais tinha visto um cabide desse jeito.

Cabide para Calças


Para não ocupar muito espaço, dependendo da altura do varão, uma dica é pendurar calças em cabides de saias. Isso também evita aquelas marcas indesejáveis. Caso prefira esses daí de cima, pendure as calças com o gancho voltado para o fundo do armário.

SOBRE O MATERIAL DOS CABIDES…

Os cabides de madeira são ideais para blazers, jaquetas, camisas, vestidos, casacos, peças com mangas. Contudo, ocupam muito espaço, razão pela qual é preferível optar por cabides de plástico, mas de uma qualidade legal, pra não deformar as roupas.

Cabides de plástico duro: peças sem manga.

Cabides forrados: peças delicadas, tecidos que marcam facilmente e alguns tricôs.

Cabides de arame: esses nem merecem comentário. Deformam a roupa da gente como nenhum outro. Evite!

Além das dicas acima, separei mais uma diquinhas gerais de arrumação:

*Quer pendurar gravatas e cintos? Aqueles ganchinhos que a gente compra em lojas multicoisas são perfeitos, e baratinhos. Eu viciei nesse artefato desde que consegui o incrível feito de organizar meus colares com eles.

*Para proteger casacos, blazers e vestidos de festa, costure umas capinhas em TNT. Deixam o tecido arejado.

*Cabides com ganchos giratórios são uma mão na roda. Invista em alguns.

*Essa é a cara do meu sogro: cabides da cor da roupa, além de dar uma harmonia, ajuda na hora de puxar a peça na cor que você quer.

*Não ponha setecentas peças num cabide só. O ideal é cada uma(peça) no seu cabide quadrado.

*Você não resistiu à febre da blusinha/regatinha de seda? Conserve-a, então, para as próximas estações em cabides de tecido, para não escorregar, nem deformar. Se não tiver, pode usar aqueles de plásticos com ganchinhos pra pendurar as alcinhas.

E assim a gente tanto organiza o guarda-roupas (o que auxilia, e muito, na composição nossa de cada dia), quanto faz nossas roupas durarem um pouco mais! Tem coisa melhor que dar vida longa às nossas peças?