Adoooro! da Semana: Taylor Swift, se redimindo do Teen Choice

Quem acompanhou a cobertura que fiz dos looks do Teen Choice pelo Instagram viu que Taylor Swift, que tava indo tão bem nas premiações e eventos da vida, deu uma derrapada.

Tá, a premiação não exige um traje poderoso, como um Grammy, por exemplo. É um evento blue carpet, jovem, em estação quente no hemisfério norte, mas aquele conjuntinho cropped e saia verde eo cabelo meio amassado ficou tão simples, que eu até cogitei de TS ter brigado com a stylist(risos). Queria nem lembrar dessa aparição, vou logo mudar de assunto porque quero esquecer.

O importante é que a boa e velha Taylor, que tava lacrando nos red carpets, voltou, e voltou essa semana, toda linda nesse look com blush sendo a cor predominante, assinado por Monique Lhuillier:

tswift

Queria alguma festxeenha mais solene pra eu fazer um modelito desses pra mim, sério mesmo, TÁ PERFEITO! Aliás, make, cabelo, scarpin, tudo conspirou para que Taylor voltasse a ser nossa diva inspiração no red carpet! Bem por isso, é dela o Adoooro da Semana! Merecido, né?

Beijos!

Golden Globe 2012, terceira parte

Eita que o negócio é extenso! Acho que restam dois, “vamo que vamo” que a gente tem que fechar esse ciclo.

Nesse grupo eu inseri as meninas mais “encarnadinhas”, e as que vieram num brilho só.

Primeiro, as damas de vermelho e suas variações:

Dianna Agron: a atriz de Glee ganhou pontos só pelo fato de ser magra o suficiente pra usar tanto volume e não ficar cheinha. Tô meio em dúvida se gostei, sabem…acho que ficou bonito nela, em outra pessoa talvez tenha incisivamente odiado.

Reese Whiterspoon: Não gostei do modelo de Reese, nem um pouquinho. Acho que esse tomara-que-caia não favoreceu, parece torto, muito bojo pra pouco busto, e escassez de acessórios deixou uma coisa meio vaga.

Viola Davis: Viola Davis tá com um vestido que tem um modelo interessante, e ficou lindo nela. Agora a cor…se ela tivesse escolhido outra tonalidade teria ficado magnífico. Esse vinho morto ficou meio estranho, como se ela tivesse nua, pelo menos nas fotos. Não realçou a beleza negra dela.

Emma Stone: tava diva, tava linda, tava simples, tava gata. Próximaaaa! Quero nem olhar as sandálias pra o amor não acabar.

Evan Rachel Wood: Evan sempre arrasa! Seus looks são lindos, ela consegue o feito de pisar num red carpet de calça e suspensório e chamar a atenção. O vestido é Gucci première, que, na minha opinião, só deu esse impacto por ser ela.

Megan Fox: taí uma Angelina sem glamou e personalidade. Megan tá piriguete, e só.

Laura Dern: linda! Já vi alguns vestidos nesse estilo em red carpet, e achei o que há de mais estonteante. Formas simples, porém bem cortadas, e brilho, nada mais.

Lea Michele: lá vem Lea Michele querendo substituir J.lo no estilo boricua de ser. Dessa vez, ela optou por pegar o Marchesa mais feinho da coleção, e fazer a atleta de GRD. Não curti.

Madonna: tem o que dizer de Madonna? Ela é ela, e não admito que ninguém fale mal da rainha, ora! Fora que não sei o que Madonna anda comendo tomando pra ficar tão jovem assim…catei prega e pelanca e não achei em nenhuma foto. Suprema!

Zooey Deschanel:  o cabelo de Zooey armou um pouco, ficou parecendo peruca, mas nos esqueçamos disso e vamos ao vestido, leeeeendo de viver. Misturou cetim com brilho, mas as texturas foram tão bem misturadas que rolou super harmonia…coisas que Prada sabe fazer muito bem.

E por falar em brilho, olha a Maria Menounos mostrando que não tem uma pelezinha sobrando, nem um graminha sequer, de maneira que o look todo amarelo ficou poderoso!

Amanhã a gente conversa mais, falta pouquinho pra gente fechar o Golden Globe!

Golden Globe 2012, segunda parte

Agora a gente vai falar um pouquinho das mais sóbrias, que optaram por cores escuras no tapete vermelho. São elas:

Salma Hayek: Salma Hayek tava bem bonita, toda trabalhada no brilho. Acho que pecou um pouco no cabelo. É que um cabelo preso daria um efeito mais clean ao look; essas ombrés ficaram meio forçadas.

Rooney Mara: Rooney tá muito treinada em red carpet. Ultimamente ela participou de vários para a estreia do filme “The girl with the dragon tatoo”, mas isso é assunto para outro post que tô preparando. Por hoje, optou por um visual limpo, todo trabalhado no preto, mas com decotão e bracinhos bem à mostra. O modelo é obra da Nina Ricci, coleção de pré-outono 2012.

Debra Messing: quando vi a Debra Messing pensei “taí um visual bem red carpet”, parece que leu na cartilha. Não errou, mas não emocionou também.

Kate Winslet: Kate é linda, tá em forma, mas o vestido acabou com ela. Dividiu o corpo no meio, acentuou demais os quadris (branco no bottom acaba qualquer uma)…enfim, vamos à lição de preto-e-branco no red carpet com a mestra Claire Danes, destaque dessa segunda parte do post. Taí a diva minimalista:

Claire fechou de chave e cadeado com esse traje J. Mendel. Simples e muito, mas muito bonito mesmo.

E vamos aos próximos posts, tem mais alguns que solto no decorrer do dia, é muita informação, gente!

A menininha maquiadora e algumas reflexões.

“Art. 17. O direito ao respeito consiste na inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral da criança e do adolescente, abrangendo a preservação da imagem, da identidade, da autonomia, dos valores, idéias e crenças, dos espaços e objetos pessoais.

Art. 18. É dever de todos velar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor.”

Estatuto da Criança e do Adolescente

Certo dia eu tava lá pelo Twitter, onde as coisas acontecem, e vi as meninas comentando sobre a menininha maquiadora, que é a nova sensação do Youtube. Corri pra assistir e até achei fofinho, sob um olhar bem superficial. Não parei para pensar na nocividade daqueles singelos vídeos postados pela mãe dela.

A maquiadora mirim em um de seus tutoriais

Ocorre que, matutando mais um pouco, e lembrando-me de casos bem parecidos – os da mini celebridades – percebi que o buraco é mais embaixo. Bem mais embaixo.

Exemplos? Que fim tomou Simony? Macaulay Culkin? No que se tornaram as irmãs Olsen? E Lindsay Lohan? Digitem na internet esses nomes e vejam vocês mesmas…

E o que dizer da rotina torturante das Pequenas Misses, que inclui tomar Red Bull várias vezes ao dia para se concentrar nas lições de desfile que lhe são ensinadas, usar prótese dentária quando cai o primeiro dente, fazer sobrancelhas, bronzeamento artificial, e até podem aplicar Botox, tudo por causa de uma faixa e uma coroa? Será que essa vontade é realmente delas? Brincar de boneca, correr pela rua não seria mais atrativo para essas menininhas?

Querida leitora, não tenho como não culpar os pais dessas meninas, tresloucados que não conseguem vislumbrar, ofuscados pela loucura midiática e pela sede por dinheiro, que suas filhas são fortes candidatas a lotar futuramente as cadeiras dos psicanalistas, e clínicas de rehab. Serão futuras mães precoces, viciadas em drogas e álcool, violentadas pelo marido, bulímicas, anoréxicas…certo que algumas se salvarão, mas como reorganizar a bagunça gerada na cabeça de um infante desses com tamanhas cobranças fúteis durante sua infância?

Levando-se em conta que meninas de 4, 5 anos não têm autonomia para decidir sobre suas vidas, apreendo que vem de seus pais essa injeção de vaidade, somada a várias cobranças no sentido de se atingir a perfeição física, de ser a maior decoradora de textos, ou seja, de impõe um desejo/capricho, que é seu, antes mesmo de ser da criança. A exposição é desnecessária. Expor os filhos na mídia é o mesmo que atirar um ser humano aos leões numa arena. É violar a integridade física, psíquica e moral desses pequenos que, para ser grandes seres humanos precisam, antes de tudo, de uma criação saudável que inclui o direito de brincar, de estudar, e compartilhar suas aventuras com outros coleguinhas.

Sinceramente, eu tenho medo de ter, e criar meus filhos numa sociedade que distorce valores, e onde as aparências são bem mais preciosas que honra, honestidade, e inteligência. E acho que a reflexão nesse blog, de moda é beleza, é válida. No meio de tantos que veicularam essa menininha ensinando a maquiar, e acharam lindo, não quero cair nesse estratagema maléfico criado pela mãe dessa pequena (que é representante de uma linha de cosméticos) e fomentar uma babaquice tão extrema que é atirar sua filha à cova midiática, sem mensurar as consequências destes atos.

Pequenas Misses? Tô fora!

E vocês? Acham que tô exagerando? É só nuvem passageira, ou isso tende a aumentar?

E pra não cair na monotonia do post, o trailer do filme Little Miss Sunshine vem muito à calhar. Recomendo o filme, principalmente a cena dela com o avô, em que ela pergunta se é bonita, e o avô responde que sim, que  ela é linda, tem cérebro, personalidade…uma bela crítica ao conceito de beleza dos concursos da espécie.

Tá em inglês, mas fica de incentivo pra vocês assistirem o filme com legenda, tá?

Adooooro! da semana: Rosie Huntington

Essa semana foi lançamento do blockbuster Transformers 3(zzzzzzzz), e Rosie Huntingon, que é do elenco do filme, andou mundo afora usando cada modelito mais lindo que o outro: teve Gucci, Michael Kors, e teve Naeem Khan, o vencedor do “Adoro” da semana:

Agora, não foi só o vestido que me chamou a atenção; o updo dela também tá lindo. Ora, quando na minha vida eu poderia imaginar que os bons e velhos cabelos torcidinhos poderiam ficar tão glamurosos?

Eita vontade de ter os ossos das costas aparentes pra usar esse decotão nas costas…mas, comendo sanduíche à noite, e leite Moça de dia, acho que o sonho se torna um pouco distante…

Vendo todas as imagens do modelito, acho que a danada da Rosie errou em uma coisa: botou um cintinho prata na cintura(desnecessário), que cortou o decote do vestido atrás…

Imagens:reprodução

Tira o cinto, fia, fica melhor!

Ri-Ri e sua maquiagem perfeita!

Ultimamente não tenho gostado do estilo da Ri-Ri…sei lá, esse cabelo vermelho que mais parece o chapéu de um Mestre de maracatu, as atitudes trashes dela, enfim, uma série de fatores…as duas exceções são suas músicas(que eu amo, desde o primeiro CD dela, quando tinha cabelón e era comportadinha) e agora essa maquiagem, linda de viver, que ela usou recentemente num red carpet da vida:

Esfumado leve, blush discreto, batom também(com uma camadinha de gloss por cima), cílios postiços, e pra ornar um cabelo impecável, me fizeram voltar a amar Ri-Ri, pelo menos por hoje! Lembrem de clicar na foto, que ela abre em outra tela giga, pra vocês copiarem com fé!

Olha mais uma, bem de pertinho:

Imagens: reprodução

Aplausos pra Ri-Ri que ela merece!

Páginas12