Pra escutar agora, já: Ibeyi

ibeyi

Hoje, no dia de São Cosme e Damião para os católicos, e de Ibeji, na religião iorubá, nada mais apropriado que dar uma dica de som que ando escutando bastante, feito por gêmeas franco-cubanas, filhas de um dos percussionistas do maravilhoso grupo Buena Vista Social Clube.

O Ibeyi (sim a escolha foi proposital) de Lisa-Kaindé e Naomí Diaz faz uma música envolvente, com muitas referências, sendo a cultura africana uma delas. É ouvir pra virar fã da dupla: a batida, os trechos em iorubá, e a versatilidade delas são amor à primeira escuta. Ouvi River, música de lançamento (que faz homenagem clara à Oxum, orixá que reina sobre a água doce dos rios), e não parei mais, já tô ansiosa pra elas lançarem o CD!

Tinha pensado em colocar o vídeo oficial de River pra vocês, mas achei melhor pôr um ao vivo pra sentir a riqueza que é o som das gêmeas. Apertem o play e tomem cuidado, porque o som é viciante!


As meninas se garantem demais! Bom domingo a todos e torçamos para que o CD delas chegue logo ao nosso alcance! 

Playlist da “cadjimia”: Maio/2014

Quem pratica alguma atividade física sabe a importância da trilha sonora na malhação. Se for yoga ou tai chi, uma musiquinha calma ajuda na concentração; as músicas agitadas ajudam na corrida, artes marciais, e musculação por exemplo; as clássicas, no balé, e por aí vai. Pelo menos pra mim, escutar uma musiquinha durante os treinos ajuda na respiração, e serve como vetor para cadenciar sequências, seja de localizada, ou de golpes mesmo, vou no compasso do beat e aí, ninguém me segura. Fora que quando a gente tá só o pito, se rolar uma música hard, a gente arruma força não sei de onde e manda ver!

Por isso – e muito embora eu saiba que gosto musical é uma coisa bem diversificada – hoje, a pedidos inclusive, montei uma playlist, que vem lacrando só com bala de adamantium pra dar o gás nos treinos. Escutem e me digam se não tá punk!

Workout – 2014 by Rose Cristina Barbosa de Freitas on Grooveshark