Guloseima da vez: Palha italiana adaptada

De antemão, vou pedindo: não me culpem!!! A culpa é toda de Helena, minha amiga, que levou pra o trabalho uma amostra desse negócio tão gostoso que é a palha italiana. Na mesma hora me veio uma vontade de passar a receita pra vocês, principalmente por ser super prática, coisa pra fim de semana de bobeira à tarde mesmo.

A receita levou uma leve adaptada porque não curti isso de melar no açúcar um doce que já é doce em seu conteúdo. Assumo, não sou lá aquela formiguinha e, apesar de ter dado umas 30 porções mais ou menos, só provei duas, acreditam?

Ah, antes de ver a receita vão me desculpando porque coloquei nas fotos que a bolacha era “Maizena”. Só que Maizena Lara, com “Z” é a marca, ou seja, como não quero sugestionar vocês a comprar determinada marca, o certo é maisena.

Mas, chega de conversa e vamos à receita:

Meninas, acrescentei os ingredientes, porque uma leitora querida lembrou aí abaixo, nos comentários. Quando eu digo que meu mundo particular de introspecção aumentou, ninguém acredita..simplesmente esqueci de subir essa imagem, :P

Resumindo: palha italiana é brigadeiro com biscoito e decorado com açúcar. Capiche?

Quem fizer a receita, ou tem algum toque pessoal bapho pra palha italiana, me conta aqui nos comentários, tá?

O bucolismo invade a moda!

E voltemos às tendências que tem muita coisa pra mostrar pra vocês. Tô louca!

Um dos focos desta primavera/verão é o campo, o estilo da menina campestre…duvidam? Digo apenas algumas palavrinhas para vocês captarem e fazerem as analogias pertinentes: tranças, liberty, macacão, cambraia bordada, crochê, jeans clarinho…Num tô certa?

É, amigas, a moda está bucólica…o estilo simples, pastoril, das meninas de interior, nunca esteve tão em voga como hoje…e é um tal de vestido romântico, de macaquinhos, de sainhas, de estampas florais, de crochê, de acessórios de palha, que affe Maria, quero já!

As fashionetes pelo mundo afora captaram a mensagem:

As passarelas brasileiras, também:

Tá, tá, Rose, entendi. Mas como usar o estilo? Diquinha no capricho pra vocês!

Um dica que eu dou para as amigas é que o look romantiquinho total fica legal para os fins de semana, ocasião de passeios descompromissados…no dia-a-dia, aconselho que o nosso amado hi-lo de todo dia e toda hora seja usado. Vestido liberty com abotinadas caramelo, por exemplo, ficam luxo poder e sedução!

Pra finalizar, trechinho de uma música bucólica, escrita por Vital Farias, mas que conheci na voz de Xangai:

Era casa era jardim
Noites e um bandolim
Os olhares nas varandas
E um cheiro de jasmim…
Era um telhado um pombal
Melodia e madrigal
E ninguém nem percebia
Que o real e a fantasia
Se separam no final…

Magia Natural

E a natureza inspira a moda…

Explico: é que tem estourado lá fora a utilização de matérias-primas naturais para confecção de pecinhas – tendência. Está em todo lugar: bolsas, botas, sapatos, e sandálias, por exemplo, vêm recebendo toques artesanais…nada mais nordestino não é?

Vale lembrar que no Brasil, a Maria Bonita já exibiu nos seus desfiles, em tempos idos(2009), sapatos oxfords feitos de palha, lembra? É amiga, a moda que estoura na verdade já existia aqui há muito tempo…

Eu mesma tenho umas sandálias bem antiguinhas com solado de corda…este mesmo estilo foi mostrado no pre-spring 2011 de Nova Iorque…pois é, pois é, pois é, amygha!

Vamos ver o que rola?

Nordeste no topo do mundo da moda benhês!!!! Digo logo nordeste, porque o material a gente tem farto, graças a Mon Dieu – e criatividade também!