VSMT: Tia Alice, dia 7(pequeno atraso, parte 2)

Tá, eu tirei as fotos ontem, mas o tempo pra subir o post só me ocorreu hoje. Mas vocês vão gostar :)

Ontem à noite eu saí com o bofe pra comer(faz parte do programa “engordando no carnaval”), e como era pra pertinho, só coloquei uma blusinha Tia Alice, réplica de uma que minha amiga e leitora Clarinha deixou aqui em casa! Simplesmente amei essa peça, faz uns 4 dias que Chico Tira e Mané Veste:

Pra compor o visual, só legging preta(Renner), e um lenço que já existia aqui em casa antes mesmo de eu nascer, pertencente à própria Titia, e super a ver com a tendência navy. Detalhe: tem até gaivotas no lenço, que lembram uma marca que a gente ouve muito falar por causa das gaivotinhas…lembrando que o lenço tem uns 40 anos de idade, hein, veio antes…

Os acessórios que usei foram poucos: relógio Casio vintage, silly band, olho grego, e rasteiras Arezzo(compradas no outlet da marca):

Até mais!

Cantem comigo o mantra “não passo mais em frente à Outlet K”…

…porque acontece justamente isso: achados, achados e mais achados. Meu bolso sofre, mas levando-se em conta que qualquer peça dessa em lojas normais não é menos de cem reais, acho que não deveria me lamentar assim.

Separei o post em tops e bottoms pra facilitar a explicação e visualização. Let’s go?

Me senti a Rainha dos Achados, com as três peças que comprei na foto acima; gente, summer blouse(de seda pura e verde militar) e camisa estilo Equipment(branquinha, branquinha, só que a ausência de flash não ajudou) por R$ 35,00 cada, é de dançar funk neurótico micado no carnaval de Macau, né? Peças que são pra vida toda! Já a tee podrinha tava de “fintxe reais”, e pensei porquoi non?

Mas o melhor vem agora: shortinhos alfaiataria de linho por R$ 30,00 reais cada…pena que uma Fifi na minha frente, com medo de que as outras Beckys Bloom pegassem os shorts, cercou a arara e pegou de bolo(tudo 38 quando o manequim dela era 44 no mínimo), correndo logo em seguida para o provador. Resultado: as peças não voltam no mesmo dia do provador, e Rose teve que garimpar bastante, subir em escadinha e pegar shortinhos nas araras mais altas…king kong que só eu pago quando tô em compras no Alecra!

Essa sainha, que foi vintinho também, achei tão, mas tão romântica com esse detalhe do bico de cambraia, que acabei levando também. Dá pra fazer setecentas mil combinações com ela. E eu sou aloka da cambraia, deu pra perceber, né?

Ainda no Alecrim comprei alguns tecidos pra fazer umas saias, que quando estiverem prontas eu mostro, e outra pecinha na Otoch, que se vocês pedirem aqui nos comments também faço post!

Por enquanto é só, meninas…quem das minhas leitoras amadas andou descobrindo achados no Alecrim, assim como eu? Comments pra gente tricotar!