Momento Copycat: Miroslava Duma

E vocês perguntarão: Quem danado é Miroslava Duma?

Miroslava tem 25 anos, foi editora da Harper’s Bazaar russa, e hoje é escritora freelancer. É filhinha de papai e excêntrica(isso ela herdou de algumas editoras de moda por aí), sendo vista por aí com um estilo bem peculiar, fotografado por conhecidos blogs de street style.

MD ama misturar estampas, texturas, estilos…faz uma verdadeira miscelânea no look, regada a muitas coisas grifadas, o que gerou um certo impasse no mundo da moda: uns dizem que ela é estilosa, outros fashion addicted.

Bem, na minha opinião? Miroslava tem um enorme potencial pra desbancar Alexa Chung, Palermona e outras por aí, e exatamente como estas mocinhas, MD usa muita coisa que jamais nós, reles mortais, teríamos coragem para usar, tanto pela compleição física(vida real oi?), quanto pelo excesso cometido em certas aparições dela(vida real, oi²?). Mas tem muita coisa bacana também, tentei separar pra vocês algumas coisinhas mais “usáveis” de MD, principalmente seus vestidinhos, que amei de paixão:

Outro ponto positivo para a russa é que sabe como ninguém lidar com suas características físicas: ela é baixinha(me identifiquei), e faz de tudo para alongar sua silhueta, as pernas sempre parecem mais longilíneas, sequinhas. Se tem uma garota que conhece seu corpo como ninguém, é essa tal de Miroslava.

E como eu sei que tem amiga-leitora doida por um “momento copycat” da Miroslava, montei um facinho, facinho. Enjoy!

Vamos ver por quanto tempo dura o principado fashionístico de Mirona…

Adooooro! da semana: Olivia Palermo

Esse adooooro! só premiou Palermona por causa dos sapatos!

Imagem: Reprdução

Tô certa ou tô errada?

Bom restinho de domingo, meninas!

Golden Globe 2011 – Os looks!

Meninas, tenho que desculpar. As fotos todas foram editadas ontem, mas o cansaço não me deixou soltar o post na madruga. Mas, ainda como prometido, trago para vocês os looks do GG, para vocês se inspirarem !

De uma forma geral, adianto que as meninas capricharam no visual; muitos trajes lindos, dignos de red carpet. Uma ou outra deslizou, mas faz parte, acontece nas melhores famílias suiças…

De ínicio, a galera pálida. Teve um grupo que usou branco e rosinha, e teve a ” txurma” do nude!

Dos seis looks acima, dois deles realmente me fizeram sentir algo mais: Hailee Steinfeld(que não ficou nada boring com esse vestido Praba Gurung) e Megan Fox, por trazer uma solução usável por nós mortais em bailes, casamentos e afins. Nicole Kidman usou um traje muito bonito, mas não emocionou, assim como Natalie Portman (de Viktor&Rolf Couture), que apesar de grávida, poderia ter usado algo além de uma canga de seda com uma rosa colada.

Tem gente que já tá ficando “p” com essa história de nude em red carpet. Eu adoooro! Apesar de eu já ser pálida, uma coisa que sempre me seduz é o traje dessa cor. E pelo jeito, as celebs não vão largar o osso tão cedo. Nesse grupo, diria que os destaques ficaram por conta de Scarlett Johansson(perfeita em um vestido Elie Saab pêssego pálido), Carrie debaixo da madeira Underwood(que vestiu um Badgley Mischka), Anne Hathaway(linda, linda em um Armani Privé com decote profundo atrás), e Sanda Bullock, que usou um vestido Jenny Packham super delicado e fluido.

Em outro front, as meninas Restart, que preferiram investir na cor, para enfeitar o red carpet:

Eu só não vou esculhambar Heidi porque tenho respeito e consideração por ela, porque esse look Marc Jacobs, definitivamente, não foi feito para ela. Agora, a turminha do minimalismo fez bonito no red carpet: Claire Danes (de vestido rosa chiclete) e Emma Stone(de vestido pêssego), ambas de Calvin Klein ficaram lindas à sua maneira.

E o que falar do trio verdão: diria que as três mereciam ganhar o troféu de melhor look: Jolie, num Versace verde perfeito; Mila Kunis, num Vera Wang impecável; e Catherine Zeta-Jones, que foi de Monique Lhuillier, uma designer que aprendi a admirar recentemente, desde o traje de Kira Segdwick em red carpet.

As coloridinhas aí de cima também estavam no grau, mas Lea Michelle tá nessa de “em time que se ganha não se mexe” e usou um look muito semelhante a um red carpet não muito distante. Das 3, fico com Amy Adams, pela delicadeza do vestido marinho.

O outro grupo é da galera que investiu no velho e bom preto:

De cara quando a gente vê esse grupo de looks, só consegue ter olhos pra um: o de Eva Longoria. Sim, porque além de usar belos trajes no tapete vermelho(ela foi de Zac Posen), ela é super performática, faz carão “com força”. Dygna e Phyna!

E pra chocar, o show de horrores do Golden Globe. As imagens são fortes, sugiram que tirem as crianças da sala:

Primeiro: o que deu na cabeça de Aguillera com esse excesso de botox todo? Ela não sabe que tem menos de 40 anos e que não precisa disso?

Segundo: o que essas duas piriguetis estavam pensando quando usaram esse traje vermelho de can can? Isso é um red carpet ou o Moulin Rouge piorado?

E pra fechar a amada J.Lo, que está em processo de esculhambação fashionística. Ela agora pensa que é uma noiva(ou madrinha, whateva), e foi com esse traje pra o Golden Globe, tsc. tsc.

Depois dessas imagens impactantes, o melhor look da noite. Vou falar, nem gosto de dizer o melhor, porque achei que tiveram vários fortes candidatos, mas como esse é meio que simbólico do que deve ser um vestido apropriado para eventos do tipo resolvi nomeá-lo para preencher tal designação:

Olivia Wilde mais parecia uma princesa com esse traje Marchesa, e é por isso que ela merece o primeiro lugar, com direito a foto de make:

E por hoje é só, meninas! Espero que gostem desse post que preparei com tanto amor, carinho e sono pra vocês!

Flashes Fashionistas: eventos da semana

Eita que virou hobby mostrar os looks das celebs aqui. Também, foram tantos os eventos essa semana, que quase fico louca catando fotos pra mostrar pra vocês o que se usa de bom – e também de ruim – no mundo dos chiques internacionais!

E foi nesse frisson que resolvi criar uma categoria nova pra essas inspirações das celebrities: os flashes fashionistas. Breves resenhas de fotos quentinhas saídas do forno!

Simbora!

Pra começar bem, duas famosas que raramente erram o look: Olivia Palermo e Natalie Portman. Olivia fez a linha mais clássica, ao usar um traje todo da Mango(que, segundo minha amiga e leitora Helena, é a Coliseum da Europa): calça social e camisa de cetim com laço nunca saíram de moda; já Natalie fez a meiga, e se mandou pra um evento humanitário de vestidinho branco de transparência discreta, que assim que eu souber a griffe solto pra vocês. Nos pés, a Rainha Amidala usa pumps pretas.

Só uma observação: os pumps caíram mesmo no gosto das moçoilas, né? Boa notícia pra quem fez #alouca e comprou 5, como eu, rsrsrs!

Já na segunda fila vem Malin Akerman, que acertou em cheio no conjunto da obra. Como eu queria ir a qualquer evento chique assim! Simples e bonita!

Já Camilla Belle fez a fatal, e meteu um Dolce&Gabanna clássico(realçar as formas femininas é marca registrada da griffe!) e usou acessórios também da cor do vestido. Essa teve medo de errar, optando por uma composição blackout. Não que eu não ache bonito, mas me parece falta de criatividade usar tudo preto…fica monótono!

Já a última dupla foi dicotômica: teve o erro, e teve o acerto. Claire Danes tava leeenda de cinza…peep toe preto…e unhas vermelhas! Carey Mulligan, que costuma acertar, deu uma breve escorregadela no look. É que a “juvenil” pegou seu vestidinho Lanvin pre-fall 2010 todo trabalhado no animal print, e meteu um colar tribal por cima(que em todas as fotos saiu torto, uó!). Achou pouco e meteu pumps YSL de cor nada-a-ver com o resto do look. Um de cada Carey, um de cada.

Quis de coração o vestido da Carey, mas certa de que combinaria com pumps(ou sandálias abotinadas) de outra cor.Também esqueceria o colar e iria trabalhar numa clutch bem bombástica! Tudo na vida!

É isso meninas, gostaram da nova coluninha que crei no blog? Espero que sim!

Amei o look! Olivia Palermo

Ora, ora, ora, veja quem apareceu trajada simples e belamente: Palermona, nossa it girl!

A fofa soube dosar floral, cor viva na parte de cima, flats, cinto de couro preto, bracelete de ouro e clutch de crocodilo de maneira totalmente harmônica, de modo que o look ficou apaixonante!

Tentando não notar o “acessório” que ela tem ao lado…

Copycat moment: Olivia Palermo

Faz até um tempinho que não mando um copycat moment pras garotas…

Assim, nada mais justo que trazer uma colega muito bem conceituada no mundo fashion, a Olivia Palitoermo!

A xoféin é mais uma socialite americana que estrela um reality show, na emetevê gringa, chamado “the city”. No Brasil, o programa é exibido no Multishow.

Pelo histórico de vida, Olivia não impressiona muito: falam por aí que é mais uma garotinha rhyca que queria entrar pro mainstream  e se tornar it girl a todo custo. Bem, ela conseguiu…

Mas sua história pra mim ganha um ponto quando ela passa a trabalhar na revista Elle americana, e realmente se tornou útil para o mundo…da moda principalmente!

Vida pessoal à parte(xô Sônia Abraão, sai de mim!), o que cabe dizer aqui é que a moçoila realmente tem estilo; isso ninguém tira dela.

No solzinho, a amada sempre é vista com sua bolsa Chloé Gemma, ou ainda com a Hermés Birkin.

Outra peça-chave que tem sido muito usada por Olivia é seu Oxford prateado, que vem substituindo a flat…será que a moda pega no Brasil?(já falei dos pisantes antes)

Olivia adora cores neutras, peças clássicas (bem Jackie O, né?), e acessórios (outra semelhança com a sua matriz fashionista). Seus looks sempre têm o toque mágico do acessório, que acaba fazendo a diferença: seja uma clutch, ou carteira, ou ankle boots, óculos ou ainda cinto, de fato o astral da roupa vira outro, e a harmonia reina no vestir de Palermo.

Nas fotos abaixo, foram selecionados os melhores looks da moçoila em três ocasiões diferentes:

Eu tenho meu preferido, claro!

E a dica de montação? Tem sim, senhoras!

Fotos: reprodução

A amygha de fato se veste com muita personalidade, atóoooron!

Que acham? “Copiável” or not?