Mix de Nuts, faça em casa!

Abertura MixNuts

Alimentação saudável é aquela coisa: é cara se a gente recorrer a restaurantes e produtos industrializados (estilo to-go), mas não custa tanto se a gente se organiza direitinho e prepara boa parte da rotina da semana em casa. Eu, na medida do possível tento baratear os custos fazendo muita coisa em casa, e o mix de nuts é uma que me poupa um bom dinheirinho, e não consome muito do meu tempo, já que é simples de preparar.

Antes de mostrar como faço, vamos às informações nutricionais: o mix de oleaginosas, ou mix de nuts, são excelentes fontes de proteínas, vitaminas e minerais; são ricas em ácidos graxos moninsaturados e poli-insaturados, e em resveratrol, excelente anti-inflamatório e anti-cancerígeno, pois é combatente pesado dos radicais livres.

No meu caso, a nutricionista recomendou o consumo de 20 a 25 gramas diariamente e, com base nisso montei um mix com oleaginosas que mais gosto (castanha de baru, castanha de caju, castanha do Brasil, nozes, amêndoas e amendoim {troco muitas vezes ele por macadâmia}), e frutas secas (no caso usei goji berry, e frutas vermelhas secas). O preparo é simples: passei as oleaginosas no processador (não processem muito pra não virar farofa, o suficiente apenas pra quebrar as castanhas maiores), depois mexi junto com as frutas secas, e depois coloquei em saquinhos, pesando direitinho. Com cerca de 40 reais de produtos(meninas de Natal, compro tudo na Lucena) fiz uns 34 saquinhos, ou seja, dá pra mais de um mês!

Fiz seqüência ilustrada mostrando como preparo e monto os saquinhos:

papmixnuts

Essas pequenas porções são muito práticas pra levar na bolsa, pois nos livra de comer besteira naquela hora que bate uma fome louca na rua. Eu sempre deixo um saquinho dentro da bolsa da diária, e um na bolsa da academia, pois nunca se sabe, né, eu sempre sigo minha dieta direitinho no pré-treino e nunca passei mal, mas sou prevenida e levo mesmo assim, vai que decido fazer duas aulas seguidas e o mix estará lá, pra me dar mais um combustível e levar de boa o segundo treino.

Bom, espero que tenham gostado dessa dica, e se vocês quiserem saber mais um pouquinho de como tento me organizar na alimentação, me deixem saber comentando aqui embaixo; eu até compartilho bastante minha rotina no snap, mas como os snaps se apagam, e não dá pra falar muita coisa por lá, se vocês se interessarem posso tentar postar aqui com mais regularidade essas diquinhas!

assinatura2

O poder das barrinhas de sementes(e a minha preferida)

Certo dia tava de bobeira assistindo ao Sem Censura na TV Cultura(do dia 29/03), e vi uma ginecologista(me parecia bem conceituada) e uma nutricionista falando sobre tpm. A ginecologista disse tanta coisa que a gente é capaz de fazer(ou não fazer, já que é um período de baixa produtividade da mulher) durante a tpm, que fiquei abismada; ela falou que já tratou desde casos mais leves, com sintomas já conhecidos (enxaquecas, seios doloridos), a casos realmente complicados, em que a mulher precisou entrar em medicamentos pesados. Achei engraçado, que ela até falou que nesse período, a distração da mulher é tão grande, que quando ela viaja pra dar palestra, e no avião a comandante do vôo é mulher, ela reza para que a jovem esteja utilizando pílula de uso contínuo, porque né…achei graça, mas depois me preocupei #tenso

Porém, o interessante é que no meio dessa conversa toda, a nutricionista disse que aconselha a suas pacientes a consumir nesse período sementes, sugerindo que as mulheres levem em saquinhos, para comer ao longo do dia, um mix de sementes de girassol, nozes, passas, castanha-do-pará, e por aí vai.

E isso tem fundamento? Tem, sim. Além de aliviar os efeitos da TPM pela alta sinergia entre os minerais(ferro, zinco, potássio) o mix de sementes, é excelente fonte de vitaminas, e possuem doses relevantes de fibras, proteínas, e gorduras boas, mantendo estável o nível de açúcar no sangue. Ah, e essa mistura do bem também é rica em ácido fólico, se liguem, meninas que querem engravidar. Resultado? A vontade de comer doces na tpm é aliviada,  o organismo recebe uma forte dose de minerais, e de quebra você melhora o colesterol bom, e emagrece!

Como eu sinto que minha tpm não é tão leve quanto eu gostaria, resolvi seguir o conselho das convidadas do Sem Censura, só que no lugar de preparar esse mix em casa (a nutri disse que é possível, a gente pega sementes de girassol e abóbora, por exemplo, põe no forno, e depois tritura com castanhas, ou castanhas-do-pará, e põe em saquinhos na bolsa pra consumir)achei uma solução muito boa: a barrinha de mix de sementes da Agtal:

Essa barrinha é simplesmente uma delícia! Parece chocolate Charge, só que sem o chocolate hahaha! Ela é um mix de amendoim, castanha de caju, amêndoa, sementes de gergelim, girassol, e linhaça. Uma maravilha, porém, alérgicas a qualquer um desses componentes, fiquem longe!

Vamos falar só um pouquinho sobre as coisinhas que compõem o mix:

-AMENDOIM
É rico em minerais como o fósforo, potássio e sódio, além de magnésio(que diminui a irritabilidade, tão típica na tpm), niacina(vitamina B3, que combate cefaléias), proteinas, vitamina E, açúcar e gorduras.
-CASTANHA DE CAJU
Rica em vitaminas do complexo B, que ajudam a manter o metabolismo lá em cima, dando energia, e deixando a gente mais resistente ao stress. A castanha também tem selênio, que contribui para regular a tireoide. É conhecida por conter vitamina E, que evita a deterioração das células.
-AMÊNDOA
As amêndoas possuem proteínas e gorduras boas, numa proporção 20/50. Dentre as gorduras, merece destaque a ômega-6, que aumenta a permeabilidade das células de defesa, melhorando seu funcionamento, e blindando o coração e os pulmões de inúmeras doenças. Fora isso, possui vitamina A, C e as do complexo B, além de minerais como cálcio, potássio, sódio, zinco, fósforo e ferro.
E o que isso faz no organismo da gente? Protege o organismo dos efeitos nocivos da poluição, outras toxinas, combate as rugas, e ainda potencializa o cérebro, auxiliando na capacidade de concentração e memorização.
- GIRASSOL
A semente de girassol, assim como a de gergelim contêm óleos omega 6 , 7 e 9 . É fitoesterol, colaborando na redução da absorção do colesterol, e regula os hormônios sexuais, aliviando os sintomas da TPM por amenizar a queda de estrógeno que ocorre nesta fase.
Ingerir a semente de girassol também ajuda na imunidade.
-GERGELIM
Rico em óleos, minerais e vitaminas do complexo B, ajuda o sistema nervoso a combater o stress.
-LINHACA (SEMENTE DE LINHO)
A linhaça é velha conhecida de guerra! Excelente fonte de ômega 3, é considerada um verdadeiro elixir de saúde, beleza e juventude. A linhaça contribui igualmente para aliviar os sintomas da TPM, e da menopausa, além de prevenir o câncer de mama e de ovário. Possibilita maior incremento progressivo na vitalidade e na energia, melhora o coeficiente metabólico, e ajuda na rápida recuperação dos músculos após a prática de atividade física.
É rica  em fibras, portanto ajuda na digestão e no bom funcionamento do intestino; desintoxica o organismo; evita a retenção de líquidos.
Além de tudo isso, é cheinha de vitamina K, de grande valor nutritivo e curativo, além de evitar as hemorragias. Contém vitamina F, que contribui para blindar o corpo contra doenças da epiderme, espaçando o aparecimento de acnes, rugas, manchas e pele seca, e evita a perda de cabelo. O consumo continuo diminui as condições inflamatórias em geral.
Maravilhoso né, tudo junto e misturado!
Como não é tão barato (aproximadamente R$ 3,00) tenho consumido o mix uma semana antes da tpm dia sim, dia não, e pode ser loucura minha, mas tenho notado melhor nos sintomas da tpm, sinto que não fico mais agoniada, nem agressiva feito bicho, e nem com vontade de devorar uma caixa de Bis inteira de uma lapada só. Curti, e vou ficar mantendo a rotina, porque em time que tá ganhando não se mexe.

Bom, falei demais por hoje,e pra quem se interessar pelas barrinhas, comprei a minha na Le Biscuit, e quando vou no Leve Gourmet, compro por lá.

Milão S/S 2011: Blugirl

Depois de vários looks e editoriais atravessados neste blog, sigo mostrando assim, de forma salteada, os desfiles mais legais que rolaram em terras espanholas, na semana de moda de Milão.

Hoje, vamos dar uma espiadela na coleção da Blugirl, a linha jovem da Blumarine: tá bem, deixa ver…sapeca!Isso mesmo: as modelos mais pareciam bonequinhas em cada entrada da marca da passarela.

Repetindo o que fez na estação passada, a grife continua insistindo no poder dos tons pastéis, mas não larga o osso das cores fortes também. É tudo muito junto e misturado!

E como não poderia deixar de ser, uma coleção sapeca tem que ter peças românticas, com muito laço, babado e florzinha…tudo prenúncio de que até a nossa primavera/verão do ano que vem(no meu caso, e no de todas as nordestinas, o ano todo!) vamos continuar usando esses ícones girlie.

Agora, o que mais gostei, de tudo, tudo desfilado, foi a estampa de oncinha em cores bem felizes – amarelo e azul BIC. E melhor, esta fez conjunto com floral e pois, ficou lindo! E a gente que morre de medo de combinar estampas, hein?

Eis uma aplicação prática de um post que fiz no blog, que fala sobre a mistura de estampas:

Falo do fundo do meu coração com buraquinhos: adoro coleções assim, porque me fazem crer que existem roupas de semanas de moda que podem ser usadas. Moda é – aliás, deve ser -pra todo mundo. Moda é democracia e acessibilidade.

Já quero tipo uns 3 modelos que vi por ali, só que preciso aprender a costurar urgente, porque Tia Alice tá muito solicitada ultimamente, affi…

E aí, meninas, curtiram?

Sinto cara de vestidinho de Natal e Ano Novo bem ali por cima…eu mesma vou pensar em executar um deles pra essas festas de fim de ano!