DIY: colar estilo Dylanlex

abdiydylan

Quem acompanha as postagens aqui no blog sabe que, certa vez, falei da minha vontade de montar um colar inspirado nos statement necklaces, da talentosíssima Dylanlex. Acho massa essa vibe meio faraônica, de usar somente o colar como chamariz de um look inteiro.

Então, quando viajei, tinha em mente uma coisa: entrar na Forever 21, e comprar colares prateados e dourados, com formas que se encaixassem, justamente pra eu ir “montando”, o meu statement. E consegui.

Portanto, no post de hoje vocês vão ver como é simples fazer seu próprio colar statement, o passo realmente mais chatinho é garimpar os colares. De resto, é tudo de boa!

matdylan

Para  fazer meu statement, só precisei de dois colares, argolinhas, e alicate de bijuteria. Só lembro que há casos em que a gente pode precisar de uma corrente de strass, ou uma corrente mais grossa, ou ainda linha de crochê (de bordar também serve) pra juntar um colar com outro, e fazer um detalhe legal…vai depender do colar que vocês têm. Vale a pena dar uma olhada no site da dylanlex(AQUI Ó) pra se inspirar, tem cada coisa linda!

dylan1

Depois que medi a altura em que queria que ficasse o segundo colar, abri as correntes, soltei as desnecessárias, e as que sobraram, com pouquinhos elos, uni ao meu colar-matriz com a argolinha de junção. E pronto, habemus um dylanlex inspired!

dylan2

dylan3

Depois que fiz esse primeiro, já fiz mais dois, e já tô com uma vontade imensa de dar um passeio nas lojas de montagens de bijuterias da cidade pra dar uma incrementada e outros meus que tavam encostados por aqui por casa. Esses DIY viciam muito, tô ficando aloka dos colares exagerados.

Bom, tá aí o tuto, espero que gostem, e me mostrem quando fizerem o de vocês, vamos compartilhar ideias!

Look da indecisão: tá quente/tá frio

E lá vou eu com mais um look apropriado pra terrinha que brinca com a gente te tá quente/tá frio nessa época do ano. Só pra vocês terem uma ideia, a semana começou com chuvão (e friozinho), depois chuva pela manhã, e sol à tarde, e tá terminando com um céu bem limpinho à noite, lembrando que pela manhã fez solzão, tipo 29/30 graus.

Portanto, para agüentar essa brincadeira, pensei numa saia curtinha, fit and flare, super versátil, e joguei um sweater de uma malha não tão pesada na parte de cima. Se ficou legal? Eu curti, achei que ficou uma combinação não tão óbvia, comfy, e adequada ao nosso clima:

college1

college2

college3

Sobre os detalhes do look, fotografei a parte dos acessórios, na verdade do anel de bigodinho, dos óculos e do maxi colar:

college4

Fotos: Jeff Braga

Pra quem gostou do look, si liga nas referências: sweater: Riachuelo; saia: Tia Alice (encomendas e informações no email [email protected]); scarpin branco: Zara; maxi colar, e óculos: Aliexpress; anel bigode: lojinha do Centro da Cidade.

Matriz Fashionista: Carmen Miranda

AB_CM

Se o México teve Frida Kahlo como referência de estilo eterno, nós do Brasil não precisamos sentir nem um tico de inveja: a gente teve Carmen Miranda.

Apesar de a diva ter nascido em Portugal, Carmen veio para o Brasil muito novinha, uma bebê, e desde adolescente mostrou talento para música. Mas não era só isso: Carmen era muito performática, e acabou fazendo sucesso na Broadway, para onde levou toda a brasilidade que carregava consigo. Carmen era tipo uma Yvete de antigamente rsrsrs

Além de inegavelmente ter talento para música e cinema, a “Pequena Notável” tinha um figurino exótico, lindo, era meio baiana-chic. Quando vejo suas apresentações pelo Youtube fico apenas BA-BAN-DO com suas peças, e desejando tudo: seus maxicolares, maxibrincos, as saias longas e blusinhas cropped, sandálias plataformas, turbantes…parece que tô falando tendências atuais, né? Tô não, só ver o figurino de Carmen que vocês vão ver que o que os blogs chamam hoje de pulseiras “statement”, colar “statement”, arm party, color blocking, já existia faz tempo, e pra falar a verdade tais peças, apesar de exóticas, extravagantes, são consideradas (pelo menos pra mim) atemporais.

Para mostrar que o que tô falando é verdade, fiz um apanhado de looks de Carmen Miranda, e logo abaixo mostro um editorial que a Vogue fez ano passado homenageando nosso ícone de estilo.

inspboard_cm

 

Editorial_CM

Mais atual impossível! Carminha, você tá ali, do ladinho da Frida, na minha pastinha de referências de estilo, sua linda!!

Adooooro! da semana: conforto + elegância

Quem me conhece sabe que não sou adepta da fantasia de advogada pra trabalhar. Isso porque, diferentemente do que os seriados norteamericanos mostram, não existe glamour por trás da profissão: a gente entra em carro alto; anda em calçamento irregular, fazendo malabarismos com as pastas de processo, Ipad, e bolsa com toda a nossa vida dentro; sobe numa secretaria pra tirar xerox, e se o elevador demora, desce de escada mesmo; engancha salto no rejuntes quebrados dos pisos dos fóruns; passa um calor da moléstia; corre de uma sala pra outra quando tem mais de uma audiência no mesmo horário, e por aí vai.

Agora, imaginem se pra coroar com a cereja do bolo tivesse que usar saltão vertiginoso, e tailleur com saia lápis coladésima? Não, não dá, é pedir pra pagar um mico grande a qualquer momento.

Portanto, meninas, roupa adequada pra meu trabalho é bem assim, como o look abaixo:

20121211-223732.jpg

Simples, elegante, confortável. Roupa pra bater, de verdade.