Blake Lively e a arte de trocar de look DEZ vezes em um dia só

Nem preciso me delongar muito nesse post porque seu título é autoexplicativo, né? Me digam se alguma vez na vida alguma de vocês já trocou de look dez vezes em um dia? Minha gente, eu mal tenho tempo de vestir uma “muda” de roupa pra ir trabalhar, imagine vestir uma, ir a um evento, vestir outra, ir a outro evento, vestir mais outra ir a um programa de tv, tudo isso mudando cabelo, maquiagem…Blake Lively fez isso, e eu tô chocada até agora, pensando se ela é um ET, ou algo do tipo, porque um ser humano comum ela não é…e como eu também não sou um ser comum, no sentido de ser anormal mesmo, doida, fiz um painel indicando a hora que a beesha mudou cada look, pra vocês verem que mundo [email protected]@ é esse de Blake:

blakecrlgy

É a dança do tira-e-bota.

Investindo nas bolsas de 2011!

Ois!

Faz um tempinho que tinha selecionado umas imagens pra vocês das possíveis bolsas que reinariam por esse ano de 2011…não tenho saco mais pra chamar de it-bags, porque acho que essa ondinha passou, o it deu uma saturada, e já era.

Na verdade, a compilação que fiz reúne os modelos que eu achei mais legais, juntamente com aqueles falados pela Vogue Francesa. Bom que a gente fique de olho nas lojas mais acessíveis, porque pode pintar – e vai – inspireds por aí.

Então, prestem muita atenção nos detalhes desses modelos, quem sabe a gente encontra similar por esses dias num precinho amigo!

Queria dizer, antes de falar das bolsas, que tô numa vibe “neutral”, logo, tudo que for da cartela de tons neutros faz meu coração bater mais forte. Não que eu não tenha gostado dessas bolsas coloridas Fendi, mas é que aquelas em tom caramelo, camelo, burro-quando-foge, whatever, realmente parecem mais reais,  “pra bater” no dia-a-dia:

Por favor, lojista do ramo, dá pra fazer uma tipo essa Natasha, da Marc by Marc? Meu bolso não agradece, mas minha vaidade, sim!  Lembro pras meninas, que cada vez mais, bolsas feitas em material rústico vêm tomando espaço nesse mercado de consumo, portanto, preparem-se pra ver muita coisa em palha, ráfia, e similares, é aquela história “tá na vez”.

No último quadrinho bolsas bombásticas(como a Givenchy e a Gucci, com alça de bambu…e o bambu?), e outras nem tanto assim(como essa branca, que realmente parece uma caixa de ferramentas, só que essa custa uns trinta mil reais…caixinha de ferramentas cara, essa).

Porém, de todas abaixo, a que eu gostei mesmo foi essa Marc by Marc, super mundo real, cabe meu infinito particular dentro, e é discretinha, pero no mucho!

E é isso, meninas, gostaria de palpites, qual dessas bolsas devem fabricar por aqui primeiro? Aliás, qual delas vocês acham que vai bombar?

Comentários abertos!

*p.s: meninas, não vi que Givenchy saiu com dois “Y”. Relevem o primeiro “Y”, tá? Ah, e essa danada dessa fonte não entende ponto-e-vírgula, só dois pontos, é mole ou querem mais? Feitas as erratas, aproveitem o post!

Só eu quero esse vestido?

Kate Hudson tá divina na capa da Elle de Novembro com esse Marc Jacobs, da coleção resort 2011.

Tá certo que metade das celebs do mundo já usaram, mas posso querer?

Vibe floral, eu disse!

Curtinhos queridinhos da semana(e a semana apenas começou!)

E vocês que pensavam que eu ia postar sobre VMA, né? Decidi não fazê-lo totalmente sabe meninas, porque a premiação foi fraquinha, fraquinha. Tá certo que é white carpet, mas não custava nada se vestir dignamente, né? Pra mim, só Gaga realmente arrasou(roupas de bife à parte), e ponto.

Porém, eis que não deixo vocês desamparadas e mostro os curtinhos que chamaram minha atenção essa semana. Eles são tão, mas tão leendos, que dá vontade de fazer um pra cada festeeenha chique que aparecer!

Na primeira foto, Ashley Greene(blasé demais nesse VMA, mas deu risadinha no clique acima) apareceu com esse curtinho Giambattista Valli com rendas que ornou completamente com a moçoila.

Já na segunda foto, Emma Stone optou por um curtinho Pucci, para a estreia do seu filme Easy A. E o mais legal foi a boa e velha combinação hi-lo: vai de vestido todo trabalhado, deixa o cabelo bem descompromissado, preso somente com grampos!Foi exatamente o que ela fez. Ah, e esse decote atrás, meldels, é tudo na vida…quero pra ontem um vestido assim!

No segundo grupo, duas garotxenhas: as belas Leighton Meester e Natalie Portman, a primeira num Marc Jacobs super delicado e com brilho discretíssimo(apenas de ser todo trabalhado) e a segunda de Jason Wu bicolor:

  fotos:justjared

O bordado do vestido da Leighton é tão, mas tão detalhado, que as flores parecem que foram colocadas e bordadas uma a uma. Arte pura!

So this is it, meninas, qual dos quatro agradou mais?

Leighton Meester – Marc Jacobs Outfit

As Gossipers rendem muitos posts, né?

O de hoje vem apenas e tão somente para mostrar essa blusinha linda (Marc Jacobs) que a fofolete Blair Waldorf Leighton usou quando de sua apresentação para a imprensa pela Herbal Essences - a chique é a nova embaixadora da marca.

Foto: justjared

Assim que eu vi, achei a cara do verão, e mais, perfeita para trabalhar naqueles dias mais quentes! 

Reparem nesses botõezinhos cobertos na cor de apenas um detalhe na gola, e no bolsinho lateral, como deixaram o look meigo e original!

Pois é guéls, dica pra se anotar e pôr em prática, encomendando o modelito a sua costureira mais próxima!

Ps: Ela combinou a batinha com ankle boots e um shorteenho com um material que achei meio pesado - esses totalmente dispensáveis para as que habitam o nordeste do Braseeel. Para nós, que vivemos o sol praticamente o ano inteiro, o ideal é coordenar com shorts boyfriend, a boa e velha skinny, ou até mesmo uma calça cenoura, de um tecidinho que deixe a gente respirar mais né? Nossa saúde agradece!

Tendência: SS Pre Spring NY 2011, parte I

Amoreeeeeees!

Semana passada rolou em Nova Iorque uma série de desfiles baphônicos, intitulados de coleção pre spring 2011, ou seja, pré-coleção de primavera 2011.

Alguns deles mereceram post, e eu fiz questão de dividir em duas partes, porque ficaria muito cansativa a leitura, e ficaria gigante, dada a quantidade de looks que selecionei pra mostrar pra vocês.

Então, vai hoje a parte 1, e amanhã subo a parte 2 ok?

Divirtam-se!

- Michael Kors: a marca trouxe roupas confortáveis e muitas sobreposições. A intenção era tornar a vestimenta versátil, perfeita para a mulher viajante, que ora está em um local, ora em outro diametralmente oposto, e que não vai precisar adquirir ou levar na mala uma peça para cada lugar, pois uma só que leve será perfeita para todas as ocasiões e destinos. Calças fluidas, maxi saias, vestidos camisetas com estampa de safari, tops oversized e maxi dresses fizeram parte da mostra.

-Stella McCartney:Eis uma coleção fofa! Texturas de richelieu, laços, vestidos com modelagem trapézio, e outros de um ombro só,  estampas florais, cortes geométricos nas jaquetas, e calças capri marcaram a coleção, que eu quero correndo!

-Marc Jacobs: Adoooro! Marc persistiu no nude e modelagens sequinhas. Trouxe pois e tricô, com um perfuminho cinquentinha no ar! Nada muiiito bombástico, mas perfeitinho!

-Louis Vuitton: Com o Marc na linha de frente, a LV persistiu no cardigan, mas acresceu vestidinhos fluidos,   estampados ou lisos, e bem femininos, arrematados por cintos amarrados, ou cintos bem fininhos. Transparências tiveram seu lugar ao sol. Reparem na bolsa da coleção – que super!

Então, amadas, é isso que eu tinha pra fofocar com vocês!

Aguardemos a parte II!