Perdendo o medo do batom escuro, feat. Gwen Stefani

IMG_8759.JPG

O Post de hoje é ao mesmo tempo auto e exo-observação (inventei essa palavra agora). É que, vendo meu acervo de batons, percebi que, ao lado dos rosinhas, e nudes, meus preferidos, tenho notado que os batons mais escuros, digo, a turma dos vermelhos, tipo ameixa, cereja e vinho, estão sendo escanteados. A razão? Achar que batom nesses tons são para uma ocasião mais chique, uma festa, ou mesmo para usar no inverno, à noite, onde essas cores, ao meu ver, se tornam mais discretas. Mas eu tô errada, eu sei, e Gwen Stefani, se além de minha ídola da adolescência até hoje, fosse minha amiga, diria que sou lesa mesmo, e que deixasse de preconceito com batons assim.

E, vendo uma foto dela saindo toda despojada com os filhos, pele legal, e batom vermelhão, me encorajei, e tenho fortes inclinações, a partir de hoje, a adotar o batom na linha dos vermelhos no dia-a-dia.

Não há o que discutir, Gwen é a maior representante da loira com batom vermelho dos anos noventa até hoje. No No Doubt, ela andava com visual street até o pescoço, mas make e cabelo de Pin up, delineado forte, gatinho, e batom vermelho, certamente uma inspiração para várias garotas. Seu estilo, confesso, imitei muito quando era adolescente, mas a maquiagem…hum…o batom vermelho, fingi que não via.

Mas ontem, exatamente ontem, tive essa epifania, e pretendo com ela influenciar as amigas da turma do nude a enveredar para esse caminho lindo que a Gwen apontou. Inspiração? Não faltará:

IMG_8777.JPG

O que é esse look com lencinho na cabeça, amarrado estilo gangsta, e make PÁ hein? E os penteados torcidinhos? Quero todos, acho massa que ela faz variações desse torcidinho, ora dando um ar topete de pin up, ora meio amolecado mesmo.

Na foto abaixo, dois momentos distintos da carreira de Gwen; o estilo vai sofrendo algumas variações, mas o batom vermelho tá lá, firme e forte:

IMG_8780.JPG

Agora, me digam: nessa foto do vestido rosa, abaixo, ela não tá uma diva dos anos 40 todinha? Pode pegar e fazer calendário da época que ninguém vai saber que a foto é atual.

IMG_8779.JPG

IMG_8778.JPG

E pra terminar essa sessão de makes perfeitos, e muito batom vermelho envolvido, o último conjunto de imagens, não menos inspiradoras, com Stefani até arriscando um batonzinho rosa, mas sempre um rosa forte, dando um folga pro vermelho:

IMG_8776.JPG

Depois dessa lição, só me resta entoar, loucamente, a frase da música de Mallu Magalhães, sacar o batom vermelho da bolsa, e ir. Porque para a mulher, decidir usar o batom vermelho, eu acho, é sinal de maturidade. Digo porque quando eu tinha 16, Gwen quando a carreira do No Doubt despontou, tinha 26, e eu acho que foi essa proximidade com os 30 que a fez tomar essa decisão.

Então “nem vem tirar meu riso frouxo com algum conselho, que hoje eu passei batom vermelho, eu tenho tido a alegria como um dom, em cada canto eu vejo um lado bom.”

Beijos!

As maquiagens da Kaley Cuoco
Em: Beleza

kcquadro3

Adoro post soprado! Como minha falta de tempo não me permite absorver a quantidade de informação que gostaria pro blog, me apego aos amigos, porque né, quem tem amigos precisa mais de nada. Então, na madruga boladona, Camilla Savana me linka num vídeo da maquiadora da diva Kaley Cuoco(a Penny de BBT), e diz que achou a minha cara. Pronto, quando eu acordo no meio da noite, tipo 2:27 da manhã e vejo, me veio o “plim” de fazer um post mais cheinho sobre a KC, que SEMPRE leva elogio meu quando comento os red carpets da vida, não que isso seja relevante pra vida dela, mas é pra minha hahaha.

Tipo, simplesmente não adianta, nunca vou achar a KC mal vestida, nem quando tá de garçonete no seriado. Nunca. Ela é tipo gente como a gente, me sinto super amiga dela quando ela aparece de regatinha, jeans skinny e coque bagunçado, putz, é tipo eu no dia-a-dia, não tem como não amar!!!

Pois bem, muito embora eu preste bem mais atenção ao look, é inevitável não visualizar o combo beleza+look que ela usa em suas aparições…tudo sem exageros, com personalidade, e que dá pra fazer em casa. Querem ver um exemplo? Esse make aqui:

vidjo

Olhão tudo, pele e boca discretos. Cabelo? Onduladinho despretensioso. Tem tudo em vídeo, no canal da Jamie Greenberg, olha que alto astral é maquiar Kaley pra um red carpet, quero ser amiga dela²:

Celebridade humilde é outra coisa, viram que ela diz que é fanzoca de sua maquiadora? Muito amor por gente simples!!!

Separei mais alguns cliques da beleza da KC, tudo facinho de fazer em casa:

kcquadro1

 

kcquadro2

Achou pouco? Tem mais aqui ó:

kaleycomp

E pra lacrar lacrando, o vídeo do make de casamento da Kaley(e ela comendo o lip balm e usando Avão? hahaha!!), quem pôde ver nos sites gringos alguns flashes do casório, viu que a beesha arrasou, casou de rosa e não ficou com ar de Barbie:

DEEVA DEMAIS!!

A saga da escolha da base ideal para o make do Grande Dia

3BASES

Durante os preparativos do casamento inteiro, duas coisas mereceram ser objeto de amplas pesquisas: a compra do vestido, e a escolha do combo make-cabelo. Considero uma boa maquiagem extremamente importante, porque é ela que vai ficar eternizada nas fotos e no vídeo do casamento.

E o post de hoje é justamente sobre make, na verdade, sobre um item que me preocupa bastante quando o assunto é maquiagem, a escolha da base. E por qual razão? Tenho a impressão de que uma pele bem preparada é tuuuuuudo na maquiagem, a noiva tem que estar com uma pele legal no dia (então, meninas, nada de passar fome, ou se estressar demais, senão o presente é aquele espinha de véspera, ou a olheira escrota que insiste em dar seu ar da graça, por exemplo), e além disso a mesma pele deve ser bem preparada pra receber as camadas de maquiagem.

Então, se o assunto é pele linda, a maquiagem tem que contar com uma base bacana que atenda às especificidades do casamento. No meu caso queria uma base natural, mas que fotografasse bem, e filmasse bem em HD. Além disso, não queria cobertura “reboco”, sempre achei importante manter a “essência” da nossa pele para não parecer uma boneca de cêra, sem poros, sem nada. Pronto, sabendo desses desejos, comecei a pesquisar, e cheguei à 3 bases: a da MUFE HD, a Maestro, de Giorgio Armani, e a Diorskin Airflash. Comprei as 3, porque né, colecionadora de make tem dessas coisas…mas só abri uma até agora, a escolhida, que conto pra vocês mais na frente; antes, quero falar um tiquinho sobre o trio finalista, e como cheguei à base do casório.

Maestro

A Maestro, de Giorgio Armani, comprei na Nordstrom e pedi pra uma amiga BFzona trazer dos EUA, naquele esquema de entregar no hotel e tals. Essa base tem cobertura fininha, é bem fluida porque é composta de óleos phynos que se misturam quando do toque na pele (fusion), coisa tecnológica mesmo. Porém, tinha um defeitinho: não achei que ela fotografasse/filmasse bem, e como minha pele é oleosa, e estaríamos no verão, não botei fé que ela segurasse a bronca a festa inteira. Eliminada.

MUFE

A base da Make Up For Ever que eu adquiri foi a Invisible Cover Foundation, com cobertura que vai de média a total, e promete cobrir, sem falhas, as imperfeições da pele, ao mesmo tempo que permanece invisível na tela da tv e na vida real. Tem longa duração, e cria um efeito de foco leve, que dá aquele tchan na hora dos flashes, por exemplo. É base de red carpet, portanto, noivas, formandas e debutantes, essa é “a base”. Só não me joguei nela porque a química rolou com outra, foi amor à primeira passada!

diorskinair

Tava tudo legal comigo e minha MUFE, ATÉ QUE surgiu uma nova paixão: a Diorskin Airflash, da Dior. Minha gente, vocês não sabem o que é essa base, ela é simplesmente PERFEITA!!!! A Dior Airflash tem textura ultrafina, sistema de microdifusão, e cobertura média. O jeito de passar é no estilo airbrush, em spray, fotografa e filma lindamente. Pedi pra meu maquiador (Jackson Smith) usá-la na minha make e ele se apaixonou, achou a textura maravilhosa, fina, leve…a pele fica aveludada, mate, uniformizada, dispensa até pó. Pesquisei que é muito boa também para peles maduras, já que não fica “reboco”. Ah, como sou quase transparente, minha cor foi a 200, light beige.

E sobre o efeito nas fotos? Vou mostrar uma foto profissa (por Junior Barreto), e uma tirada por Jackson assim que ele terminou meu make e cabelo, sem photoshop sem nada, pra vocês verem como essa base é incrível:

76

Iphone_Backup_Janeiro2014 516

 

Notaram como ela ficou uniforme? Ela sai da parte da mandíbula pra o pescoço e não fica nenhuma linha demarcatória, a cor eu acertei em cheio! Linda, né? Pra quem ficou interessada, sugiro pesquisar no exterior, ou em freeshops, porque no Brasil é bem carinha(vende na Sephora), e lá fora a gente consegue por menos da metade do valor que ela é vendida por aqui.

 

assinatura2

Make à prova de choro com Aqua Seal, da MUFE
Em: Beleza

O dia do casamento da Lia, do blog Just Lia, foi um dia daqueles em que eu fiquei grudada no Instagram para catar as dicas para o meu casamento; como sabia que seria no estilo mini wedding, tudo que vi serviu de inspiração para eu montar o meu, que vai ser bem nessa linha, mais rústico, e tals.

Porém, não só as fotos do casamento em si renderam dicas; vi que Lia postou a foto de um produto da Make Up Forever que seria usado por Sadi Consati (maquiador tampa) para transformar a maquiagem “normal”, em maquiagem à prova d’água, o que é PERFEITO para noivas e convidadas choronas, que não podem ver a nave da Xuxa se despedindo da Terra que já vão derramando litros de lágrimas. Pois bem, fui à Sephora no RJ essa semana, e comprei o danado pra mim(não pesquisei antes, mas acho que no site da Sephora também tem):

AquaSeal

Segundo a MUFE, o Aqua Seal é um fluido fixador de maquiagem em pó à prova d’água. Sua composição é a seguinte: Isododecane, Trimethylsiloxysilicate, hydrogenated styrene/methyl styren/indene copolymer, hydrogenated polyisobutene, e pentaerythrityl tetra-di-t-butyl hydroxyhydrocinnamate. Tem um cheiro de óleo de máquina de costura Singer, sabe, mas não chega a incomodar.

Para utilizar, é muito simples: só pingar algumas gotinhas do aqua seal em uma tampinha, molhar o pincel, passar nos produtos em pó, e traçar a maquiagem no rosto, rapidinho. Depois, só deixar secar e pronto, make blindada, pode chorar que não borra nadica de nada!

E funciona? Vi reviews de blogs do mundo inteiro e o negócio é PODEROSO. Portanto, apesar do preço (acho que oitenta reais, não lembro), vale para usar no Grande Dia, porque né, maquiagem borrada caga o álbum do casamento hahahaha

Esse vídeo demonstra bem todo o meu blá blá blá. Quem manja de inglês confere aí um review completo que achei no YT:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=gFJYJH8c6Cs[/youtube]

O bom é que o aqua seal não só segura a maquiagem, mas deixa as cores bem vivas, notaram? Achei barra!!!

assinatura2

 

 

Inspired Make Up: Megan Fox na campanha de Beleza 2011 da Armani

Eu tenho uma opinião muito peculiar sobre maquiagem. Uma maquiagem bem feita, pra mim, é aquela que muda o rosto, realçando as qualidades e escondendo os defeitos, mas com tamanha sutileza, que a gente fica sem saber exatamente o que foi feito.

É exatamente isso que acontece aqui, nas fotos de Megan Fox para a campanha de beleza da Armani: reparem que em algumas fotos ela tá bem diferente, deixando a gente naquela dúvida se é ela ou não.(pelo menos eu achei)

As fotos têm um jogo de luz e sombra tão incríveis – tanto criados pela maquiagem, quanto pela iluminação da foto mesmo – que a gente jura impossível copiar a maquiagem em casa. Mas eu sou cabida, e tentarei reproduzir sim, sabendo que nunca ficará igual porque rola photoshop(muito embora ela tenha dito que não) e outras cositas más, porém, se a idéia principal for a mesma, pra moi já serve!

Repararam na sobrancelha marcada da beesha? Pois é…Brooke Shields feelings…

Editoriais de maquiagem para adaptar à vida real…

E aí, garotas?

Resolvi compartilhar com vocês, makeólatras assumidas, essas imagens lindas que catei na net.

O primeiro grupo de fotos vem da Marie Claire Tcheca, e mostra flores, e maquiagens seguindo as mesma cartela de cores das pétalas:

Pra prestar atenção: make todo rosa promete chegar chegando muito em breve em terras brasileiras. Assim, comecemos a treinar já!

Imagens: reprodução

Já no segundo grupo ficam as fotos menos imitáveis…coisa de editorial, que exibe coisas artísticas, e exposição de tendências. Vale extrair dessas lindas imagens da Elle France as tendências e trabalhar nisso.

Essa dá pra fazer…

Já as demais, não estou tão certa que a gente possa andar na rua assim sem ser confundida com algum hóspede da Casa de Saúde de Natal…

Quem aí se animou pra tentar em casa?

Páginas123