Os looks mais legais de Lily James nas premières de Cinderella

Não adianta a gente fingir que não é com a gente…toda menina já sonhou em ser uma princesa, seja ela Sissi, seja ela a Bela, essa magia viveu e vive até hoje em nossos corações. Portanto, não vou esconder de vocês a ansiedade que tô de assistir ao filme da Cinderella, e de comprar a coleção que a MAC lançou em homenagem a essa princesa, tudo muito lindo…tudo muito nude, eu sei, mas quem se importa, é Cinderella, e aquela garota de cinco anos desperta em mim de um jeito incontrolável, e fico cega louca por essas coisas hahahaha

Contudo, o post de hoje não é pra mostrar que tenho Síndrome de Michael Jackson (que por sua vez tinha síndrome de Peter Pan), e sim pra conversar com vocês sobre os looks lacração de Lily James, que interpreta a Cinderella, nas premières ao redor do mundo.

Comecemos com esse vestido tomara-que-caia impecável, que ela usou na première de Londres:

LJ4

O vestido é um Balenciaga, e tem um efeito alongador monstruoso! Super quero um, acho que vou providenciar um tecido bem digno assim pra fazer pra mim, amei mesmo!

Outro vestido bapho foi um rosinha, usando em Berlim. Um Christian Dior, e aqui abro parênteses pra dizer que amo a Cate Blanchett! Cês acreditam que em toda aparição da Lily, quando o vestido dá bode ela vem pra ajudar, consertar, pra Lily ficar incrível na foto? Gente, dama do cinema, é dama do cinema, OUTRO NÍVEL!!! Com essa première aconteceu isso, meu amor pela Cate quadruplicou, diva máxima!

25A68A8700000578-2952728-image-a-48_1423853015338

LJ2

Vou mostrar o look da Cate, ela tava impecável também!

25A6AB2100000578-2952728-image-a-63_1423854016286

Na première do México,  Lily usou um vestido azulzinho, fluido, muito delicado:

LJ3

E pra finalizar, o look princesa Elie Saab, usado por Lily na première americana, em Hollywood. Disse pra vocês que esse último desfile da Elie ia render muitos looks de red carpet e premières, eu disse, não disse? Pois recebam essa perfeição em forma de vestido:

LJ1Imagens: todas, reprodução

Simplesmente perfeita! Agora é esperar a estréia no Brasil e suspirar se imaginando Cinderella, que, diga-se de passagem, teve roteiro alterado para eliminar o sexismo da história. Bom, né?

assinatura2

Um desejo: a coleção da Beth Ditto para a MAC

Por esses tempos até andei um pouco contrariada com essa história da MAC lançar uma coleção toda semana…putz, a gente fica no desejo, mas os produtos não vêm pra o Brasil, e a vida de assalariada não me permite ficar comprando tudo porque é edição especial, sem chance.

Mas uma notícia que me deixou muito feliz foi dada no meu e-mail da MAC faz mais ou menos um mês, e eu só agora tive tempo de postar pra vocês: a coleção da fofa Beth Ditto para a MAC.

Pra quem não conhece, a Beth é vocalista da banda The Gossip. Dona de uma voz espetacular, um estilo marcante, e personalidade muito forte, essa beesha me conquistou justamente por mostrar ao mundo que a gente não precisa mudar para se adequar em nenhum conceito que os “humanos demasiadamente humanos” tentam nos empurrar goela abaixo.

Uma passagem que me deixou mais fã da BD foi a negativa dela em tocar na abertura de uma TopShop, sob a alegação de que jamais tocaria numa loja que não produz roupa para as meninas e meninos mais cheinhos.

Explicado quem é a dona da coleção da MAC, vamos aos produtos: são batons lindíssimos da linha prolongwear, um pó prensado que na verdade é um mix de sombras com estilo de pois, esmaltes(adorei os tons mais clarinhos), lápis, cíllios postiços, e muito rímel colorido. Glamour total!

Também, uma coleção de uma Diva, não podia ficar só na mesmice, né?  Ah, e pra quem se interessou e tem como pedir fora, no site da MAC tem tudo esmiuçadinho, cores, valores e tals, só clicar AQUI.

Já pras curiosas em conhecer o som da Beth no The Gossip, tem clipão pra gente curtir nessa sexta:

Pra se maquiar em casa, parte 4: Conhecendo corretivos e pós

Dando continuidade ao “PSMEC”, hoje a gente vai conhecer os corretivos e os pós, que dão aquele alicerce à maquiagem, lembrando que já falei um pouquinho com vocês sobre os pincéis AQUI, auxiliares da maquiagem AQUI, e sobre bases, primers e afins AQUI.

Mas, comecemos com o corretivo. Ele tem uma missão quase que divina no make: disfarça algumas imperfeições do rosto, em especial as temidas e odiadas olheiras.

No mundo da maquiagem existe uma dúvida cruel, que é o momento certo de passar o corretivo, se antes ou depois da base. Eu, particularmente, adoro passar depois da base, porque dá pra ter uma dimensão do quanto precisamos de corretivo. É porque tem base que tem cobertura tão, mas tão perfeita, que dá pra dispensar até o corretivo.

Outro ponto importante pra conversar com vocês sobre os corretivos, é a procura do tom certo para a pele, e não sair por aí feito panda invertido(as meninas de Natal AMAM sair assim). Amigas, testem antes de comprar. Sério. E no punho não, no lugar certo onde vocês vão aplicá-lo. Ah, nunca tenham um só tom, porque principalmente no nordeste existe muito sol, muita praia, e o tom da sua pele no veraneio não fica a mesma que antes do veraneio. Bom prestar atenção a isso.

Dito isto, vamos conhecer os tipos de corretivo(os que eu conheço, tá?):

Fluido ou cremoso: mais fácil de espalhar, basta aplicar uns potinhos e bater com a ponta dos dedos para ficar sutil;

Em caneta: apesar de ser em caneta, tem uma consistência boa. Fala-se muito do corretivo YSL, em caneta;

Em bastão: pra não ficar pesado, descarregue um pouco de corretivo no dorso da mão,  e só depois vá aplicando, dando batidinhas também, senão fica com cara de reboco, feio de dar dó;

Lápis: sinceramente, nunca usei um delineador em lápis, mas acho que não curtiria, deve ser mais pesado, consistente demais.

E os corretivos coloridos, Rose, servem pra quê? Estes são perfeitos pra disfarçar melhor alguns defeitinhos da pele. O segredo é usá-los antes do corretivo cor “da pele”. Os diferentes tons servem para cobrir diferentes problemas, e nada melhor que a teoria das cores para nos dar uma lição certeira sobre a cor certa para disfarçar os “probleminhas” que aparecem.

Prestemos atenção ao disco cromático:

Em linhas gerais, a cor de corretivo que vai disfarçar cada “mazela” é a oposta a ela no disco acima. Querem ver?

O corretivo lilás disfarça manchas amareladas e amarronzadas, como as de sol.

O verde neutraliza as marcas avermelhadas, como marcas de acne e cicatrizes.

O amarelo corrige as manchas arroxeadas, como olheiras e pequenos hematomas.

E agora que vocês sabem esse macete certo, separei alguns corretivos pra vocês, dizendo, de antemão, que o corretivo mais tampa que já usei na vida é o “Erase Paste”, da Benefit. A cobertura é praticamente um photoshop! Puro amor!

1- Corretivo da Stila;

2 – NYX concealer in a jar;

3 – Corretivo facial Duda Molinos;

4 – Select cover up, MAC;

5 – Dream Mousse Concealer, Maybelline;

6 – Erase Paste, Benefit;

7 -Corretivo líquido 4 em 1, O Boticário;

8 – Corretivo Clé de Peau(o famoso!);

9 -Corretivo Flash Iluminator(Tabajara), O Boticário;

10- Corretivo Mineral, Contém 1G;

11 -Touche Éclat, YSL;

12 -Corretivo, Yes Cosmetics;

13 -Corretivo, Contém 1G;

14 – Corretivo Bo-ing, Benefit;

15 – Corretivo Secret Camouflage, Laura Mercier.

Os coloridos…

1 – Corretivos coloridos Contém 1g;

2 – Paleta de Corretivos Graftobian – muito usada por atrizes da Rede “Grobo”, cobertura máxima, e em HD o efeito fica muito digno;

3 – Paleta de Corretivos Make Up For Ever – essa é pra pedir à amiga que vai viajar pra fora, também é muito boa, parecida com a da Graftobian.

E agora, vamos ao pó (calma, não vai fazer a Amy, tá? É pó de maquiagem). Ele é responsável por finalizar a “base” da maquiagem, e não tem muito a falar sobre ele, já que é um item que eu sei que muitas de vocês têm em casa.

Hoje em dia, com a alta tecnologia na indústria dos cosméticos, os pós estão deixando de ter aquele peso de outrora, em que nossas mães, tias e avós saíam às ruas com o rosto parecendo que tavam com uma máscara da cor da pele. A função deles hoje em dia é basicamente dar acabamento, com sutileza, nada de rosto pesado. Maquiagem bonita é maquiagem natural.

Os tipos de pó são vários, do compacto ao solto, passando pelo cremoso(que eu não gosto, dada a minha pele oleosa). Os compactos são ideais para peles mais jovens, já que podem gerar pequenos depósitos em rugas e vincos da pele. Já os ultrafinos possuem uma leve cintilância, e são ideais para todos os tipos de pele, e makes.

Separei algumas opções, que eu sei que vocês gostam :)

1 – Pó compacto com proteção solar da Shiseido;

2 – Pó solto, Make Up For Ever;

3 – Pó solto(loose powder), NYX;

4 – Gentle Light Powder, Clinique;

5 – Matte Luminous Hydrating Loose Powder, Dior;

6 – Poudre Universelle Libre, Chanel;

7 – Prep and Prime Transparent Finishing Powder, MAC;

8 – Studio Fix, MAC

9 – Pó compacto Pureness(ideal para pele oleosa), Shiseido;

10 – Pó Colorstay Photoready, Revlon;

11 – Pó compacto da linha Intese, O Boticário;

12 – Dream Matte Powder, Maybelline;

13 – Pó compacto, Vult;

14 – Pó compacto, Contém 1G.

Vista a seleção de pós, uma dica minha, que apesar de não ser maquiadora, sou consumidora: sempre aplique o pó com pincel, seja ele compacto, ou não. O efeito é mais natural. Lembrem que ao passar o pó compacto com pincel, ele é “transformado” em pó solto. Simples assim!

E aí, curtiram o manual de corretivos e pós?

Compras do Duty Free: Se joga, amiga!

E agora, a parte mais legal de viajar: parar no Duty Free! Quando eu fui, parei no do Rio de Janeiro, que é muito bom, e no de Ezeiza de ida. Mas o frisson rola no da volta em Ezeiza – que é mega-giga-master-blaster – e no de São Paulo, que é uma delícia de comprar.

Hoje eu mesclei Becky Bloom com Elle Woods, e antes de falar das compras propriamente ditas, vamos esclarecer alguns pontos sobre as compras em Free Shop. É importante ficar sabendo de algumas regras, para não pagar mico, e acabar deixando as novas aquisições – e conseqüentemente, seu rico dinheirinho – para trás no decorrer da viagem.

- Sobre cotas para embarque: estas não existem, pois suas compras ficam dentro da cota do exterior, que não leva em conta roupas e objetos de uso pessoal. Bom consultar antes os limites alfandegários do país de destino, para não se dar mal;

- No desembarque, o valor máximo de compra, POR PASSAGEIRO, é de US$500,00, utilizados em uma única notinha de venda. Além desse limite de valor, temos limitações de produtos, ou seja, só podemos trazer, por pessoa:

- 24 garrafas de bebidas alcoólicas, sendo 12 de cada categoria;

- 42 unidades de Red Bull(passo);

- 25 unidades de charutos ou cigarrilhas(passo também);

- 250g de fumo preparado para cachimbo(arghhh);

- 10 produtos de perfumaria(isso incluído perfumes e cosméticos);

- 3 unidades de relógios, brinquedos, jogos ou instrumentos elétricos ou eletrônicos.

O que mais interessa, portanto, é a restrição de quantidade no que diz respeito a produtos de perfumaria, pois, no meu caso, sempre ficava contando mentalmente quantos produtos poderia trazer – no máximo 10 – super pouco para quem vai para o Free Shop pensando única e exclusivamente em renovar o estoque de perfumes e cosméticos.

Vejam bem: o ser humano compra 4 batons, 1 blush, 1 base, 1 rímel, 1 pó, 1 hidratante, e 1 perfume…acabou-se o que era doce(ou o que era cheiroso). Para minha alegria, essa cota dobrou porque fui com o bofe, e como ele não comprou muita coisa(basicamente bebidas e perfumes pra ele mesmo), a cota ficou mais ou menos livre pra trazer umas coisinhas que eu já queria(levei anotado pra não perder foco), e ainda algumas encomendas da galera. Deu demais. Fora que foram 4 paradas, portanto, poderia levar até 80 produtos!

Além destas restrições, ainda temos mais algumas, desta vez da ANAC. É que para o transporte de substâncias líquidas em bagagens de mão, incluindo gel, pasta, creme, aerosol e similares, em vôos internacionais, inclusive em seus trechos domésticos ou que utilizem o salão de Embarque destinados a vôos internacionais, algumas imposições são feitas:

- Todos os líquidos devem estar em frascos individuais com capacidade de até 100ml;

-Todos os frascos devem estar acondicionados em uma embalagem plástica transparente, vedada, com capacidade máxima de 1 litro ou até 20cm x 20cm, que deve ser apresentada durante a inspeção de embarque;

- Medicamentos que precisem ser consumidos durante o vôo, deverão estar acompanhados de receitas médicas;

- Alimentos de bebês ou líquidos de dietas especiais serem consumidos durante o vôo, devem ser apresentados durante a inspeção de bagagem;

    Ficaram tensas, né? E agora? Vou comprar horrores de Victoria’s Secret e fracionar em frasquinhos de 100ml? Calminha: os líquidos comprados no Free Shop podem exceder os limites acima, desde que dispostos em embalagens plásticas seladas e com o recibo de compra com a data de início do vôo. Todavia, não tá garantido que o país de destino da viagem vai aceitar, bom consultar antes, tá?

    Outra dica para não pagar mico, é deixar as sacolinhas do Duty Free lacradinhas até deixar o aeroporto, às vezes aparece um chato que vem questionar, nunca se sabe…

    Revisada toda essa exaustiva lista, deixa eu narrar minha história.

    In fact, até que comprei pouca coisa, procurei manter foco, e só perdi a compostura mesmo na loja da VS, pois tudo é no precinho e você se abestalha mesmo. O grosso de minhas compras de Free Shop era mesmo bebida(para o casamento/encomendas/presentes), chocolatinhos, e outros produtos pra dar de presente, e encomendas. Comprei pra mim pouca coisa, quando se fala em Free Shop, até porque sou fã das compras internacionais pela internet, e já compro muita coisa por esse meio, e sai quase o mesmo valor.

    Dividi as minhas compras em 4 fronts, para detalhar tudo, tudo:

    Primeiro, vamos às compras de MAC: nem me importei com a MAC de ida, porque já tinham me dito que a MAC de Ezeiza é bafônica, e querem saber: as brasileiras tinham levado QUASE TUDO no domingo! Quando fui na segunda-feira, restavam apenas 3 itens da coleção Wonder Woman(dois pigmentos e um gloss)…triste fim. Comprei para mim 2 blushes, um da coleção Quite Cute, e o outro o Dollymix velho de guerra, um blot, e dois batons: um que lembrava o Viva Glam Gaga II, sugestão do vendedor, e o outro da Quite Cute também. Não me empolguei pra fazer uma festa maior, sei lá, não sou tão MACmaníaca, talvez se fosse mais fã teria pirado, ou se tivesse elaborado uma listinha mais precisa de MAC, mas vá lá, outras oportunidades terão. Tudo somou 92 dólares.

    Adquiri dois pós da Shiseido(o azul escuro 18 dólares o refil e o azul claro, 21 dólares o refil), que são tapa-reboco, super dignos, um blush Bourjois que tem a cor liiinda, e ainda a base Diorskin Forever(acho que 43 dólares), rainha dos comentários positivos pelo mundo da maquiagem. Acertei a cor no tato, Thanks God.

    Como sou aloka dos perfumes, trouxe mais dois pra casa: um Tommy Girl (que veio num combo, dei o outro a mainha) e o Lily do Marc Jacobs. Sou meio infiel a perfume, pra mim cheirou bem que mal tem…pra não perder a compostura e levar grito de Titia, que diz que não tem mais onde guardar perfume, mantive a discrição.

    E por fim os Victoria’s Secrets velhos de guerra: trouxe muita coisa, mesmo, tem uma loja só da VS no Ezeiza, enorme, você perde os sentidos, é um perigo…foi o que aconteceu comigo…mas enfim, perdoem este deslize Becky Bloomístico, cada produto desse ficou entre 9 e 11 dólares:

    Mesmo estando quase o mesmo preço do Brasil, como eles estavam na minha frente, comprei meu xampu e meu condicionador da L’Occitane(17 dólares cada), que fiz a resenha aqui, e que Meire, do Salada Médica, fez o melhor review já visto na blogosfera!

    Ah, e ia me esquecendo: o Free Shop de Sampa é muito bom, e o melhor, converte logo em real os valores pagos(evitando assim o temido IOF), e ainda divide em sete vezes. Bom, né?

    Well, essas foram as minhas compras pelo DF…alguém aí já se jogou com força nos FS? Me contem, que preciso de dicas, inclusive de produtos para comprar por lá!

    Resenha: Wonder Woman Eye Quad, Defiance

    Juro que tentei ir me maquiando enquanto falava sobre o quarteto de sombras pra vocês, mas chegou um momento no vídeo em que chamei minha paleta de blush de paleta de sombra, e aí já viram, né? Fail total.

    Mas, pra não deixar de mostrar pra vocês o quarteto da (foge, foge) Mulher Maravilha da MAC, fiz uma mini resenha. Enjoy!

    Bom domingo, garotinhas!

    Sorteio alternativo no blog: Myth ou Gloss Viva Glam Gaga

    Como eu acho que tudo nessa vida deve ser democrático, o sorteio vai ser representativo disso que tô falando: é que a vencedora vai poder escolher o prêmio que quer ganhar.

    E quais são os presentinhos da vez?

    Isso mesmo, o nude amado da MAC, ou o gloss idolatrado Viva Glam Gaga. Magnífico, né?

    Para concorrer, eis as regrinhas:

    - Em primeiro lugar, tem que seguir o blog aqui na janelinha do google nesse lado esquerdo(bastar digitar o e-mail, clicar em seguir e pronto! Já pode se considerar seguidora! (Sim, é importante colocar o nome de seguidora no comentário, tá meninas, prestem atenção!)

    - As guéls vão postando com a numeração(que pode ser modificada no caso de comentários simultâneos), seguida da presente frase: MAC pra que te quero!

    Mesmo esqueminha dos sorteios anteriores!

    - Mas fiquem atentas: O SORTEIO COMEÇA HOJE(01/03) e TERMINA no dia 20/03!

    - No dia 21/03, saberemos quem foi a ganhadora/ganhador do mimo!

    - A ferramenta é nosso random.org de sempre, que vai indicar um número aleatório, que vai ser o ganhador!

    Obs: comentários repetidos serão desconsiderados!

    Combinadas? O que estão esperando? uma, duas, meia e DJÁ!

    Páginas12