Comprando sem errar: checklist básico, pra abastecer o guarda-roupas com peças maravilhosas!

Não restam dúvidas: mulher gosta de comprar, bastante, não importa de qual classe social ela seja. E roupa então,…ihhh…

Ora, atire a primeira pedra que não errou a mão numa liquidação, e trouxe peças que, ao chegar em casa, ficaram aquela tristeza. Resultado? Encostada no armário para todo o sempre.

E o post de hoje justamente tem a intenção de mudar um pouquinho essa história. Aproveitei o gancho da fase de liquidação nas lojas, pra gente criar um tico mais de consciência, e só levar pra casa o que realmente favorece nosso corpo. Se esse checklist for levando à risca, não vai dar outra: o armário até pode não ser cheio de peças, mas terá poucas, e muito boas, deixando a gente muito à vontade para pegar qualquer uma delas, e ter a certeza de que o resultado vai ser muito bom.

Vamos às perguntinhas básicas, que a gente tem que se fazer antes de gastar o rico dinheirinho nas lojas tentadoras, e também não cair no papo da vendedora de que tudo “ficou liiiiiiiiiiindo em você!!!”:

Pra pôr em prática hoje mesmo.

Garimpada na liquida da Toli

Semana passada quem me acompanhou no Twitter viu a raiva que eu tive da Toli, quando fiquei esperando uns minutos com a porta fechada na minha cara para aproveitar a liquida de 70% na loja. Pois é, querida leitora, o que era raiva virou amor assim que entrei na loja…inclusive entendi o porquê da historinha de ficar fechando a porta: simplesmente as vendedoras não conseguiam controlar o fluxo, nem muito menos atender bem a nenhum consumidor, por isso o controle, pra não tumultuar a coisa, e fazer um negócio mais ou menos organizado.

Chegando lá, tive um foco bem claro: procurar roupa que desse pra trabalhar, coisinhas diferentes, e alguns achados versáteis e já bem batidos, que eu pudesse usar de uma maneira diferente. Deu super certo, querem ver?

De cara achei esse wrap dress de linho, super sério pra trabalhar. Tá certo que vou ter que tirar um pouquinho do tamanho porque ficou mulher ungida demais, mas achei bem digno. Também trouxe pra casa um vestido que é saia bandage(ha-ha-ha) com blusinha acoplada(paga a língua, Rose, paga a língua) que não vou tirar o tamanho porque mesmo compridinho esse não tem cara de mulher ungida, apenas não vulgar. E fica massa jogando um boyfriend blazer por cima.

Notaram que tô organizada, até botei os preços! Achei a nota fiscal aqui e tô copiando dela…aloka!

Tá eu implorei pras amigas leitoras não usarem bandage dress, bandage skirt e blá, blá, blá, mas por trinta e dois reais meto uma malha de tricô leve por cima e mato o piriguetismo da beesha! Não, vocês não vão me ver usando com baby bag e regatinha por dentro da saia…NOOOOT!

Agora, vamos ser francas, essa saia preta é super estilosa com esse nó na frente; feita de musseline e bem pretinha(o flash deixou a bichinha bufenta, mas não acreditem, é bem pretinha mesmo), fica o máximo para composições mais arrumadas…pensando seriamente em guardá-la para o Natal, como sempre faço…guardo uma peça, e acabo usando um, dois ou até mesmo 3 anos depois e continua em alta.

E vem aí O ACHADO, a camisa dos meus sonhos, que eu sempre quis, mas Tia Alice, devido ao excesso de followers/clientes, não pôde fazer pra mim:

Gente, eu pirei nesse modelo desde que vi essas duas moças abaixo usando…achei tão fino pra trabalhar, principalmente porque aboli os terninhos pra fazer audiências, e por três motivos: Natal é muito quente pra ficar andando de terno, minha empresa permite o traje formal, e o terninho tá meio old fashioned, pelo menos aquele de modelagem mais antigona, de mesma cor, etc…

Fique super, super, super, super mesmo feliz com minha camisa, e em breve pretendo usá-la, depois que titia fizer alguns ajustes de tamanho de manga, e outras coisitas.

Me lembrei agora que comprei uma blusinha de cambraia bordada, mas não vou colocar aqui não porque essa foi bem simples, mas levei porque sou viciada em cambraia bordada, acho fofo!

Por fim, lá vem meu macacão saruel de tecido ultraphyno pra usar com cinto…tava jogado lá pela boca do caixa, e quando puxei e vi que era pé, me apossei dele e não larguei mais!

Meninas, devo admitir que sou viciada em modelagem saruel, não posso ver uma que compro(principalmente em liquidação, já comprei jeans saruel de até R$19,90!), porque acho super confortável, mas garanto que tem gente que não gosta, e muitos dos bofinhos também não se agradam da modelagem(ainda bem que o meu aceita…te lovu, amor!) Mas, cada um, cada um, né, o mundo é feito de diferenças e isso é que é legal.

Porém me digam, esses foram ou não fora os achados? Quem foi pra essa liquida? Compraram muita coisa? Comentem, que tô louca pra fofocar com vocês sobre comprinhas, tá?

Surto Becky Bloom – Melhor custo benefício

Começa o ano e pipocam as liquidações…a gente enlouquece, e quer levar o que vê pela  frente.

Só que liquidação, minha querida leitora, é guerra. E guerra só se vence com estratégia. A minha(estratégia, em grego strategía, em latim estrategia, em francês stratégie, em inglês strategy…rsrs) é sempre separar um dinheirinho pra comprar algumas coisinhas no começo do ano, e assim não ficar endividada de cara.

E lá fui eu à luta, e achei 3 coisinhas bem legais:

1 – Essa blusa foi um verdadeiro achado; tava perdida no meio das peças de senhorinhas da Renner, pedindo pra ser levada. Como eu tava louca por uma blusa dessa, assimétrica, com punho ajustado e ombro caído, arrematei toda feliz, me sentindo a Guilhermina Guinle em tititi! (quem me acompanhou no twitter viu a agonia pra achar o molde dessa blusa pra titia fazer pra mim…nem precisa mais!);

2 – Já esse short saruel(Renner), achei pena não levar porque ele tem cara de alfaiataria, e na hora visualizei a montação:  regata podrinha e plataforma, ou pumps. E vestiu tão bem, que não resisti!

3 – O terceiro foi o bom e velho panneaux(Marisa), que é super versátil: canga, lenço, saia, blusa, enfim, tudo que sua imaginação mandar. Lenço é sempre um item essencial para quem quer turbinar um look basiquinho jeans/camiseta.

Total da despesa? Aproximadamente R$80,00(oitenta reais). Pago à vista. Significa: sem sustos no fim do mês!

Então é isso, guéls, fui uma boa mocinha, gastei pouco na liquida e até comprei um presentinho em minha homenagem! Mas isso é assunto para outro post!

See ya!