Do dia: em clima de feriado!

Tecnicamente hoje é sexta, né? Então, nada melhor do que um look bem fresquinho, bem tranqüilo, como esse que tô usando na imagem abaixo:

20131120-102723.jpg

O body, como vocês já devem estar carecas de saber, é mais uma produção de titia, lindo, lindo(encomendas pelo email [email protected]). A calça é Osklen, e os sapatos são Vizzano. A foto tá meio tosca, mas prometo que essa semana sai look com uma imagem rica, pra vocês verem os detalhes das peças :)))

UPDATE: que tal um look com o mesmo body pra vocês verem essa lindeza melhor? Lá vai!

BFlo4

BFlo3

BFlo2

VSMT: Tia Alice, dia 28.

Acreditam que já tô ficando triste porque esse projeto tá no fim, e eu ainda tinha muita coisa legal pra mostrar pra vocês?

Mas, faz parte, vamos às peças de hoje: uma calça de linho, que só eu e algumas poucas meninas seriam corajosas para usar(veio numa revista manequim do começo desse ano, e eu endoidei e bati pé pra titia fazer pra mim), e uma blusinha de cetim com guipure, que eu tenho mais ou menos há uns 10, 12 anos.

Essas regatinhas de cetim são uma espécie de curinga do guarda-roupas, e ajudam muito naqueles momentos de dúvida, em que você não sabe o que usar na parte de cima da composição de um look. Como aprendi com o Kaiser que guipure vem com tudo(vide chanel cruise 2012), óbvio que fui à caça aos tesouros que estão no meu guarda-roupas e voilá, achei essa blusinha-puro-amor, feita por Tia Alice também!

Os detalhes, foram poucos, até mesmo porque trouxe poucos acessórios, e o detalhe do guipure é chamativo: cintos Renner(o truque de usar mais de um cinto tá no auge total), e sandália abotinada Arruda. Pulseiras, feitas por mim, e o decenário, comprado no e-bay:

E é isso, espero que tenham gostado!

Ps: fiquei tão feliz quando Tia Alice fez minha calça, e eu achei essa imagem da Karla, do blog Karla’s Closet com uma bem parecida! Como ela é mignon, e tem pernona, bundona, bem abrasileirada, e tava com essa calça, criei coragem pra usar a minha sem medo de ser feliz!

Cantem comigo o mantra “não passo mais em frente à Outlet K”…

…porque acontece justamente isso: achados, achados e mais achados. Meu bolso sofre, mas levando-se em conta que qualquer peça dessa em lojas normais não é menos de cem reais, acho que não deveria me lamentar assim.

Separei o post em tops e bottoms pra facilitar a explicação e visualização. Let’s go?

Me senti a Rainha dos Achados, com as três peças que comprei na foto acima; gente, summer blouse(de seda pura e verde militar) e camisa estilo Equipment(branquinha, branquinha, só que a ausência de flash não ajudou) por R$ 35,00 cada, é de dançar funk neurótico micado no carnaval de Macau, né? Peças que são pra vida toda! Já a tee podrinha tava de “fintxe reais”, e pensei porquoi non?

Mas o melhor vem agora: shortinhos alfaiataria de linho por R$ 30,00 reais cada…pena que uma Fifi na minha frente, com medo de que as outras Beckys Bloom pegassem os shorts, cercou a arara e pegou de bolo(tudo 38 quando o manequim dela era 44 no mínimo), correndo logo em seguida para o provador. Resultado: as peças não voltam no mesmo dia do provador, e Rose teve que garimpar bastante, subir em escadinha e pegar shortinhos nas araras mais altas…king kong que só eu pago quando tô em compras no Alecra!

Essa sainha, que foi vintinho também, achei tão, mas tão romântica com esse detalhe do bico de cambraia, que acabei levando também. Dá pra fazer setecentas mil combinações com ela. E eu sou aloka da cambraia, deu pra perceber, né?

Ainda no Alecrim comprei alguns tecidos pra fazer umas saias, que quando estiverem prontas eu mostro, e outra pecinha na Otoch, que se vocês pedirem aqui nos comments também faço post!

Por enquanto é só, meninas…quem das minhas leitoras amadas andou descobrindo achados no Alecrim, assim como eu? Comments pra gente tricotar!

Liquida Avohai…como quem não quer nada, entrei e amei!

Sabe quando você entra numa liquida descrente e no final sai dando risada? Foi o que aconteceu comigo na Avohai…tava no Natal shopping ali, de bobeira, e resolvi entrar, e catucando no montinho de roupas em cima do balcão olha que beleza:

Essa saia não era assim…alouca customizadora bateu e mim e dei um grau nela. Na verdade ela tinha entre os babados e a saia um entremeio e várias fitas rosinhas penduradas, parecia São João…como enxerguei um quê de ladylike nela, não mexi no comprimento(que é midi, o queridinho da temporada) e apenas tirei os carnavalismos dela, de fechosa basta a estampa né?

Gostei tanto dessa blusa de linho com bordados coloridos…amo coisas bem rústicas, e dá pra inventar muita coisa com ela: como ela é soltinha, dá pra usar um cintinho fino pra marcar a cintura, um obi de tecido cru, ou até mesmo um cinto de crochê…me ganhou pela versatilidade.

O melhor deixei por último:

Podem parar de gritar, tá @gladisvivane e Tia Ruth(a animalprintólatra mesmo antes de virar tendência)? Essa fuseau foi O ACHADO da vez! Imaginei tropas de looks a-piriguéticos com essa fuseau: com regatão e blazer bem estruturado; com cardigan passando dos quadris em tom cru; com tricô pesadão também passando dos quadris…lembrem que a atração deve ser o fuseau, que já é chamativo por natureza, e que a gente tem que neutralizar o peruísmo do animal print com peças bem destoantes, ou seja, mais sérias, clássicas, enfim. Seguindo essas regrinhas, não tem como não arrasar!

Total das compras: SESSENTA REAIS, LOMBARDI!

E quem achou mais coisas legais em liquidações? Vamos conversar sobre? Comentem!

Garimpada na liquida da Toli

Semana passada quem me acompanhou no Twitter viu a raiva que eu tive da Toli, quando fiquei esperando uns minutos com a porta fechada na minha cara para aproveitar a liquida de 70% na loja. Pois é, querida leitora, o que era raiva virou amor assim que entrei na loja…inclusive entendi o porquê da historinha de ficar fechando a porta: simplesmente as vendedoras não conseguiam controlar o fluxo, nem muito menos atender bem a nenhum consumidor, por isso o controle, pra não tumultuar a coisa, e fazer um negócio mais ou menos organizado.

Chegando lá, tive um foco bem claro: procurar roupa que desse pra trabalhar, coisinhas diferentes, e alguns achados versáteis e já bem batidos, que eu pudesse usar de uma maneira diferente. Deu super certo, querem ver?

De cara achei esse wrap dress de linho, super sério pra trabalhar. Tá certo que vou ter que tirar um pouquinho do tamanho porque ficou mulher ungida demais, mas achei bem digno. Também trouxe pra casa um vestido que é saia bandage(ha-ha-ha) com blusinha acoplada(paga a língua, Rose, paga a língua) que não vou tirar o tamanho porque mesmo compridinho esse não tem cara de mulher ungida, apenas não vulgar. E fica massa jogando um boyfriend blazer por cima.

Notaram que tô organizada, até botei os preços! Achei a nota fiscal aqui e tô copiando dela…aloka!

Tá eu implorei pras amigas leitoras não usarem bandage dress, bandage skirt e blá, blá, blá, mas por trinta e dois reais meto uma malha de tricô leve por cima e mato o piriguetismo da beesha! Não, vocês não vão me ver usando com baby bag e regatinha por dentro da saia…NOOOOT!

Agora, vamos ser francas, essa saia preta é super estilosa com esse nó na frente; feita de musseline e bem pretinha(o flash deixou a bichinha bufenta, mas não acreditem, é bem pretinha mesmo), fica o máximo para composições mais arrumadas…pensando seriamente em guardá-la para o Natal, como sempre faço…guardo uma peça, e acabo usando um, dois ou até mesmo 3 anos depois e continua em alta.

E vem aí O ACHADO, a camisa dos meus sonhos, que eu sempre quis, mas Tia Alice, devido ao excesso de followers/clientes, não pôde fazer pra mim:

Gente, eu pirei nesse modelo desde que vi essas duas moças abaixo usando…achei tão fino pra trabalhar, principalmente porque aboli os terninhos pra fazer audiências, e por três motivos: Natal é muito quente pra ficar andando de terno, minha empresa permite o traje formal, e o terninho tá meio old fashioned, pelo menos aquele de modelagem mais antigona, de mesma cor, etc…

Fique super, super, super, super mesmo feliz com minha camisa, e em breve pretendo usá-la, depois que titia fizer alguns ajustes de tamanho de manga, e outras coisitas.

Me lembrei agora que comprei uma blusinha de cambraia bordada, mas não vou colocar aqui não porque essa foi bem simples, mas levei porque sou viciada em cambraia bordada, acho fofo!

Por fim, lá vem meu macacão saruel de tecido ultraphyno pra usar com cinto…tava jogado lá pela boca do caixa, e quando puxei e vi que era pé, me apossei dele e não larguei mais!

Meninas, devo admitir que sou viciada em modelagem saruel, não posso ver uma que compro(principalmente em liquidação, já comprei jeans saruel de até R$19,90!), porque acho super confortável, mas garanto que tem gente que não gosta, e muitos dos bofinhos também não se agradam da modelagem(ainda bem que o meu aceita…te lovu, amor!) Mas, cada um, cada um, né, o mundo é feito de diferenças e isso é que é legal.

Porém me digam, esses foram ou não fora os achados? Quem foi pra essa liquida? Compraram muita coisa? Comentem, que tô louca pra fofocar com vocês sobre comprinhas, tá?