DIY: gifts in a jar, a.k.a, presentes no potinho :)

Eita que o vídeo prometido subiu e em boa hora!

Bom, aproveitando as festas de fim de ano, resolvi fazer um vídeo mostrando como vocêS podeM presentear parentes e amigos com uma lembrancinha personalizada, sem gastar muito, mas como muito amor envolvido. Em tempos de presentes mais do mesmo, fazer uns mimos em potinhos, como esses que ensino a vocês aqui embaixo, já mostra todo o zelo e preocupação que a gente tem com o outro. Muito amor!

Então, corram pra aprender que dá tempo de fazer ainda pra esse Natal e confras de fim de ano!


Bom, conforme prometido, seguem abaixo os detalhes do que usei no vídeo:

- Primeiramente, os potinhos: comprei todos na Casa do Mel, melhor preço e frete digno. Chegaram bem rápido (link AQUI). Para as meninas de Natal, não faço ideia de onde vende, mas creio que no Alecrim deva ter, na rua da feira, alguma loja especializada em embalagens no estilo.

- As etiquetas adesivas eu criei imprimindo num papel de dimensões Carta, 279,4mmx 215,9 mm da Pimaco;

- A etiqueta do Spa in a Jar eu achei nesse link AQUI, prontinhas pra imprimir;

- A etiqueta do sugar scrub, especial de Natal, achei AQUI. Pra quem quer presentear com exfoliantes, mas não no Natal, achei essas etiquetas não-temáticas AQUI;

- Já as etiquetas do potinho Energy in a Jar e a receita dos cookies, eu que criei, e coloco em anexo pra vocês AQUI e AQUI;

- As etiquetas do Christmas cookies, tão nesse link AQUI.

Bom, espero que eu tenha sanado todas as dúvidas, e qualquer coisa, só chamar nos comentários que respondo, tá?

Beijos!

Sobre os próximos seis meses do blog…

Então, meninas, tava sem net, porque meu cable modem não agüentou a pressão da internet com velocidade duplicada, e não consegui postar pra vocês o primeiro dia em que começou uma campanha, tanto inspirada no recessionismo, quanto na adoção da ideia pela publicitária Jojo, que em seu blog Um Ano Sem Zara, mostra como garimpar peças no seu próprio closet, e obter looks surpreendentes.

Em verdade não foi o blog em si da Jojo que me tocou, nem muito menos seus looks, mas sim seu depoimento inicial sobre esse mundo de “empurra-mercadológico”, que a levou a quase ser despejada, e perder tudo que tinha, só pra bancar seus luxos, e acompanhar o que o mercado empurrava goela abaixo….achei que era a hora de rever meus conceitos, e gastar meu rico dinheirinho com algo mais importante(sim, existe muito mais coisa a se fazer do que gastar com vaidade, por incrível que pareça).

Ora,  em escala de importância pra vida, estas coisas nunca estiveram – nem nunca estarão- no topo da pirâmide.

E se a ideia é boa, a gente deve copiar, e copiar descaradamente, até mesmo porque querendo ou não, um blog forma opiniões, e eu não quero, de maneira alguma, ver vocês, leitoras, com nome no SPC/SERASA, nem deixando de honrar compromissos importantes, como pagar a mensalidade de cursos, ou faculdades, por exemplo, pra dar uma de antenada no mundo da moda e da beleza. Sugiro até que vocês leiam meu outro post sobre recessionismo,AQUI, pra entender direitinho sobre o que tô falando. E adianto: claro que dá pra andar em sintonia com o que há, gastando pouco, bem pouco, VOCÊS NÃO PRECISAM DE TODAS AS COISAS DO MUNDO, isso é fato.

Mas, vamos deixar de enrolação e partir pra o assunto principal: Eu, Rose Cristina, estou comprometida com este blog e com vocês, e só gastarei nos próximos seis meses(contados de 1º de Maio) se for com tecidos pra fazer minhas próprias peças-desejo, e mesmo assim de maneira espaçada, pois já tenho muito tecido.

São seis meses sem levar nenhuma pecinha para a boca do caixa…seis meses sem um sapatinho ou uma bolsa novos…seis meses garimpando no meu “acervo” coisas legais para usar, e mostrar pra vocês.

Acho que vai ser super divertido, e não fiquem preocupadas que vou continuar postando achados e afins para vocês(só não vou comprar, também não vou fazer a bitolada, claro que vou sempre informar o que achei de bom por aí, fiquem frias!), e melhor, vou mostrando peças que achei no meio das minhas pilhas de roupas(muitas ainda com etiqueta, podem acreditar) e que atendem bem ao que “bomba” por aí. Garanto que vai ser super interessante a experiência, no mínimo curiosa, já que vou extrair de mim tudo que eu puder de criatividade, e de vocês também, porque vou precisar de muita ajuda!

Ah, e quem quiser participar de algum modo, pode se sentir convidado! O logo da campanha é aquele lá em cima, e algumas meninas já começaram a postar em seus blogs, como Janine, do Bióloga de Salto, e Nara, do blog Segredos Fashion. Vamos lá, meninas, vocês conseguem, não precisam ser xiitas como eu, o bom desse jogo é que não existem regras rígidas!

Torçam pra eu ser forte, e resistir fortemente às tentações, e para quem quiser me presentear(bofe, irmã, pai, mãe, tia, amigos) e aliviar minha abstinência, pode se sentir à vontade…vou gostar do incentivo!

Na vida nada se cria…mas essa foi demais!

Quem souber a resposta, me responda: o que essa equipe de hairstyle desse desfile tinha na cabeça quando resolveu fazer ISSO?

A resposta na verdade tá na foto da direita, né? Mas não era isso que eu queria dizer…queria saber o que se passa na cabeça de uma criatura para ter uma ideia excremental dessas…

Para mais fotos,  vide Stockholm Streestyle.