Para cada tipo de pele, um BB cream ideal

Que os BB creams já ganharam nosso coração(e nossa pele), isso é indiscutível. E mesmo vendo por aí que já se fala inclusive no CC cream, acho importante a gente ir com calma, e conhecer melhor o BB cream certo pra nossa pele. Sim, porque para cada tipo de pele, existe um produto adequado.

Então, por ora exploremos bem o universo BB cream,  até mesmo para que a gente possa, ao experimentar o CC, poder observar se é só uma sacada de marketing pra o diferenciar dos “beebees”, ou se realmente há algo mais nesse lançamento de beleza.

Prontas?

- Para peles sensíveis, um BB cream suavizante:

Para as peles que são mais suscetíveis a alergias, e/ou com tendência à vermelhidão, nada melhor que um BB cream que tenha propriedades calmantes, com água termal na composição, por exemplo. Sua pele estará a salvo, e ainda ganha de quebra uma cobertura que se aproxima à de uma base, com a vantagem de tratar sua pele ao mesmo tempo em que ajuda na maquiagem.

- Para disfarçar ruguinhas, BB cream com boa cobertura, e antiidade

Muito embora os BB creams já tenham sido programados para tratar a pele, alguns deles, infelizmente, não possuem na composição elementos com propriedades antiidade, nem oferecem uma boa cobertura  às ruguinhas mais finas. Mas que existem aqueles que atendem à expectativa das amiguinhas com rugas, existem, e eu achei pra mostrar.

- Para peles escuras, um BB cream que se adapte à pele das não-caucasianas e não-orientais

Adotada de corpo, alma, e coração pelos orientais, a cor dos BB creams, inicialmente, não atendeu às consumidoras morenas. Contudo, como a indústria da beleza é conhecida por sua tecnologia, não demorou muito para os estudiosos em cosmetologia desenvolverem um BB cream com pigmentos inteligentes, que se adaptam a qualquer tipo de pele.  Também no mercado já podemos contar com beebees com um leque de tons, atendendo, assim, aos anseios das morenas, e bronzeadas.

- Para as ecologicamente antenadas, BB creams orgânicos

Sim, meninas, encontramos BB creams formulados com compostos naturais, provenientes de agricultura orgânica, tudo como manda a cartilha do ecologicamente correto. Para as que adoram a ideia, vale o investimento.

- Para dar aquele ar de saúde, BB creams com leve pigmentação

Se você é daquelas que curte uma pele com cobertura leve, e um aspecto de saúde, vale a pena adquirir BB cream com pigmentação, que deixa aquele tom de pele saudável, rosinha, de quem acordou linda!

- O problema é pele seca? BB creams com propriedades hidratantes nela!

Tá, todos os BB creams já possuem propriedades hidratantes. Porém, quando se fala em pele seca, é preciso um pouco mais. E para isso, temos os beebees à base de plantas que prometem hidratação giga, deixando a pele linda, saudável.

- E para as que jogam no time das peles mistas e oleosas, BB creams com efeito matificante são mais indicados. Se o medo da textura em creme as aflige, pode-se recorrer ao BB em pó, já à venda no mercado dos cosméticos.

Dicas de marcas? Tenho sim!

1 – Age defense BB cream, Clinique;

2 – Miracle Skin Perfector, Garnier;

3 – Flexitone BB cream, Dr. Brandt;

4 – Sun Base FPS 46, Ecopure;

5 – Natural BB cream, Ecopure;

6 – BB Cream Perfecteur de Teinte, So’Bio etic;

7 – Hydreane BB cream, La Roche-Posay;

8 – BB créme Abricot, Dr. Renaud;

9 – Dream Fresh BB cream, Maybelline;

10 – BB Créme Au Ginseng, Erborian;

11 – Miracle Skin Perfector matte effect, Garnier;

12 – Nude Magique BB Powder, L’oreal.

Se vocês já tiveram experiências reais com alguns dos Blemish Balms acima indicados, que tal a gente trocar uma ideiazinha nos comentários? Tô com uns em vista, e adoraria pesquisar com vocês o mais legal!

Você sabe o cabide certo para cada roupa?

Geralmente quando a gente fala em conservar as roupas, a gente associa logo à idéia de evitar mofos, desfiados, pensa em seguir as instruções de lavagem…nunquinha passa por nossa cabeça o fato de que pendurar a roupa no cabide errado pode fazê-la durar menos. Pois é, pois é, pois é…

E é sobre isso que quero conversas com vocês no post de hoje. A gente vai falar um pouquinho sobre os diferentes tipos de cabide, e que tipo de peças podem ser penduradas em cada um.

Pode parecer um post bem longo, mas, se é pra fazer durar nossas roupitchas, que mal tem ler na íntegra, né?

Então, mãos à obra!

Cabides anatômicos


Perfeito para pendurar casacos, blazers e jaquetas. Por não terem haste, também são bons para vestidos, camisas e blusas. Se o tecido for fininho, ou fluido, escolha cabides com estrutura anti-derrapante nas laterais.


Cabides com haste


Ideal para ternos. Legal também para pendurar echarpes e lenços, isso quando a gente não opta por guardá-los em uma gaveta própria (como eu faço).

Cabides de presilhas

Bom para os tailleurs. Para não marcar a saia na parte das presilhas, coloque disquinhos de feltro. Os cabides de presilhas também são legais pra pendurar frente-únicas, tomara-que-caia e corselets. Lembrem apenas de pendurá-las de cabeça pra baixo, para não caírem, nem amassarem.

Cabides com fendas laterais


Bom para pendurar blusas e vestidos de alcinha, já que essa “quebrinha” na extremidades segura a peça no lugar, sem deformar.

Cabides de pressão


Perfeito para as saias, mas nada impede que você opte pelos cabides de presilhas, que também são bons. Pra falar a verdade, nunca mais tinha visto um cabide desse jeito.

Cabide para Calças


Para não ocupar muito espaço, dependendo da altura do varão, uma dica é pendurar calças em cabides de saias. Isso também evita aquelas marcas indesejáveis. Caso prefira esses daí de cima, pendure as calças com o gancho voltado para o fundo do armário.

SOBRE O MATERIAL DOS CABIDES…

Os cabides de madeira são ideais para blazers, jaquetas, camisas, vestidos, casacos, peças com mangas. Contudo, ocupam muito espaço, razão pela qual é preferível optar por cabides de plástico, mas de uma qualidade legal, pra não deformar as roupas.

Cabides de plástico duro: peças sem manga.

Cabides forrados: peças delicadas, tecidos que marcam facilmente e alguns tricôs.

Cabides de arame: esses nem merecem comentário. Deformam a roupa da gente como nenhum outro. Evite!

Além das dicas acima, separei mais uma diquinhas gerais de arrumação:

*Quer pendurar gravatas e cintos? Aqueles ganchinhos que a gente compra em lojas multicoisas são perfeitos, e baratinhos. Eu viciei nesse artefato desde que consegui o incrível feito de organizar meus colares com eles.

*Para proteger casacos, blazers e vestidos de festa, costure umas capinhas em TNT. Deixam o tecido arejado.

*Cabides com ganchos giratórios são uma mão na roda. Invista em alguns.

*Essa é a cara do meu sogro: cabides da cor da roupa, além de dar uma harmonia, ajuda na hora de puxar a peça na cor que você quer.

*Não ponha setecentas peças num cabide só. O ideal é cada uma(peça) no seu cabide quadrado.

*Você não resistiu à febre da blusinha/regatinha de seda? Conserve-a, então, para as próximas estações em cabides de tecido, para não escorregar, nem deformar. Se não tiver, pode usar aqueles de plásticos com ganchinhos pra pendurar as alcinhas.

E assim a gente tanto organiza o guarda-roupas (o que auxilia, e muito, na composição nossa de cada dia), quanto faz nossas roupas durarem um pouco mais! Tem coisa melhor que dar vida longa às nossas peças?

Em busca da “T-shirt” perfeita

Vocês podem achar um absurdo eu fazer um post sobre como escolher a camiseta ideal. “Ora, Rose, camiseta é camiseta, qualquer uma serve!”, algumas dirão. Mas não é bem assim não ó…

Não sei vocês, mas muitas vezes tive a sensação de usar uma camiseta, e ela colar nos ombros, nos braços, ficar solta nos quadris, apertar o busto, coisa triste de se ver. Dei um destino certo às que ficavam assim: cortei, fiz regata, e só uso na academia. Caso claro de que escolhi a camiseta às cegas, sem notar algumas coisinhas essenciais para que uma camiseta fosse “a camiseta”, que favorece minha silhueta, em vez de derrubar.

E como reconhecer a camiseta certa, se é que isso existe?

Bem, uma boa t-shirt, antes de tudo, não pode ser transparente, porque ela deve esconder nossas gordurinhas de garotas da vida real. Se você coloca a mão por baixo de uma camiseta, e ela(a mão) aparece, pode ter certeza de que no seu corpo, qualquer sinal de carninha a mais vai dar seu ar da graça também(é por isso que odeio a viscolycra, se a modelagem não for solta, e o tecido mais opaco, marca e mostra mesmo). Então, é processo de embarangamento na certa! Fuja! Camiseta boa é um pouco opaca, pra dar uma disfarçada em alguns defeitinhos.

Importante também é observar o corte: mangas estão no lugar? Ombros também? Tá soltinha no quadril, sem marcar? O comprimento tá bacana? Então, amigas, vocês encontraram a T-shirt ideal. Levem dúzias pra casa assim que encontrarem suas tees-gêmeas, não se sabe se vocês as encontrarão novamente de maneira tão fácil.

Ah, um fato curioso: vocês sabiam que as mangas da t-shirt podem emagrecer a gente, ou nos deixar mais cheinhas, dependendo do tamanho? Se elas terminam num ponto mais magro do braço, elas te deixam mais delgadas, já que evidenciam uma parte fininha do braço. Porém, se as mangas terminam num ponto onde o músculo é mais saliente, mais alto, o efeito é justamente o contrário: bracinho de “biscoiteira” cresce e aparece. Façam o teste do espelho(dobrando a manga da camiseta) e vejam o comprimento de manga ideal para vocês.

E tá bom de teoria, corramos para a prática: separei imagens de t-shirts que favoreceram suas donas, só pra vocês constatarem o que falei por aqui: camiseta bem escolhida dá um up no look, sem dúvida alguma.

Pra não errar na compra nunca mais.

P.s: Como as leitoras pediram links de lojas que vendem t-shirts, aí vai uma pequena lista, elaborada por minha amiga do coração e prima(de sobrenome ;)) Dany, super fã de t-shirts. Ela tem cada uma mais bacana que a outra, e ninguém melhor que ela pra nos dizer onde ela compra né??!

Apenas Rabiscos: lembram da famosa camiseta da “Dona Norma”? Eles que fabricaram! Além dessa da Dona Norma, tem centenas de tees descoladas por lá. O preço? Mara, uns 27 reais;

Peligro T-Shirts: estampas de HardCore, Metal e Filmes Clássicos;

Camiseteria: camisetas masculinas e femininas, ecobags e concurso de estampas;

Nonsense: camisetas pra quem curte originalidade;

Red Bug: camisetas, moletons, buttons, canecas e toy art’s;

28: camisas bem nerds, cabeça;

Threadless: site gringo mas com versão em português, preço das t-shirts em dólar;

80stees: camisetas descoladas, dos anos oitenta em sua maioria. Tem Smurfs, Thundercats, Meus Pequenos Pôneis, She-ra, Super Mario…é site internacional, mas entrega no Brasil. Nunca testei, mas testarei em breve!

Obashop: essa eu conheço! Camisetas de bandas de hardcore, emo e afins.

Cartas a uma jovem costureira, p. 2: a escolha da máquina de costura.

Quando em tava em viagem, vi esse quadro no Museu Nacional de Belas Artes, e me lembrei demais de minha infância, minha adolescência, e do agora, de minha fase adulta. Sempre assim: Tia Alice costurando e eu no pé dela, ora provando, ora ajudando a escolher modelos, tecidos, ora pedindo pra fazer algum modelo pra mim. Sempre fomos uma equipe, desde meus 6, 7 anos vivo pelo ateliê dela, é a primeira coisa que faço ao acordar. Corro até lá, reviro os mesmos tecidos, dou bom dia, combino algum modelo de cliente, e saio pra vida. É o meu templo, sem dúvida.

E hoje, dando continuidade ao “Cartas a uma Jovem Costureira” vamos conversar um pouco sobre máquinas de costura. Qual a máquina de costura ideal? Qual a de melhor custo benefício? Preciso ter uma máquina industrial?

Todas estas dúvidas tentarei tirar para vocês, pois apesar de somente atualmente ter me aventurado no mundo da costura, faz tempo que conheço a área, porque respiro moda artesanal por todos os meus poros, desde o nascimento.

Primeiramente, antes de adquirir sua máquina de costura, você deve ter em mente o que deseja fazer com ela, pequenos ajustes, bordados, confecção de peças para vender, costurar para você mesma, costurar apenas tecidos, malhas, tecidos e malhas…tudo isso é muito importante, porque cada modelo de máquina tem sua particularidade.

Quando manifestei o desejo de ter uma máquina de costura só pra mim, tentei reunir as seguintes características:

- Melhor custo-benefício: ora, costura não é minha profissão; é minha terapia, meu lazer, divertimento. Não preciso de uma máquina industrial. Mas, não quero uma que me limite, que faça poucos pontos, que não faça costura dupla. Quero uma completinha-baratinha, que possua as funções de costura reta, casa de botão, zíper, braço livre pra fazer colarinho, manga, etc…se vier com vários pontos decorativos, melhor!

- Possibilidade de costurar malhas e tecidos: roupas de malha são fáceis de fazer…na máquina overlock. Na máquina de costura normal, tem que trocar agulha, mudar tensão de fio, e outras coisinhas mais. A minha costura malha e tecido. Inclusive minhas primeiras peças foram em malha, e a máquina se saiu bem no teste de desempenho.

- Marca consolidada no mercado: não, não é besteira. Uma máquina de marca sólida tem site, garantia na compra, manual ultraexplicativo de como usar, e peças de reposição fáceis de encontrar.

Bem, depois de muita procura, e de conseguir achar tudo que eu queria num produto só, apresento-lhes meu mimo, essa Elgin Genius J4000, abaixo:

Ela tem 14 pontos e caseador automático, é portátil, possui braço livre para facilitar costuras tubulares, faz costura reta e zig-zag em 4 larguras, invisível, tripla reta, prega zíperes e botões, costura lastex, tem cortador de linha, enchedor de bobina automático, isolador de dentes automático, e regulador do pé calçador. Completinha. Comprei pela internet, e chegou sã e salva!

Ainda tenho algumas dúvidas bobas nela, mas o DVD que vem junto é tão legal, que sempre no surgimento de dúvidas ou chamo titia, ou assisto ao DVD. Por enquanto estamos nos entendendo bem.

Porém, no mercado há muitas máquinas legais. Querem exemplos?

Vamos a três modelos bem conhecidos das costureiras iniciantes:

  • Z22/767  Zig-Zag

Também da Elgin, essa máquina vem com móvel, possui 3 posições de agulha, prega zíper e botões, tem enchedor de bobina automático, e regulador de pressão do pé calcador. Não achei o preço dela, gente, desculpa.

  • Singer Fashion 4205

A Singer Fashion é máquina da nossa querida blogueira Raphaella Avena, do blog Estilo Avena. Certa vez falei no twitter com ela, e ela me disse que atendia bem às necessidades.

A Singer Fashion vem com 5 pontos embutidos, caseador automático de 4 passos(gira-se apenas o seletor, e as casas vão sendo feitas), passagem de linha à prova de erros, bobina Sure Fit(só cabe de uma forma), luz LED staybright, ajuste variável de largura do ponto, alça de transporte, e braço livre. É uma máquina de iniciantes, mas com um leque bem amplo de possibilidades. Custa R$ 479,00.

  • Singer Tradition 2263

A Tradition possui 22 pontos, caseador automático de 4 passos, estrutura de metal (o que garante maior estabilidade durante a costura) braço livre, trabalha com agulha dupla também, possibilita duas posições de agulha, tem passador de linha fácil, cortador de linha na barra do calcador e na tampa lateral, enchedor de bobina automático e compartimento itegrado para acessórios. Uma costureira profissional certamente tem uma dessas em casa. Minha tia tem, e usa para fazer alguns detalhes nas peças costuradas. R$ 649,00.

Bem, essas são as máquinas mais famosas, o top 3 das costureiras iniciantes. O precinho não é tão em conta, mas são boas máquinas, de durabilidade altíssima. Logo, super vale a pena, se você realmente quer se jogar nesse passatempo que é uma delícia!

ATUALIZAÇÃO!!!! 

Devido à demanda de acessos nesse post, resolvi fazer um bom incremento, apresentando a vocês mais algumas máquinas de costura do mercado que podem ser uma boa compra.

Vamos conhecê-las?

  • Singer Facilita 2818

Facilita2818

Eu até tinha feito uma pequena resenha de uma Facilita na parte antiga do post, mas retirei para fazer uma coisa mais detalhada. Afinal, vocês que procuram por esse post desejam mesmo é que a escolha da máquina de costura ideal não dê errado, e por isso, faço o máximo pra trazer muitos detalhes, pra gente não acabar se dando mal na compra.

Bom, a Facilita 2818 é também máquina de uso doméstico, com 18 pontos, e braço livre, possibilitando costura em mangas e barras de calça por exemplo. Possui comprimento e largura ajustável de ponto, e 3 posições da agulha.

Como especificações, posso trazer as segunintes:

- 18 Pontos: Básicos (reto/ziguezague), Essenciais (3 pontinhos/bainha invisível), Flexíveis (para costurar malhas) e Decorativos;

- Casas de botão em 4 passos;

- Chapa isoladora dos dentes para bordados livres e para fixar botões;

- Pontos flexíveis de ajuste, para melhor aparência do ponto.

Ah, e um detalhe: o seu acabamento é do que chamam de alumínio batido, resistente. Quem utiliza essa máquina elogia bastante, principalmente por ser silenciosa, ter pontos firmes, e costurar com louvor tecidos grossos.

Valor aproximado: R$ 699,00.

  • Singer Facilita Super 2868

FacilitaSuper2868

A Facilita Super 2868 também é mega-blaster elogiada. Silenciosa, firme, pontos perfeitos…possui também 18 pontos decorativos, flexíveis e utilitários e caseador de 4 passos, como a Facilita que falei acima. Prega zíperes, pesponta jeans, e faz diversos tipos de acabamento. Quem usa acha muito boa, mesmo.

Dentre suas características, vale citar:

-Pontos decorativos: usados para valorizar as aplicações e os acabamentos;
-Pontos flexíveis: aplicados em malhas e outros tecidos elásticos, que permitem a liberdade de movimento;
-Ponto invisível: conhecido como bainha invisível, é usado para fazer barras ou aplicações;
-Ponto multiziguezague: conhecido como 3 pontinhos, é o acabamento ideal para colocar elásticos em peças de lingerie;
-Caseado 4 passos: faça os 4 lados da casa, girando apenas o seletor;
-Base plana: esta máquina é portátil, entretanto, pode-se costurar sobre uma mesa ou ser embutida no gabinete, vendido separadamente;
-Cortador de linha manual;
-Ponto overloque;
-Regulador da tensão do fio;
-Sistema fácil de passagem de linha;
-Costura com agulha dupla;
-Luz Led: brilho permanente;
-Velocidade: 950 rpm.

Valor: R$ 789,00.

  • Janome 1006

 

Vi vários posts de blogueiras-costureiras gringas falando da Janome, e não poderia deixar de fora dessa atualização alguns exemplares da marca.

A Janome 1006 é uma máquina de costura doméstica, indicada para acabamentos, aplicações, consertos em geral, customizações e o mais legal, promete costurar até 8 CAMADAS DE JEANS. Isso mesmo, gente, 8 camadas de jeans!!! tô chocada, e nem boto tanta fé nisso, afinal, geralmente a costureira iniciante só precisa costurar no máximo duas camadinhas de jeans, e tá tudo certo, já vale a compra da máquina.

Janome1006Como especificação técnica, ela possui:

-Ponto ziguezague

-Pontos para costura reta ao centro e costura reta à esquerda;

-Ponto ziguezague 3 pontinhos

-Permite costuras tubulares (barras de calças, mangas)

-Capacidade para costura pesada (costura até 8 camadas de jeans)

-Capacidade para agulha dupla (costura reta)

-Seletor de escolha do ponto

-Retrocesso de pontos – costura reforçada

-Placa Isoladora de dentes, para cerzido e quilting livre

-Sistema de corte de linha integrado na lateral da máquina

-Estrutura interna de antimônio (material reforçado)

Preço médio: R$ 429,00.

  • Janome 2018DC

 

Janome2018

A Janome 2018 é da linha das eletrônicas, e indicada para acabamentos, aplicações, patchwork, quilting, consertos em geral, customização e criação de peças de roupas. Acho massa essas máquinas eletrônicas e já vi uns vídeos de blogueiras gringas costurando com esse tipo de máquina no Youtube, achei luxo!!

Sobre as caracterísicas dessa Janome em específico, posso dizer que ela tem:

-18 tipos de pontos de costura

-3  modelos de caseado de botão automáticos

-1 ponto de aplique tipo caseadinho para patchwork

-Largura máxima do ponto: 7 mm

-Controle manual e automático de velocidade

-Permite costura com agulha dupla

-Ajuste de comprimento do ponto

-Ajuste de largura do ponto

-Painel LCD para seleção e regulagem de pontos

-Alavanca do calcador com 2 níveis de altura

-Permite costuras tubulares (barras de calças, mangas

-Botão Start/Stop (Iniciar/Parar) para controlar a máquina sem usar o pedal de controle

-Botão para Arremate Automático

-Botão para Retrocesso Automático

-Sensor de caseado de botão

-Enfiador de linha na agulha

-Seletor de regulagem da tensão da linha

-Isolador de dentes

-Enchedor de bobina com sensor

-Lançadeira rotativa

-Sistema de corte de linha integrado

-Estrutura interna de metal reforçado para dar mais estabilidade

Preço médio: R$ 899,00. Excelente custo-benefício!!!

  • Elgin Trendy JX-3013

Elgintrendy3013

A Elgin Trendy também parece boa opção pra turma que quer fazer acabamentos em peças de malha, pois possui uma variedade muito boa de pontos para costura em malha. Dentre as especificações, destaco as seguintes:

-Costura reta e tripla reta;

-Zig-zag triplo reforçado;

-Ponto concha;

-Ponto Overlock I, II e III;

-Costura invisível I e II;

-2 Posições de agulha;

-Porta-Carretel retrátil.

Preço médio: R$ 529,00.

  • Elgin Decora 2080

 

ElginDecora2080

Vendo o vídeo sobre a decora no próprio site da Elgin, achei a Decora JX- 2080 uma máquina bastante interessante: pontos legais, dá pra fazer acabamento de peças moda praia (se costura lycra deve costurar com louvor malhas em geral), e se saiu bem costurando tecidos grossos (as amostras do vídeo parecem ter sido feitas em um tecido grosso, uma sarja, por exemplo). Confrontando a Decora com minha Elgin JX 4000, a minha se saiu melhor, mas, ainda assim deixo a dica pra quem quer começar no mundo da costura.

Suas especificações são as seguintes:

- Braço-Livre;

- Caixa de bobina e lançadeira em aço;

- Caseado automático;

- Troca rápida de sapata;

- Zig Zag (2 larguras);

- Zig Zag especial para bordados;

- Três pontinhos para lingerie;

- Costura com lastex;

- Costura reta tripla reforçada;

- Overlock simples;

- Prega botões e zíperes;

- Zig Zag triplo reforçado.

Preço: em média R$ 479,00.

E aí, curtiram o incremento do post?

A última dica que dou desse extenso post é: Pesquise, pesquise, pesquise. Não vá comprar logo de cara. Se puder, vá a uma loja de máquinas acompanhada de quem entende e peça dicas, fale de suas necessidades, e certamente a pessoa apontará a máquina certa pra você.

Tudo dando certo, compre sua maquininha do coração, e se jogue nas artimanhas com ela!