Dica de Livro: Invencível, de Laura Hillenbrand

E AÍ, MEU POVO!!!!

As minhas leitoras mais antigas já devem ter percebido que não sou muito de fazer posts literários; tenho perfil lá no Skoob com minhas preferências, mas por aqui falo muito pouco. Porém, acho que vou tornar mais constante indicação de livros, e darei preferência a obras que me impactaram, como a de hoje, o livro de Laura Hillebrand, Invencível.

9788539003433_300_site

Fazendo um resumo bem rasteiro da obra, Invencível conta a história de “Louie” Zamperini, um rapaz que foi atleta olímpico, mas teve sua carreira interrompida por uma repentina convocação para a Segunda Guerra Mundial. Porém, esses dois fatos que contei não o centro da obra, mas sim o que Louie (como carinhosamente era chamado) passou durante esse período (acidente aéreo, prisão por tropas inimigas…), e de que forma ele conseguiu lidar com os eventos que aconteceram em sua vida.

A descrição do livro eu extraí do site da Saraiva, e é essa aqui:

“Em uma tarde de maio de 1943, um avião da Força Aérea americana caiu no meio do oceano Pacífico e desapareceu, deixando para trás alguns escombros e um rastro de óleo e sangue. Em seguida, na superfície do oceano, apareceu um rosto. Era de um jovem tenente, um dos artilheiros do avião, que se esforçava para chegar a um bote salva-vidas. Assim começou uma das mais impactantes odisseias da Segunda Guerra Mundial. O nome do tenente era Louis Zamperini. Quando criança, foi um rebelde incorrigível. Adolescente, canalizou a rebeldia no atletismo e descobriu um talento que o levou às Olimpíadas de Berlim e à perspectiva de ganhar uma medalha de ouro nos Jogos seguintes. Mas com o início da guerra, Zamperini foi obrigado a desistir de seu sonho. Com uma voz narrativa rica e intensa, Invencível é o relato fascinante da coragem e resiliência de um ser humano extraordinário.”

Terminei de ler a obra recentemente e olha, Louie é inspirador. Não se trata de um livro de auto ajuda, mas de uma biografia que ensina muitas lições, dentre elas, a resiliência, e inteligência emocional. Prefiro não me prolongar por aqui, porque adoraria que vocês lessem o livro, maravilhoso!

A história de Zamperini é tão fodástica que Angelina Jolie, recentemente, dirigiu um filme inspirado na obra, cujo trailer vocês podem ver logo abaixo, mas advirto: NÃO VEJAM O FILME ANTES DE LER O LIVRO, PLEASE!!


Aproveitando que as férias tão chegando, que tal mergulhar no mundo dos livros começando por essa dica?!

Os looks mais legais de Lily James nas premières de Cinderella

Não adianta a gente fingir que não é com a gente…toda menina já sonhou em ser uma princesa, seja ela Sissi, seja ela a Bela, essa magia viveu e vive até hoje em nossos corações. Portanto, não vou esconder de vocês a ansiedade que tô de assistir ao filme da Cinderella, e de comprar a coleção que a MAC lançou em homenagem a essa princesa, tudo muito lindo…tudo muito nude, eu sei, mas quem se importa, é Cinderella, e aquela garota de cinco anos desperta em mim de um jeito incontrolável, e fico cega louca por essas coisas hahahaha

Contudo, o post de hoje não é pra mostrar que tenho Síndrome de Michael Jackson (que por sua vez tinha síndrome de Peter Pan), e sim pra conversar com vocês sobre os looks lacração de Lily James, que interpreta a Cinderella, nas premières ao redor do mundo.

Comecemos com esse vestido tomara-que-caia impecável, que ela usou na première de Londres:

LJ4

O vestido é um Balenciaga, e tem um efeito alongador monstruoso! Super quero um, acho que vou providenciar um tecido bem digno assim pra fazer pra mim, amei mesmo!

Outro vestido bapho foi um rosinha, usando em Berlim. Um Christian Dior, e aqui abro parênteses pra dizer que amo a Cate Blanchett! Cês acreditam que em toda aparição da Lily, quando o vestido dá bode ela vem pra ajudar, consertar, pra Lily ficar incrível na foto? Gente, dama do cinema, é dama do cinema, OUTRO NÍVEL!!! Com essa première aconteceu isso, meu amor pela Cate quadruplicou, diva máxima!

25A68A8700000578-2952728-image-a-48_1423853015338

LJ2

Vou mostrar o look da Cate, ela tava impecável também!

25A6AB2100000578-2952728-image-a-63_1423854016286

Na première do México,  Lily usou um vestido azulzinho, fluido, muito delicado:

LJ3

E pra finalizar, o look princesa Elie Saab, usado por Lily na première americana, em Hollywood. Disse pra vocês que esse último desfile da Elie ia render muitos looks de red carpet e premières, eu disse, não disse? Pois recebam essa perfeição em forma de vestido:

LJ1Imagens: todas, reprodução

Simplesmente perfeita! Agora é esperar a estréia no Brasil e suspirar se imaginando Cinderella, que, diga-se de passagem, teve roteiro alterado para eliminar o sexismo da história. Bom, né?

assinatura2