Batalha de Cleansing Oils: The Body Shop x Bioré

demaqab

Que UFC que nada, o combate aqui no blog vai ser hoje de produtos de beleza, mais precisamente cleansing oils! Como todas vocês já devem saber, sou adepta do double cleansing, o método oriental de demaquilar e limpar a pele. E, como a técnica vem lá do outro lado do mundo, os melhores óleos demaquilantes são oriundos daquelas bandas. Confesso a vocês que tentei encontrar algo similar no mercado ocidental, uma vez que é uma demora pra chegar meus demaquilantes, e a pele não espera, mas não tinha encontrado…eu disse NÃO TINHA, porque agora chegou um concorrente bem bom dos cleansings oils japas e coreanos, fiz até uma batalha de passinhos, digo, de cleansing oils pra mostrar por aqui. Então, sentem que lá vem resenha!

Bom, meus escolhidos para o teste foram o óleo de limpeza da The Body Shop, o Camomile Silky Cleansing Oil; e o bam bam bam japa, o  Bioré Cleansing Oil, meu preferido. Vamos primeiramente aos ingredientes de cada produto:

CAMOMILE CLEANSING OIL: Glycine Soja Oil/Glycine Soja (Soybean) Oil, Prunus Amygdalus Dulcis Oil/Prunus Amygdalus Dulcis (Sweet Almond) Oil (Skin-Conditioning Agent), Helianthus Annuus Seed Oil/Helianthus Annuus (Sunflower) Seed Oil, C12-15 Alkyl Benzoate (Emollient), Caprylic/Capric Triglyceride (Emollient), Ethylhexyl Palmitate (Skin Conditioning Agent), Isohexadecane (Emollient/Solvent), Polysorbate 85 (Surfactant-Emulsifying), Sorbitan Trioleate (Surfactant-Emulsifying), Sesamum Indicum Seed Oil/Sesamum Indicum (Sesame) Seed Oil (Skin-Conditioning Agent), Octyldodecanol (Emollient), Parfum/Fragrance (Fragrance), Linalool (Fragrance Ingredient), Tocopherol (Antioxidant), Limonene (Fragrance Ingredient), Anthemis Nobilis Flower Oil (Fragrance/Essential Oil), Citric Acid (pH Adjuster).

BIORÉ CLEANSING OIL: Mineral Oil, PEG-12 Laurate, Isododecane, Water, Isopropyl Palmitate, cyclopentasiloxane, Polyglyceryl-2 isostearate, decyl glucoside, polysorbate 85, glyceryl oleate, isostearic acid, isostearyl glyceryl ether, isostearyl glyceryl pentaerythrityl ether, Myristyl alcohol, alcohol, citric acid, phosphoric acid, BHT, glyceryl fragrance, e tocopherol.

A composição, como visto, difere uma da outra, e tenho ressalva em relação aos dois produtos: no da Body Shop, não sabemos se o óleo de soja usado é transgênico; no da Bioré, o óleo mineral, que aparece como um ingrediente abundante no produto, causa alergia a algumas pessoas.

TEXTURA: em textura, o da Bioré é mais fluido; já o da The Body Shop é um pouco mais pesado, talvez por possuir uma combinação maior de óleos: amêndoas, soja, e semente de girassol, por exemplo.

REMOÇÃO: ambos removeram facilmente a maquiagem que coloquei na pele para teste, isso sem nem emulsionar, ou seja, sem colocar água. O óleo da Body Shop espalhou um pouco mais produto pela pele, o da Bioré “derreteu” a maquiagem sem muito estardalhaço.O lápis que usei não é a prova d’água, mas já testei o óleo da Bioré com produtos mais resistentes e ele removeu, porém exigiu um pouco mais de massagem no rosto.

batomlapis

demaqteste

Após emulsionar, o resultado da pele foi esse:

demaqapos

Alerto que nem passei o sabonete de limpeza, que é a segunda fase necessária para o double cleansing – e o que dá uma limpada mais efetiva – mas, mesmo assim, sem cumprir essa segunda etapa, a pele já tava limpinha! Comprovando o que disse passei o algodão logo depois eu ter emulsionado e lavado só com água, e ele ficou limpinho!

demaqalgo

RESUMO DA ÓPERA: QUEM GANHOU A BATALHA DOS CLEANSING OILS? OS DOIS ÓLEOS! Isso mesmo, galera, os dois! Eu particularmente gosto da leveza do óleo da Bioré, mas não reprovo o óleo da Body Shop, ele tem mais componentes naturais (e se forem orgânicos, ou pelo menos não transgênicos, seria maravilhoso) e remove com sucesso a maquiagem. A escolha entre um e outro realmente vai depender de outros fatores que não a eficácia, porque mostrei que ambos são bons para remoção de make.

Bom, espero que vocês tenham gostado da resenha, e em breve farei outras batalhas por aqui; é que pra mim post de resenha só vale mesmo quando testo os produtos por algum tempo, só assim tenho uma opinião firme a respeito, por isso demoram tanto a sair por aqui pelo blog.

Beijos e excelente restinho de domingo a todos!

Compras no Cosme-de.com, segunda parte

Cosmede

E pra finalizar meu post de compras no Cosme-de.com, conforme o prometido, vou falar um pouco com vocês sobre minhas 4 aquisições daí de cima, lembrando que vocês, leitoras e leitores do blog, têm desconto no site, bastando, para tanto, digitar a palavra “devaneios”, quando da finalização da compra, tá?

Tsubaki Water Mist, damage care, Shiseido: A água Tsubaki é um produto de cabelo da linha Tsubaki, da Shiseido; é um leave-in que promete tratar o cabelo danificado, proteger contra os raios UV, e ainda deixá-lo macio, sem pesar. Li várias resenhas sobre, nenhuma negativa, aliás, todas extremamente positivas, e foi isso que me motivou a comprar o mist. Tá, o preço também convence a gente, me custou uns 30 reais, mas com a alta do dólar deve estar um tico mais caro.

Perfect Oil, Shiseido: O Perfect Oil é o segundo óleo de limpeza preferido das japas, e champion em remoção de resíduos de maquiagem, sem que isso implique em agressão e ressecamento da pele. Para quem limpa a pele pelo método da japa, como eu, é uma dica das boas. Custou uns trinta e pouco reais também.

Máscara de Caviar, My Beauty Diary: Eu tô aloka das máscaras orientais, então, confesso que não comprei porque era de caviar, mas porque era uma máscara oriental, perfeita pra usar semanalmente, logo após a limpeza da pele, e antes de receber os cremes de tratamento. Mas, pra não deixar vocês sem informação alguma, adianto que, como maioria das máscaras do segmento, ela tem na composição diversos produtos naturais, e promete hidratar profundamente, restaurar a pele, e dar um glow incrível. Quanto terminar a minha de vitamina C começo a usá-la, e farei resenha detalhada pra vocês. Custouu 40 reais e vem dez máscaras.

Espuma de limpeza à base de fumaça vulcânica, ésfolio: A espuma de limpeza da ésfolio eu comprei tava na promo por uns 12 reais. Como confio nos produtos de limpeza das orientais, que não são feitos à base de malandragem, digo, lá produto barato não necessariamente indica que o produto é ruim, acabei comprando pra incrementar meu acervo de espumas de limpeza, muito melhores que os sabonetes para limpeza da pele das bandas de cá. Ela promete remover células mortas da pele do rosto e reduzir a oleosidade. Segundo eles, sua pele fica mais suave e com glow. É ideal para todos os tipos de pele. Essa eu vou demorar pra resenhar porque ainda tenho vários produtos na frente, mas prometo que quando eu fizer venho aqui contar, muito embora eu acredite que, pelo preço, vale a pena comprar :)

Bom, fico por aqui com minhas recentes compras na Cosme-de, mas confesso que já tô de carrinho cheio pra próxima compra, que vai incluir um cushion mara da Laneige que tô paquerando por lá. Quando eu comprar, e chegar venho aqui contar tudo pra vocês! Ah, e pra quem quer ir dar uma passeada pelo site, reitero o link AQUI. Vocês vão ficar malucas com a variedade e preço dos produtos por lá!

Método de demaquiar da Clarins: funciona de verdade?
Em: Beleza

Em um post antiguinho já falei pra vocês sobre o trio da Clarins que eu comprei(clica AQUI pra relembrar), e simplesmente amei. No entanto, depois veio toda essa minha vibe double cleansing(porque é a única maneira de remover BB cream da pele de maneira eficaz), e eu acabei esquecendo de explicar por aqui como é fantástico o método de remover maquiagem da Clarins, muito válido para quando a gente usa base no lugar do BB cream.

Porém, hoje me desculpo com vocês mostrando como é bacana a técnica dessa empresa de cosméticos que só tem coisa legal. Consiste em aplicação de um leite de limpeza, em movimentos delicados, seguida de umas pressões feitas com as mãos, por umas 6, 7, vezes, para que o resíduo de maquiagem vá todo embora. O engraçado desse método é que você, após esses paranauês todos, pode apenas passar o tônico, ou seja, nem precisa de água pra dar aquela limpada de misericórdia. Contudo, eu sou incrédula, e como moça latino-americana que sou, descendente de índios, sou fã de lavar a pele, e só então aplico o tônico que, diga-se de passagem, é leve, delicado, cheirosinho, uma maravilha.

Ah, claro que não ia deixar vocês sem “ibagens” desse método. Porque narrar não tem nenhuma graça, tem que ver pra aprender a fazer direitinho. Por isso, separei pra vocês uma demonstração usando água:

Como sei que vocês vão perguntar, eu já tratei de testar o método, e olha, gostei demais, limpou minha pele direitinho. Não sei se funciona com demaquilantes de outras marcas, mas creio que sim, pelo menos com os leites de limpeza deve funcionar. Vale testar e vir contar aqui se deu certo, viu meninas, tô esperando!

PS: esqueci de avisar que vale dar uma conferida no canal da marca no Youtube, tem muita coisa interessante. Lá eles ensinam, por exemplo, a fazer uma autodrenagem, a maneira correta de usar hidratante no corpo, ou demaquiar a área dos olhos. Super vale a pena dar uma passadinha lá, tem muito material mesmo!

Beijos!

Resenha: Kanebo Kracie Naive Olive Cleansing…ufa…Oil!

Eita nome grande!
Como prometido, voltei aqui pra falar um tiquinho sobre o óleo de limpeza da Kanebo, que mencionei em outro post, quando expliquei o que era o tal do double cleansing.

Quando escrevi o post, fiz um breve relato sobre ele sem conhecimento de causa, e hoje, após umas 4, ou 5 semanas de uso contínuo, já possuo uma opinião formada sobre o produto.

O óleo limpeza, de acordo promessa da marca, é direcionado à remoção de maquiagem – inclusive as mais difíceis de remover – e hidratação da pele após limpeza. E cumpre, MESMO!

Utilizei o óleo conforme a técnica double cleansing, e o que tenho notado é que minha pele, mista por excelência, e submetida a um clima muito quente, tem ficado macia, tipo um pêssego, coisa nunca antes vista em toda minha existência! Só que advirto: a limpeza tem que ser feita completa, óleo + espuma de limpeza, e eu acrescentei à noite meus produtos antiidade e de peeling, que revezo.

O interessante desse meu óleo, que possui azeite de oliva em sua composição é que, de início ele tem jeitinho de óleo, e quando a gente borrifa água, ele fica tipo um leite hidratante, só que bem fluido.

E como eu sei que a maquiagem foi removida? Essa matei fácil, depois do óleo e da espuma, passei um algodão com tônico, e ele saiu limpinho, sem nenhum traço de maquiagem ou sujeira, coisa que não acontecia quando eu passava meus demaquilantes “normais”.

Se recomendo? Sim, milhões de vezes, e olha, pelo precinho(uns 18 reais no Ebay) vale a pena comprar nem que seja pra vocês dizerem que não curtiram o produto, o que duvido muito!

Quem já usou chega aqui pra dar seu depoimento, que vai ser muito útil, nossa pele agradece!