Leader, o paraíso da camisas com estampas divertidas(e preço digno)

Quem me conhece sabe que não sou muito adepta de roupas sóbrias; é que o lúdico mexe muito com meu coração, e mesmo em uma profissão que, em tese, exige trajes mais formais, eu gosto de trazer um pouco de originalidade, um tiquinho de diversão, já que a vida não deve ser tão levada a sério, né?
Mais especificamente, como prefiro o combo calça/camisa, tenho um apego a camisas com estampas fofinhas, divertidas; imaginem o quão surpresa – e louca – eu não fiquei quando pisei sábado na Leader, e vi VÁRIAS, eu disse, várias camisas com estampas lindas; queria levar tudo, porque a cada virada que eu dava na loja, achava uma camisa maravilhosa olhando pra mim.
Só pra vocês sentirem o drama, fotografei algumas pra mostrar:

20130424-222431.jpg

Camisa com gaiola de passarinhos – Não sei se vocês se recordam, mas ano  passado a C&A lançou uma com estampa bem parecida, com assinatura da Maria Filó. Só que a da Leader achei bem melhor, já que é de tricoline (e não de tecido sintético), ou seja, tem bastante algodão na composição, e quem vive em clima quente sabe como isso ameniza o calor. Sem falar nesse detalhe de renda perfeito!

20130424-222439.jpg

Camisa com estampa de “mulherzinha”: essa me seduziu pelo estilo, que foge do corte tradicional das camisas, já que tem uma tirinha na cintura(estilo parka), e babadinhos discretos.

20130424-222447.jpg

Camisa com estampa de corujinha “do jeito que você me olha, vai dar namoro”: não resisti por muito tempo olhar essa camisa de corujinhas, e acabei me apaixonando e levando pra casa. Ela é tão linda que até titia – minha controladora oficial de gastos – disse que eu trouxesse pra casa. Vestiu lindamente! Ela é meio cropped, e acinturada, qualquer dia posto um look com ela, ficou o máximo!

20130424-222457.jpg

Camisa com estampa de passarinhos: taí outra camisa que vale a pena comprar! Corte muito bom, detalhes bem acabados, e tava na promo, de setenta reais por quarenta e nove e noventa e nove.

20130424-222503.jpg

Estampa de cachorrinhos: estampa de caninos, quem resistirá? Também em tecido gostoso, essa eu botava no cesto de compras, e tirava, botava e tirava…mas minha fase pré-casório não me permitiu, mas fica a dica pra quem tá podendo disponibilizar reais para compra de peças boas e com preço bom.

Gostaram das minhas andanças  na Leader? Pra quem não curtiu nenhuma dessas estampas, comunico às navegantes que Tia Alice tá com cada uma mais linda que a outra pra fazer camisas no mesmo estilo, qualquer coisa, as clientes pode procurá-la.

A moda também tem seu lado lúdico: estampas divertidas dominam a cena

Vocês já devem ter percebido que eu sou a louca da estampa. Pode ser um gosto meio kitsch, mas o espalhafato da chita, e das estampas tropicais, por exemplo, sempre esteve presente no meu guarda-roupas; estampa tribal também, valendo aqui o relato de um São João em que eu, aos 7 anos, perdi meu conjunto de estampa tribal lindo que titia fez pra mim, porque ficou fedendo a fogueira ad eternum. Foi pro lixo na primeira usada.

E agora sinto que a maré tá pra peixe, é oficial: aberta a temporada de estampas. Elas estão por aí, cada vez mais divertidas (porque a moda, como tudo na vida, nunca deve ser levada tão a sério), autênticas, fofas, lúdicas…tem estampa de baleia + pasley, pássaros(lembram do efeito Miu Miu?), sorvetes, lacinhos, corações, e até mão boba!

Duvidam? Lá vai seleção giga das estampas mais recorrentes. Aproveitem!

O que eu achei mais legal foi a inserção de estampas divertidas em peças mais clássicas, tipo, a blusa com gola-laço, tipo, é um contraste que dá certo.

Ah, nem queria dizer que, de cada grupo desses, tenho uma no estilo. Loucura minha de ir à Cardoso e toda vida voltar com um corte de estampa.

Sonhando com o dia em que se transformarão em peças…

Otimizando, barateando, estilizando…

Acho que Karl Marx bem acertou quando disse que “o homem é produto do meio em que vive”. Cresci entre tecidos, modelos, revistas de moldes, e clientes loucas por peças novas, e isso meio que entrou, por osmose, na minha cabeça.

Ver tecidos me fez querer tecidos, muito embora no momento da compra eu ainda nem tenha decidido o que quero fazer com ele. E foi assim que meu acervinho foi crescendo, e na salinha de titia tenho uma prateleira própria, cobiçada pelas clientes que aqui chegam. As peças só tomam corpo de vez em quando, o que me levou a querer costurar também, e já até dei saída a alguns cortes, uns 6 ou 7, mas a pilha ainda tá grande, bem grande porque, óbvio, sem curso nenhum, ainda tem muita coisa que preciso aprender com calma. Paciência é o segredo, tanto para o aprendizado, quanto para as brechas que titia arranja pra fazer algo pra mim. Sai mais barato, sai mais bonito, e exclusivo.

E hoje vagando pela internet achei uns looks tão legais, que resolvi escolher uns tecidos com a mesma ideia das padronagens mostradas e fazer pra mim. Mesma idéia, e não mesma estampa. Ainda não sei se é definitivo, mas tô super inclinada a usá-los!

Vamos ao primeiro:

Imagem: stockholm streetstyle

Eu simplesmente amei esse vestido. E para fazê-lo, e não ficar quente, escolhi uma estampa igualmente divertidinha, com fundo branco, pra trazer um frescor a esse verão louco que vem que vem que vem com tudo. Borboleta, coração e flor, tudo junto e misturado é muito amor! Adoro!

Imagem: stockholm streetstyle

Esse tecido eu comprei num devaneio meu. Achei a estampa tão plástica, parecendo um quadro de Van Gogh(como esse AQUI), e comprei sem nem passar por minha cabeça o que poderia fazer com ela. Deixei quietinha, e hoje apareceu um emprego massa pra o corte, essa sainha fofa de morrer!

Por fim, vestidos fofos, ah, os vestidos fofos de verão! Tenho duas opções de tecidos para a terceira peça:

Se os modelitos saírem do mundo ideal para o mundo real, faço questão de vir mostrar aqui pra vocês.

Ah, e como eu sei que perguntas surgirão sobre a procedência dos tecidos, digo de antemão que são da Casa Cardoso alguns, e outros da loja Mascate. Não comprei todos de uma vez, por isso alguns podem não ser mais encontrados. Só ter calminha porque sempre chega a estampa de novo, só ficar ligada nas lojas.

E é isso, vou ficando por aqui, e de antemão pergunto: esse post ficou chato, longo, ou vocês gostam de falar sobre essas coisinhas?