O poder das barrinhas de sementes(e a minha preferida)

Certo dia tava de bobeira assistindo ao Sem Censura na TV Cultura(do dia 29/03), e vi uma ginecologista(me parecia bem conceituada) e uma nutricionista falando sobre tpm. A ginecologista disse tanta coisa que a gente é capaz de fazer(ou não fazer, já que é um período de baixa produtividade da mulher) durante a tpm, que fiquei abismada; ela falou que já tratou desde casos mais leves, com sintomas já conhecidos (enxaquecas, seios doloridos), a casos realmente complicados, em que a mulher precisou entrar em medicamentos pesados. Achei engraçado, que ela até falou que nesse período, a distração da mulher é tão grande, que quando ela viaja pra dar palestra, e no avião a comandante do vôo é mulher, ela reza para que a jovem esteja utilizando pílula de uso contínuo, porque né…achei graça, mas depois me preocupei #tenso

Porém, o interessante é que no meio dessa conversa toda, a nutricionista disse que aconselha a suas pacientes a consumir nesse período sementes, sugerindo que as mulheres levem em saquinhos, para comer ao longo do dia, um mix de sementes de girassol, nozes, passas, castanha-do-pará, e por aí vai.

E isso tem fundamento? Tem, sim. Além de aliviar os efeitos da TPM pela alta sinergia entre os minerais(ferro, zinco, potássio) o mix de sementes, é excelente fonte de vitaminas, e possuem doses relevantes de fibras, proteínas, e gorduras boas, mantendo estável o nível de açúcar no sangue. Ah, e essa mistura do bem também é rica em ácido fólico, se liguem, meninas que querem engravidar. Resultado? A vontade de comer doces na tpm é aliviada,  o organismo recebe uma forte dose de minerais, e de quebra você melhora o colesterol bom, e emagrece!

Como eu sinto que minha tpm não é tão leve quanto eu gostaria, resolvi seguir o conselho das convidadas do Sem Censura, só que no lugar de preparar esse mix em casa (a nutri disse que é possível, a gente pega sementes de girassol e abóbora, por exemplo, põe no forno, e depois tritura com castanhas, ou castanhas-do-pará, e põe em saquinhos na bolsa pra consumir)achei uma solução muito boa: a barrinha de mix de sementes da Agtal:

Essa barrinha é simplesmente uma delícia! Parece chocolate Charge, só que sem o chocolate hahaha! Ela é um mix de amendoim, castanha de caju, amêndoa, sementes de gergelim, girassol, e linhaça. Uma maravilha, porém, alérgicas a qualquer um desses componentes, fiquem longe!

Vamos falar só um pouquinho sobre as coisinhas que compõem o mix:

-AMENDOIM
É rico em minerais como o fósforo, potássio e sódio, além de magnésio(que diminui a irritabilidade, tão típica na tpm), niacina(vitamina B3, que combate cefaléias), proteinas, vitamina E, açúcar e gorduras.
-CASTANHA DE CAJU
Rica em vitaminas do complexo B, que ajudam a manter o metabolismo lá em cima, dando energia, e deixando a gente mais resistente ao stress. A castanha também tem selênio, que contribui para regular a tireoide. É conhecida por conter vitamina E, que evita a deterioração das células.
-AMÊNDOA
As amêndoas possuem proteínas e gorduras boas, numa proporção 20/50. Dentre as gorduras, merece destaque a ômega-6, que aumenta a permeabilidade das células de defesa, melhorando seu funcionamento, e blindando o coração e os pulmões de inúmeras doenças. Fora isso, possui vitamina A, C e as do complexo B, além de minerais como cálcio, potássio, sódio, zinco, fósforo e ferro.
E o que isso faz no organismo da gente? Protege o organismo dos efeitos nocivos da poluição, outras toxinas, combate as rugas, e ainda potencializa o cérebro, auxiliando na capacidade de concentração e memorização.
- GIRASSOL
A semente de girassol, assim como a de gergelim contêm óleos omega 6 , 7 e 9 . É fitoesterol, colaborando na redução da absorção do colesterol, e regula os hormônios sexuais, aliviando os sintomas da TPM por amenizar a queda de estrógeno que ocorre nesta fase.
Ingerir a semente de girassol também ajuda na imunidade.
-GERGELIM
Rico em óleos, minerais e vitaminas do complexo B, ajuda o sistema nervoso a combater o stress.
-LINHACA (SEMENTE DE LINHO)
A linhaça é velha conhecida de guerra! Excelente fonte de ômega 3, é considerada um verdadeiro elixir de saúde, beleza e juventude. A linhaça contribui igualmente para aliviar os sintomas da TPM, e da menopausa, além de prevenir o câncer de mama e de ovário. Possibilita maior incremento progressivo na vitalidade e na energia, melhora o coeficiente metabólico, e ajuda na rápida recuperação dos músculos após a prática de atividade física.
É rica  em fibras, portanto ajuda na digestão e no bom funcionamento do intestino; desintoxica o organismo; evita a retenção de líquidos.
Além de tudo isso, é cheinha de vitamina K, de grande valor nutritivo e curativo, além de evitar as hemorragias. Contém vitamina F, que contribui para blindar o corpo contra doenças da epiderme, espaçando o aparecimento de acnes, rugas, manchas e pele seca, e evita a perda de cabelo. O consumo continuo diminui as condições inflamatórias em geral.
Maravilhoso né, tudo junto e misturado!
Como não é tão barato (aproximadamente R$ 3,00) tenho consumido o mix uma semana antes da tpm dia sim, dia não, e pode ser loucura minha, mas tenho notado melhor nos sintomas da tpm, sinto que não fico mais agoniada, nem agressiva feito bicho, e nem com vontade de devorar uma caixa de Bis inteira de uma lapada só. Curti, e vou ficar mantendo a rotina, porque em time que tá ganhando não se mexe.

Bom, falei demais por hoje,e pra quem se interessar pelas barrinhas, comprei a minha na Le Biscuit, e quando vou no Leve Gourmet, compro por lá.

Amostrinha: Dream Bouncy Blush, Maybelline

E vamos começar a temporada de amostras – e testes – de produtinhos novos! Sério, tô querendo compartilhar com vocês tanta coisa, que nem sabia por onde começar… mas a diva Marina, do blog 2beauty, parafraseando o maquiador Sadi Consati, soltou certa vez uma frase mais ou menos assim: uma mulher sem blush é uma mulher com cara de pobre. Logo, vamos começar com blush, e ficar com cara de rhycass usando o Dream bouncy, da Maybelline.

Segundo descrição da própria fabricante, o Dream bouncy é um blush que é “leve como um pó, e fixa como creme”. Tem uma textura bem inovadora, eu pelo menos nunca tive nada parecido. Ele parece rígido, mas quando a gente toca no produto, sente um quê de mousse no ar, bem interessante mesmo. E não, não é igual ao Dream Matte, eu tenho e constatei algumas dessemelhanças entre os dois.

A minha cor escolhida foi o Rose Petal, um rosinha clarinho. Eu esperava que ele fosse mais pigmentado, mas não fiquei decepcionada, já que esse rosinha vai servir bastante pra dar uma iluminada no rosto, ou mesmo, se reaplicado algumas vezes, dar um arzinho de saúde, um coradinho discreto.

Pra aplicar, o segredo é simples: pressione o potinho com o polegar, e aplique no rosto também dando umas apertadinhas(com o polegar na vertical, seguindo o desenho das maçãs do rosto), para que a cor “pertença ao rosto”. Tá muito discreto? Reaplique. A ideia do dream bouncy, pelo que vi, é dar um ar de saúde mesmo, nada muito marcante. E bem por isso aconselho para o dia-a-dia, é o verdadeiro blush “pra bater”.

O que eu achei mais legal no Dbb é que ele não fica gosmento, e isso, pra minha pele mista + sol de Natal, já é bastante positivo. Queria todas as cores!

Se eu fosse dar uma nota a ele? 8,5 com certeza, porque tiraria um ponto pela pigmentação, que pede novas aplicações, e meio ponto por não vender no Brasil (eu vi pra vender por aproximadamente três dólares no Ebay, gente, fica a dica!). E eu ainda tiro com pena esses pontos, porque achei o Dbb cheio de possibilidades e usos, como por exemplo, usar como base para um blush em pó, ou ainda como iluminador.

Sonzinho dos bons: Gotye

Estava eu escutando a minha rádio online preferida, a francesa Chérie FM, quando, de repente, escuto uma música com uma atmosfera que em nada se parecia com os enlatados norteamericanos, e corro pra ver quem é. Infelizmente, a rádio não diz as músicas que tão tocando, mas meu estagiário assim que escutou me revelou que a música em questão era “somebody I used to know”, do Gotye, artista belga-australiano. Pronto, nascia mas um som bacana pra eu ouvir:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=8UVNT4wvIGY[/youtube]

Gotye é multi-instrumentista, tipo um Lenny Kravitz da Austrália: toca, canta e compõe suas próprias músicas. Além disso, divide sua carreira solo com períodos em sua banda, The Basics. Já ganhou algumas premiações, e até versão cover do Glee, que ficou muito perfeita na voz desse boyzinho que eu adoro!

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=0cay2dnuhcs[/youtube]

Nasce um novo vício musical.

“Tunando” a acetona

A dica de hoje é rápida, e perfeita pra extirpar das nossas unhas aquele esbranquiçado feio, e o aspecto ressecado que a acetona deixa, quando a gente tem que usá-la pra dar uma limpada básica no esmalte descascado que restou: trata-se da acetona “tunada”, coisa que aprendi catucando nos blogs especializados em unhas.

Mas, o que danado é isso? Acetona “tunada”? Endoidou, foi, Rose?

Calma, calma, calma…deixa eu mostrar a dupla imbatível antes de explicar:

Muitas de vocês já devem ter conhecido aqueles lencinhos removedores de esmalte, que são massa pra levar na bolsa, né?

Geralmente, os lencinhos são elaborados a partir de um composto oleoso, e outro da família do álcool. Às vezes, um aroma é adicionado. E essa ideia que a gente traz para “tunar” a acetona(que tem álcool em sua composição: misturá-la a 1/5 de glicerina(o equivalente a uma tampinha do próprio frasco do produto). O resultado? A remoção do esmalte é feita do mesmo jeito de um lencinho daqueles. MARAVILHOSO!

Isto se dá em virtude das principais propriedades da glicerina: ela é emoliente(amolece o esmalte, e evita o ressecamento), demulcente(abranda o efeito da acetona), umectante(mantém a pele umedecida, e facilita a remoção do esmalte), e hidratante, quer dizer, só coisa boa, não tem razão pra não tentar em casa.

Por isso, pra quem ficou tentada a testar a combinação, convém dizer que a gente encontra glicerina em qualquer farmácia, por no máximo R$3,00, um vidrinho de 100ml. E no lugar da acetona pode ser usado o removedor de esmalte, tem problema nenhum.

Só faço mais um pedido: quem testou me conta nos comments a experiência, ok? :)

Cartas a uma jovem costureira, p. 2: a escolha da máquina de costura.

Quando em tava em viagem, vi esse quadro no Museu Nacional de Belas Artes, e me lembrei demais de minha infância, minha adolescência, e do agora, de minha fase adulta. Sempre assim: Tia Alice costurando e eu no pé dela, ora provando, ora ajudando a escolher modelos, tecidos, ora pedindo pra fazer algum modelo pra mim. Sempre fomos uma equipe, desde meus 6, 7 anos vivo pelo ateliê dela, é a primeira coisa que faço ao acordar. Corro até lá, reviro os mesmos tecidos, dou bom dia, combino algum modelo de cliente, e saio pra vida. É o meu templo, sem dúvida.

E hoje, dando continuidade ao “Cartas a uma Jovem Costureira” vamos conversar um pouco sobre máquinas de costura. Qual a máquina de costura ideal? Qual a de melhor custo benefício? Preciso ter uma máquina industrial?

Todas estas dúvidas tentarei tirar para vocês, pois apesar de somente atualmente ter me aventurado no mundo da costura, faz tempo que conheço a área, porque respiro moda artesanal por todos os meus poros, desde o nascimento.

Primeiramente, antes de adquirir sua máquina de costura, você deve ter em mente o que deseja fazer com ela, pequenos ajustes, bordados, confecção de peças para vender, costurar para você mesma, costurar apenas tecidos, malhas, tecidos e malhas…tudo isso é muito importante, porque cada modelo de máquina tem sua particularidade.

Quando manifestei o desejo de ter uma máquina de costura só pra mim, tentei reunir as seguintes características:

- Melhor custo-benefício: ora, costura não é minha profissão; é minha terapia, meu lazer, divertimento. Não preciso de uma máquina industrial. Mas, não quero uma que me limite, que faça poucos pontos, que não faça costura dupla. Quero uma completinha-baratinha, que possua as funções de costura reta, casa de botão, zíper, braço livre pra fazer colarinho, manga, etc…se vier com vários pontos decorativos, melhor!

- Possibilidade de costurar malhas e tecidos: roupas de malha são fáceis de fazer…na máquina overlock. Na máquina de costura normal, tem que trocar agulha, mudar tensão de fio, e outras coisinhas mais. A minha costura malha e tecido. Inclusive minhas primeiras peças foram em malha, e a máquina se saiu bem no teste de desempenho.

- Marca consolidada no mercado: não, não é besteira. Uma máquina de marca sólida tem site, garantia na compra, manual ultraexplicativo de como usar, e peças de reposição fáceis de encontrar.

Bem, depois de muita procura, e de conseguir achar tudo que eu queria num produto só, apresento-lhes meu mimo, essa Elgin Genius J4000, abaixo:

Ela tem 14 pontos e caseador automático, é portátil, possui braço livre para facilitar costuras tubulares, faz costura reta e zig-zag em 4 larguras, invisível, tripla reta, prega zíperes e botões, costura lastex, tem cortador de linha, enchedor de bobina automático, isolador de dentes automático, e regulador do pé calçador. Completinha. Comprei pela internet, e chegou sã e salva!

Ainda tenho algumas dúvidas bobas nela, mas o DVD que vem junto é tão legal, que sempre no surgimento de dúvidas ou chamo titia, ou assisto ao DVD. Por enquanto estamos nos entendendo bem.

Porém, no mercado há muitas máquinas legais. Querem exemplos?

Vamos a três modelos bem conhecidos das costureiras iniciantes:

  • Z22/767  Zig-Zag

Também da Elgin, essa máquina vem com móvel, possui 3 posições de agulha, prega zíper e botões, tem enchedor de bobina automático, e regulador de pressão do pé calcador. Não achei o preço dela, gente, desculpa.

  • Singer Fashion 4205

A Singer Fashion é máquina da nossa querida blogueira Raphaella Avena, do blog Estilo Avena. Certa vez falei no twitter com ela, e ela me disse que atendia bem às necessidades.

A Singer Fashion vem com 5 pontos embutidos, caseador automático de 4 passos(gira-se apenas o seletor, e as casas vão sendo feitas), passagem de linha à prova de erros, bobina Sure Fit(só cabe de uma forma), luz LED staybright, ajuste variável de largura do ponto, alça de transporte, e braço livre. É uma máquina de iniciantes, mas com um leque bem amplo de possibilidades. Custa R$ 479,00.

  • Singer Tradition 2263

A Tradition possui 22 pontos, caseador automático de 4 passos, estrutura de metal (o que garante maior estabilidade durante a costura) braço livre, trabalha com agulha dupla também, possibilita duas posições de agulha, tem passador de linha fácil, cortador de linha na barra do calcador e na tampa lateral, enchedor de bobina automático e compartimento itegrado para acessórios. Uma costureira profissional certamente tem uma dessas em casa. Minha tia tem, e usa para fazer alguns detalhes nas peças costuradas. R$ 649,00.

Bem, essas são as máquinas mais famosas, o top 3 das costureiras iniciantes. O precinho não é tão em conta, mas são boas máquinas, de durabilidade altíssima. Logo, super vale a pena, se você realmente quer se jogar nesse passatempo que é uma delícia!

ATUALIZAÇÃO!!!! 

Devido à demanda de acessos nesse post, resolvi fazer um bom incremento, apresentando a vocês mais algumas máquinas de costura do mercado que podem ser uma boa compra.

Vamos conhecê-las?

  • Singer Facilita 2818

Facilita2818

Eu até tinha feito uma pequena resenha de uma Facilita na parte antiga do post, mas retirei para fazer uma coisa mais detalhada. Afinal, vocês que procuram por esse post desejam mesmo é que a escolha da máquina de costura ideal não dê errado, e por isso, faço o máximo pra trazer muitos detalhes, pra gente não acabar se dando mal na compra.

Bom, a Facilita 2818 é também máquina de uso doméstico, com 18 pontos, e braço livre, possibilitando costura em mangas e barras de calça por exemplo. Possui comprimento e largura ajustável de ponto, e 3 posições da agulha.

Como especificações, posso trazer as segunintes:

- 18 Pontos: Básicos (reto/ziguezague), Essenciais (3 pontinhos/bainha invisível), Flexíveis (para costurar malhas) e Decorativos;

- Casas de botão em 4 passos;

- Chapa isoladora dos dentes para bordados livres e para fixar botões;

- Pontos flexíveis de ajuste, para melhor aparência do ponto.

Ah, e um detalhe: o seu acabamento é do que chamam de alumínio batido, resistente. Quem utiliza essa máquina elogia bastante, principalmente por ser silenciosa, ter pontos firmes, e costurar com louvor tecidos grossos.

Valor aproximado: R$ 699,00.

  • Singer Facilita Super 2868

FacilitaSuper2868

A Facilita Super 2868 também é mega-blaster elogiada. Silenciosa, firme, pontos perfeitos…possui também 18 pontos decorativos, flexíveis e utilitários e caseador de 4 passos, como a Facilita que falei acima. Prega zíperes, pesponta jeans, e faz diversos tipos de acabamento. Quem usa acha muito boa, mesmo.

Dentre suas características, vale citar:

-Pontos decorativos: usados para valorizar as aplicações e os acabamentos;
-Pontos flexíveis: aplicados em malhas e outros tecidos elásticos, que permitem a liberdade de movimento;
-Ponto invisível: conhecido como bainha invisível, é usado para fazer barras ou aplicações;
-Ponto multiziguezague: conhecido como 3 pontinhos, é o acabamento ideal para colocar elásticos em peças de lingerie;
-Caseado 4 passos: faça os 4 lados da casa, girando apenas o seletor;
-Base plana: esta máquina é portátil, entretanto, pode-se costurar sobre uma mesa ou ser embutida no gabinete, vendido separadamente;
-Cortador de linha manual;
-Ponto overloque;
-Regulador da tensão do fio;
-Sistema fácil de passagem de linha;
-Costura com agulha dupla;
-Luz Led: brilho permanente;
-Velocidade: 950 rpm.

Valor: R$ 789,00.

  • Janome 1006

 

Vi vários posts de blogueiras-costureiras gringas falando da Janome, e não poderia deixar de fora dessa atualização alguns exemplares da marca.

A Janome 1006 é uma máquina de costura doméstica, indicada para acabamentos, aplicações, consertos em geral, customizações e o mais legal, promete costurar até 8 CAMADAS DE JEANS. Isso mesmo, gente, 8 camadas de jeans!!! tô chocada, e nem boto tanta fé nisso, afinal, geralmente a costureira iniciante só precisa costurar no máximo duas camadinhas de jeans, e tá tudo certo, já vale a compra da máquina.

Janome1006Como especificação técnica, ela possui:

-Ponto ziguezague

-Pontos para costura reta ao centro e costura reta à esquerda;

-Ponto ziguezague 3 pontinhos

-Permite costuras tubulares (barras de calças, mangas)

-Capacidade para costura pesada (costura até 8 camadas de jeans)

-Capacidade para agulha dupla (costura reta)

-Seletor de escolha do ponto

-Retrocesso de pontos – costura reforçada

-Placa Isoladora de dentes, para cerzido e quilting livre

-Sistema de corte de linha integrado na lateral da máquina

-Estrutura interna de antimônio (material reforçado)

Preço médio: R$ 429,00.

  • Janome 2018DC

 

Janome2018

A Janome 2018 é da linha das eletrônicas, e indicada para acabamentos, aplicações, patchwork, quilting, consertos em geral, customização e criação de peças de roupas. Acho massa essas máquinas eletrônicas e já vi uns vídeos de blogueiras gringas costurando com esse tipo de máquina no Youtube, achei luxo!!

Sobre as caracterísicas dessa Janome em específico, posso dizer que ela tem:

-18 tipos de pontos de costura

-3  modelos de caseado de botão automáticos

-1 ponto de aplique tipo caseadinho para patchwork

-Largura máxima do ponto: 7 mm

-Controle manual e automático de velocidade

-Permite costura com agulha dupla

-Ajuste de comprimento do ponto

-Ajuste de largura do ponto

-Painel LCD para seleção e regulagem de pontos

-Alavanca do calcador com 2 níveis de altura

-Permite costuras tubulares (barras de calças, mangas

-Botão Start/Stop (Iniciar/Parar) para controlar a máquina sem usar o pedal de controle

-Botão para Arremate Automático

-Botão para Retrocesso Automático

-Sensor de caseado de botão

-Enfiador de linha na agulha

-Seletor de regulagem da tensão da linha

-Isolador de dentes

-Enchedor de bobina com sensor

-Lançadeira rotativa

-Sistema de corte de linha integrado

-Estrutura interna de metal reforçado para dar mais estabilidade

Preço médio: R$ 899,00. Excelente custo-benefício!!!

  • Elgin Trendy JX-3013

Elgintrendy3013

A Elgin Trendy também parece boa opção pra turma que quer fazer acabamentos em peças de malha, pois possui uma variedade muito boa de pontos para costura em malha. Dentre as especificações, destaco as seguintes:

-Costura reta e tripla reta;

-Zig-zag triplo reforçado;

-Ponto concha;

-Ponto Overlock I, II e III;

-Costura invisível I e II;

-2 Posições de agulha;

-Porta-Carretel retrátil.

Preço médio: R$ 529,00.

  • Elgin Decora 2080

 

ElginDecora2080

Vendo o vídeo sobre a decora no próprio site da Elgin, achei a Decora JX- 2080 uma máquina bastante interessante: pontos legais, dá pra fazer acabamento de peças moda praia (se costura lycra deve costurar com louvor malhas em geral), e se saiu bem costurando tecidos grossos (as amostras do vídeo parecem ter sido feitas em um tecido grosso, uma sarja, por exemplo). Confrontando a Decora com minha Elgin JX 4000, a minha se saiu melhor, mas, ainda assim deixo a dica pra quem quer começar no mundo da costura.

Suas especificações são as seguintes:

- Braço-Livre;

- Caixa de bobina e lançadeira em aço;

- Caseado automático;

- Troca rápida de sapata;

- Zig Zag (2 larguras);

- Zig Zag especial para bordados;

- Três pontinhos para lingerie;

- Costura com lastex;

- Costura reta tripla reforçada;

- Overlock simples;

- Prega botões e zíperes;

- Zig Zag triplo reforçado.

Preço: em média R$ 479,00.

E aí, curtiram o incremento do post?

A última dica que dou desse extenso post é: Pesquise, pesquise, pesquise. Não vá comprar logo de cara. Se puder, vá a uma loja de máquinas acompanhada de quem entende e peça dicas, fale de suas necessidades, e certamente a pessoa apontará a máquina certa pra você.

Tudo dando certo, compre sua maquininha do coração, e se jogue nas artimanhas com ela!

Páginas123456