Diane Kruger, a rainha do Festival de Cannes 2012

Ok, eu bem que poderia fazer aquele resumão dos looks de Cannes, mas optei (até pra não cansar vocês com posts gigantescos) por eleger aquela que, na minha opinião, se destacou, não só por seu acessório mais poderoso (Joshua Jackson), mas pelo que andou vestindo: Diane Kruger.

Na verdade Diane quase nunca me desagradou nos red carpets. De cabelo e maquiagem impecáveis, ela sempre seguiu seu estilo próprio nos tapetões, ousando na medida certa aqui, e acolá.

Pra começar, ela já aterrissou na França assim, toda diva de macacão, e chapéu…

E foi seguindo cada vez mais linda. Reparem nesse vestido vaporoso turquesa, maravilhoso, e no dourado rosé logo em seguida:

Eu acho Diane bem clássica, acho que a stylist dela olha muito pra trás e busca referências das décadas mais legais da história da moda.

Quando vejo algumas de suas composições, ora me lembro da Rita Hayworth, ora lembro da Audrey. Reparem nessa saia armadinha, bem ladylike:

A verdade mesmo é que essa galega arrasou em Cannes, deixou a cara das francesas nachón. Até usando o difícil combo transparência + renda, fechou de chave e cadeado:

E no encerramento do Festival? A personagem Scarlett O’hara perde pra esse vestido Dior que ela usou com um volume imenso, mas que não ficou feio, nem chato, nem destoante. Pelo contrário, arrancou suspiros. O updo? Apenas rabo de cavalo, nada mais.

O make também tava divino. ÓBVIO que vou deixar aqui no blog pra depois dar uma tentada em casa:

MAAAAAAAAAAAAAAAS, o look mais bacana que Diane Kruger vestiu foi esse vestidinho borgonha da imagem abaixo. Digo isso somente porque é bem realidade, acho que dá pra tentar fazer com um pouquinho de paciência.

Lembro que uma vez fiz um top bem parecido com esse do vestido da Diane. Peguei uma camiseta minha do Bob Espojna e Patrick que eu tinha, meti ilhoses e passei uma fita hahahahahha!

Sorry aê Brangelina, mas esse ano Cannes foi do casal Josiane (Joshua com Diane) :)

Penteados para cabelo rápidos e fáceis: tranças e rolinhos estão em alta!

Me digam sinceramente: quem não tá amando esse turbilhão de penteados possíveis de fazer em casa nos red carpets e desfiles de vida?

Eu, como boa curiosa de assuntos capilares, acho o máximo, e todo dia invento algo diferente pra fazer nos pixetes. E quando vi as tranças e rolinhos que andam fazendo a cabeça das meninas mais descoladas ao redor do mundo pirei total…cada coisa linda!

Pra começar, separei alguns penteados de passarela; lá, as tranças românticas, estilo camponesa, os coques e rolinhos(aqueles enroladinhos que a gente achava super liiieeendo fazer nos anos oitenta, não que eu tenha nascido nesse tempo, sou da geração High 5 e Angelina Bailarina, tá?) reinaram soberanos em muitos desfiles, valendo citar Valentino, YSL, e Phillip Lim.

Longe da monotonia, fica difícil achar alguma celeb com um mesmo tipo de trança.

Esse tipo de penteado vem se reinventando,  e quebrando a cabeça dos hairstylists, que bolam essas preciosidades pra gente imitar em casa…vão dizer que não tão com vontade de sair por aí com a trancinha da Blake, ou da Jessica Stam(que deu o truque só na franja)?

E nem pensem que acabou não…separei mais algumas imagens, porque não podia deixar de mostrar nossa musa dos updos, Diane Kruger, e nem essa trança lateral fechação/curtição da Liv Tyler, né?

A gente te ama também, Uma! Sua trança(primeira imagem do grupo abaixo) desconstruída tá leeenda!

Rápido, prático e eficiente!

L.O.V.E : Diane Kruger e Joshua Jackson

…porque o amor sempre esteve – e sempre estará – na moda!

Lindos!

Imagem: reprodução

Segurando os calçados coloridos até 2012!

Pois é, pois é, pois é, meninas, podem manter, ou adquirir nas liquidas da vida seus calçadinhos coloridos, porque eles permanecem firmes e fortes por pelo menos até o verão de 2012.

Explico: para a próxima primavera/verão lá fora os olhares se voltam para os pés, e a temporada sequer começou por lá; logo, a conclusão lógica a que se chega é a de que tanto usaremos em breve (e mesmo no inverno’?’) os sapatos coloridos(porque a gente vai assimilando a moda de lá), como manteremos, firmemente, a tendência para a próxima temporada de calor ardente, ou seja 2012!

Duvidam? Olha o espectro que ronda a Europa…o espectro Disco de Newton!

Ai como amei de corpo, alma, e coração o Louboutin Studded! E que dizer do verdinho Miu Miu?! Luxo, poder e sedução!

Agora a nós(que não somos bestas nem nada) cabe correr pras liquidações e adquirir nosso sapateeenho colorido(ou shock shoes, como tão chamando a febre lá fora), pra fazer a diferença num visual todo nude, preto, ou qualquer outro básico, onde o calçado deve ser o centro das atenções!

Dicas? Yes, nós temos!

Digo logo que a sapatólatra aqui tá numa vibe coral e arrematou aquela open boot da Couro e Cia, que é morta de leeeeeeeeeeeeeenda e confortável!

Que é que tão esperando aí? Corram!

Rapidinhas de estilo da semana: AnnaLynne, Diane e Kristen

Gente tô esgotada.

Poréeeeeeeeeeeeeeeem, pra não deixar vocês desconsoladas, separei três looks usados nessa semana que me chamaram a atenção.

O primeiro é o da AnnaLynne McCord, principalmente porque eu achei um look clássico e com cara de mulher alfa, sabe, poderosa, do tipo, sou rhyca e boto pra lascar em todo mundo?  Blazer estruturado, camisa branca, e calça preta de corte impecável – é essa a mistura que toda mulher classuda que se preze deve fazer pelo menos uma vez na vida!

Gostei do toque fashionista do pump rosa! Quebrou a sobriedade da composição.

E como sei que vocês adoram ver o make, separei o dela, porque é um discreto que chama a atenção:

Se vocês quiserem, faço tuto dessa maquiagem, tá? Só pedir nos comments!

Já a segunda mocinha que hoje nos serve de inspiração fez meu coração saltitar, e chorar glitter: nada mais lindo que o minimalista vestido Calvin Klein da Shoshana Diane Kruger. Já o escolhi para ser o traje do Natal!

Só não gostei do solado do pé dela…tá preto, e grosso! Vá ajeitar isso, mulher!

O  terceiro traje que me chamou a atenção é da docinho-de-jiló Kristen Stewart.(puro despeito meu porque Jacob só quer ela! haha)

Pena que ela pode estar de Valentino(e está de fato), mas sempre me parece que tá de moletom da Hollister.

Sinto mesmo, porque o vestido é realmente lindo, e sei que muitas meninas adotarão o estilo nos próximos dias, principalmente porque a tendência rendista tá que tá!

Isso é jeito de se posar pra uma foto? Com uma perna torta? Aham, Kristen, senta lá!

E vá arrumar um sapato que fique certo no seu pé que esse tá folgado, igual a um rosa chiclete que eu tenho!

NYFW, ss 2011, parte 2, a missão

Voltei!!!! E como o prometido  e desprometido mil vezes, finalmente vamos resenhar sobre a parte 2 da semana de moda em NY, mostrando que passou de legal por lá.

Preparadas?

De La Renta

Tem como não gostar da coleção de Oscar de La Renta? Mostrando que a onda cinqüentinha permanece, a grife mostrou muita cintura marcada, cardigãs, e saias-lápis na passarela.

Sem falar que teve muito rosa, nude, e o clássico duo preto-e-branco.

Sobre os vestidos de festa, ah os vestidos de festa! Aposto que não vai demorar para uma celeb usar um dos modelos abaixo, PRINCIPALMENTE, os de um ombro só, e o tomara-que-caia com rosas(a cara da riqueza da Grace Kelly né?)

Diane Von Furstenberg

A diva que mudou a vida das mulheres práticas com seu wrap dress exibiu uma coleção fluida, e funcional, como sempre.

Os destaques dessa vez ficaram por conta das estampas de ondinhas, de quebra-cabeça(fofo!), do capuz, e da cor azul turquesa, que em vários modelitos fez par com o marrom.(combinação super harmônica)

Diane prestigiou estampas óticas bem sessentinha, e não houve um modelo que não fosse estampado.

As peças? Macaquinhos(com modelagem emprestada do wrap dress), macacões, calças molengas e shortinhos mostraram uma coleção bem mais destinada ao verão dos trópicos que qualquer outro desfile.

Ah, e ia me esquecendo: é claro que DVF jogou sua primadona na passarela. O wrap dress apareceu novamente, mas eu esqueci de colar a foto pra vocês. My Fault, my fault…

A cara do verão brasileiro, né não?

DKNY

Já Donna Karan apresentou uma coleção que deu vontade de carregar tudo pra casa e começar a usar djá!

Coleção fluida, com muitos, mas muitos, babados, ornaram os vestidinhos curtinhos e camisas, que vieram em cores vibrantes, e fizeram par com cores neutras, como não poderia deixar de ser.

Agora, a peça que mais me agradou foi a saia cáqui; parecia aqueles enfeitinhos de artesanato (principalmente potiguar) que são feitos com um tecido sobrepondo aos outros, de maneira que fica em forma de flor, sabem? Uma peça original, que não precisa de nada além de uma basiquinha e um sapato bapho!

As cores? Como disse, cores vibrantes, e os clássicos preto, branco e cáqui.

Se jogam or not?

Herver Leger by Max Aria

Quando se fala em HL o que vem à cabeça?  BANDAGE DRESS, óbvio!

Mas ele apareceu tão, mas tão diferente que não reconheci. Tanto em textura quanto em forma, os vestidos Herve vieram um pouco menos piriguetxy, e teve até vestido estruturado com babadinhos! Choquei!

Quem te viu quem te vê!

Jason Wu

Jason Wu, pra mim, arrasa. E, apesar de ter dito que a primavera é uma estação perigosa, em termos de criação, ele resolveu investir em modelitos que realçavam a sensualidade feminina.

O stylist apostou no estilo ladylike(novidade nesta estação! ó!!), e tendo como inspiração a artista tupiniquim Beatriz Milhazes, desfilou uma coleção repleta de transparências, saias ajustadas, e pantalonas e jaquetas, why not? O hi-lo é sempre preciso, pra não se tornar um clichê.

E os acessórios, ah os acessórios, eram carteiras de mão, sapatos cinqüentinha, e óculos retrô, estilo gatinho. Já quero tudo!

Reparem no turbante, bem Carrie!

Marc by marc

A Marc by Marc é a seção prática de Marc Jacobs. As coleções são pra rua mesmo, pras guéls usarem no dia-a-dia!

Nesta estação, MJ se afastou um pouco do estilo militar, e chega junto numa coleção bem prainha.

Criações cheias de frescor e cores fluo enfeitaram as passarelas, que mais parecia uma reunião em plenos anos 70, que um desfile em pleno 2010, expondo a coleção de 2011.

Marc levou para a coleção o estilo new sport, silhueta ladylike, roupitchas bem girlie e cheias de frescor, e cabelitos bem à la “Malandrinha”.

Bapho!

Marchesa

Taí uma palavrinha mágica que arrebanha milhares de celebs: Marchesa!

Sou suspeitíssima pra falar da marca, porque pra mim cada mergulho é um flash!

Rosa seco e preto imperaram na passarela, ornando vestidos que pareciam origamis, cheios de dobraduras. Sem falar no vestido de caudinha, que já andava bombando por aí com Blake e Jessica Alba(falei no blog!)

Leeendo!

Max Aria

Max Aria desenha pra sua marca própria e pra HL, mas nem aguardem uma coisa Herve na grife própria de MA, que não tem!

Claro que por ser coleção de primavera verão os curtinhos reinaram soberados, em formas leves, com balanço, e em cores ora beem chamativas, ora clássicas, coisa bem oposta mesmo.

Muto tomara-que-caia, rendinhas, vestidos de um só ombro dominaram as passarelas. Confesso que pus a mão na boca pra bocejar porque tava tudo muito igual, mesmo modelo, apenas em várias cores.

Confiram com seus próprios olhos!

Então é isso queridetxes, vamos agora nos preparar para a terceira e última parte, e que o Senhor do Tempo me ajude pra eu colocar as novidades das outras passarelas(Paris, Londres e Milão pra vocês)

Páginas12