Devaneios Fashion » dia
In this blue shade, my tears dry on their own…

O look de hoje, na verdade, foi de anteontem, e é um singela, pequena, mínima, homenagem a uma das maiores divas do soul, e do jazz: Amy Winehouse.

Quem acompanhou meu twitter viu, à exaustão, minhas declarações sobre o assunto, e longe de ser chata passo direto às imagens, dizendo apenas uma coisa: era gênia, e não era desse mundo; pra ela o simples ato de viver doía.

Camiseta, saia de paetê, e poucos acessórios me ajudaram a compor um visual simples, porém com alguns pontos de atenção. A estética retrô ficou por conta do make, e do beehive(colméia, em inglês), que não sei como consegui fazer sem bumpits, acho que foi a água de Currais que é meio estranha.

Detalhes? Todos aqui:

Tee-shirt e saia: Marisa

Corrente: presente da amiga Tati

Pulseira: Riachuelo, super antiga

Sandálias: Arezzo

Relógio – Casio vintage

E um beijo pra Diva de estilo anacrônico, onde quer que ela esteja…R.I.P Amy Winehouse


Lazy Sunday + Clipe fofo

Hallo!!!

Hoje é dia de preguiça, muita preguiça…domingão nunca traz muita atividade nem gasto de fosfato, né? Pois a montação de hoje é assim, simples, leve, como um domingo tem que ser:

Esse shortinho Gisele para C&A é uma peça minha do tipo “Chico tira, Mané veste” minha. Além disso, combina com quase tudo, e o melhor, é soltinha, não sufoca a gente. Gosto dela bastante!

Incrível como mesmo com roupas simples sou traveca, a fechação em pessoa, que dó!

Ah, como sei que vocês sempre pedem crédito das peças, coloco, muito embora eu saiba que como essas são antiguinhas, fica difícil achar na loja:

Óculos – Bleu Dame

Blusa – Dellire

Flor – Cynthya do blog Fashionista Up que vende

Short-saia – Gisele para C&A

Pulseiras – Eu que fiz, todas

Sim, e as espadrilles do post merecem um destaque, por serem lindas e confortáveis de viver. São da Asos.

Fiz questão de tirar foto delas em detalhe e ainda dei um efeito vintage que sujou meu pé…ah bexiga!!! Foquem na bichinha, tá, esqueçam minha pata de “Briba”:


E como domingo é dia de fofuras, de sorrir leve, de fazer metáforas gostosas(a sinestésica eu tô hoje) achei um vídeo tão, mas tão cute, que só vocês vendo mesmo. É de uma banda chamada Soulstripper:

Vou lá curtir o dominguetis com o amore fotógrafo que tá ali agoniado na sala esperando eu terminar essa postagem…marido de blogueira sofre!

Montação do dia: esfriou no Nordeste…

…e por isso vou de bota Joelma pra o trabalho! Nooooot!

Quando faz frio no Nordeste me permito ankle boots, ou coturno, no máximo! Mas hoje não foi para tanto, o tricôzinho e a pashmina foram suficientes para encarar a temperatura baixa:

Tricô – Zara

Regata tangerine – Tia Alice

Calça flared – Gisele Bündchen para C&A

Pashmina – Marisa

Óculos – Ray Ban

E os detalhes? A correria pra tirar as fotos só me permitiu mostrar minha bolsa “Céline luggage” inspired Couro e Cia( presente do dia dos namorados atrasado), e as pulseirinhas, todas feitas por mim:

E é isso!

VSMT: Tia Alice, dia 8, super pontual!

Desculpa a rajada de posts, mas não posso deixar atrasar nenhum dia, senão o projeto desanda. Cês me entendem? ;)

Hoje, mais um look despretensioso, até porque não ando elaborada em descanso, paramento em feriadão não é comigo…

A peça Tia Alice da vez foi um coletinho estampado que acho fofo, porque dá uma levantada em qualquer look:

Blusinha Trifil e Shortinho Farm formam o pano de fundo para o coletinho aparecer.

Pulseirinhas feitas por mim e por Titia, Flats Arezzo Lanvin feelings, e colares SDesign. A bolsa é Couro e Cia.

Segue no próximo capítulo…

Em tempo: Parabéns às leitoras pelo dia de hoje!

Eu simplesmente amo esse folheto, intitulado “Rosie, the Riveter”. É antigo, pois simbolizava a mulher da época da segunda guerra, que botou a mão na massa e passou a fazer serviços “masculinos”, em razão de os homens terem partido para o front.

All the day long,
Whether rain or shine
She’s part of the assembly line.
She’s making history,
Working for victory
Rosie the Riveter

Porém, a mesma gravura cabe perfeitamente nos dias de hoje; a independência, a inteligência, a bravura, e a força da mulher têm “contaminado” todos os setores da atualidade, da raiz aos frutos das mais variadas áreas. Habemus “presidenta”, “deputada”, “delegada”, “pedreira”, “engenheira”, “mecânica”…habemus “mães”, “filhas”, “donas-de-casa”, “vaidades”…

E essa é minha pequena e singela homenagem a nós, que podemos mudar o mundo a partir da mudança dos nossos, dos que está pertinho de nós. Parabéns e continuemos lutando, porque sempre, sempre, NÓS PODEMOS!

No contexto, uma música do Dead Fish(amo, amo, amo), que resume tudo isso que eu falei:

Foi difícil entender
Impossível de acreditar
Uma vida devotada
Embasada em sobreviver

Mais que qualquer ideal
Sobressai o teu amor
Não há ruas partidos e regras para te deter
Mais que uma instituição  feita para deformar
Liberdade e emoção me permitiram sonhar

Tu és a vida real
E sempre esteve de pé
Nunca reclamou da batalha que é criar

Sociedade e discriminação
Cabeça erguida a enfrentar
Nenhum patriarcado ou família te fizeram calar

Não há nada a provar
Eu já posso entender
O que pode ser mais rebelde depois de você?

Forte vive e a sorrir
Sua vitória deve insultar a todos que preferem te ver a chorar.
Acredite aprendi demais (aprendi demais)
Seu silêncio constrangedor (constrangedor)
Liberdade é muito mais que palavras a dizer (a dizer)

Gostaria de agradecer
Espero um dia retribuir
Coração do meu céu, por favor, seja feliz!

Agora vem a tua vez!
Usufrua do teu amor,
Sua prole sobreviveu
E só resta agradecer…

São marias, heloisas, severinas,
Bernadetes, rosas, marisas, izauras,
Valescas, elianas e martas,
Mulheres fortes
Que sobreviveram!!!

Da série pais estilosos…

Pai fofo:

Fotos: just jared

Feliz dia dos Pais!

Páginas123