DFTV: Reformando o velho colar de strass

Hoje é dia de vídeo, e daqueles legais. Sabe aquele colar de strass que a gente compra no impulso porque é baratinho, mas quando vai usar fica meio assim, sei lá? Pois é, tinha um assim, e percebi que ia dar mais uso a ele se fizesse uma mini-reforma, usando basicamente, linha para bordar.

É muito fácil, e quem quiser aprender só conferir no vídeo, clicando na imagem abaixo:

[youtube]http://youtu.be/Vf6EpTVedoY[/youtube]

Que tal tentar já no fim de semana dar um up no colarzinho, hein? Quem fizer me linka no Twitter(@devaneios_f) pra eu pôr na página do blog, tá?

Pequenas mudanças, grandes resultados

Não sei se isso acontece a muitas de vocês, mas tem dias em que eu acordo com aquela vontade de dar um ânimo novo a roupas encostadas; muitas delas novas, porém nunca usadas. Às vezes, um simples trocar de botões de uma camisa pode mudar tudo, e de repente, aquela peça que a gente não foi com a cara logo depois que chegou com a sacola de compras, vira o item “Chico tira Mané veste do armário”. Ocorre demais comigo isso…

E o post de hoje é pra mostrar pra vocês como a customização, por mais discreta que seja, pode mudar a cara da peça.

Então, separa um tempinho, paciência, tesoura, tachinhas, pinça, e vem comigo conversar um pouco sobre cada modificação que fiz:

Eu tava doida por uma camiseta com a carinha de algum animal: cachorro, tigre, guepardo, leopardo, o que fosse. Achei essa na Riachuelo, mas não curti as tachinhas bronze que vieram nela; sei lá, achei meio morto, meio com cara de peça fraquinha. E o que podia ser feito? Pensei, pensei, e resolvi aplicar por cima essas tachinhas laranja, bem chamativas. Gostei bastante do resultado!

Essa calça, apesar de não estar encostada no guarda-roupas, já que tem uma modelagem muito boa, foi comprada(na seção de pequenos defeitos da Riachuelo) com o propósito de ser customizada, em verdade destruída, desfiada. E ontem chegou o grande dia dela: fiz uns cortes com a tesoura, puxei os fios com a pinça, e pra intensificar o puído, usei aquelas lixas de ferro de pedicure. Creio que depois da primeira lavada na máquina vai ficar ainda mais punk, do jeitinho que eu queria!

Já essa calça preta, que me ganhou pela modelagem e preço muito maravis, tipo uns R$ 39,90, recebeu um tratamento semelhante à camiseta lá de cima: tachinhas nela, só que na lateral da calça. Ficou muito parecida com uma da Zara que vi em blogs por aí (tipo essa DAQUI). Vejam e me digam se não ficou legal?!

E como tachinhas nunca são demais, dei um toque nos shorts de minha amiga GuêGuê, ficou muito fofo!

Mas me contem, andaram customizando alguma coisa esses dias? Quero saber!

Shortinhos de primavera/verão 2013, última parte: técnica tie dye + tachinhas

Finalmente tive tempo de fazer – e editar – o último vídeo dos shortinhos, que é babado!

Muito embora todo mundo já tenha ensinado por aí a técnica tie dye, dip dye, whatever, senti falta de alguns macetes para a durabilidade das peças. Pois bem, esse vídeo traz muitas dicas pra seu shortinho não desbotar, largar muita tinta, etc…espero que gostem, de coração, e se fizerem os shortinhos mostrados ao longo dessa série de 5 vídeos “instagramem” ou me mostrem fotos pelo Twitter pra eu montar um mural bem legal lá na página do blog no Facebook, tá?

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=f6Y6w6Dn5Aw[/youtube]

E aqui, versão do Vimeo pra quem não consegue visualizar no YT:

Ps: tô cheia de ideias para os próximos vídeos, me aguardem que eu venho com a gota hahahaha

DIY em vídeo: shortinhos de primavera/verão, parte 3

Voltei, meu povo, e somente com um diazinho de atraso no vídeo de customização dos shortinhos para o verão.

No vídeo de hoje, a gente vai dar vida nova aos velhos shortinhos jeans, dessa vez aplicando pérolas. Fácil, simples, porém nem tão rápido, mas o resultado é tão massa, que tempo não vai ser problema, nem desculpa aqui.

Simbora?

Aqui, versão youtubeana:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=-lUPaxU78mE[/youtube]

E a versão do Vimeo:

Na próxima semana eu vou fazer mais um shortinho, porém tem uma enquete básica: querem tie-dye, ou com bordados de pedrinhas? Aos comments pra eu contabilizar os votos!

DIY em vídeo: shortinhos de primavera/verão, parte 2

Olha como tô disciplinada, nossa, subindo a segunda parte do vídeo dos shorts no domingo, bem certinho!

E pra começar a semana aprendendo a fazer mais uma coisa legal, o vídeo abaixo ensina a customizar aqueles shortinhos parcialmente  “desbotados”, o chamado efeito ombré, ou acid washed:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=FGw_mWFfTLA&list=UUqTs7_-55ysrsdZno9tUnYg&index=1&feature=plcp[/youtube]

Nem é difícil de fazer, né?

UPDATE: vídeo no Vimeo já disponível abaixo!

E próxima semana me aguardem, o próximo vídeo tá babadeiro!

ps: quem quiser sugerir algum tutorial, fica à vontade nos comentários que eu sempre leio, e anoto as sugestões!

Moda e sustentabilidade: compatibilidade ou linhas paralelas?

Não, esse não é mais um post ecochato. É apenas uma troca de ideias, algumas palavrinhas soltas ao vento, e somente isso.

Talvez para quem sempre teve tudo à mão, fácil, o que escrevo por aqui não faça muito sentido, mas quando a gente não tem todas as vontades satisfeitas, digo, vontades consumísticas, acaba tendo que se virar nos trinta, apelar para a criatividade, e olhem que bacana, de quebra ainda nos inserimos no contexto de um estilo de vida sustentável. A falta de money nos faz ir à batalha, trabalhar o cérebro, e criar.

Ora, se eu não posso comprar um shortinho desbotado de R$ 200,00, vou reaproveitar minha calça jeans velha e customizar, certo? Fez obra em casa, e sobrou porca? Que tal criar uma pulseira? A camiseta ainda dá pro gasto, mas abusou do formato dela? Antes de ir à loja e gastar algumas Dilminhas, será que não dá pra cortar, pôr umas correntes, ou mesmo usar a técnica do dip dye nela? Seu bolso agradece, o planeta agradece, e seu cérebro também.

Apenas a título de ilustração, selecionei umas coisinhas muito legais pinçadas do Pinterest, e que mostram que a inventividade humana não tem limites, além de deixar claro que nunca foi tão na moda reciclar, transformar, adaptar, reinventar, e recriar um guarda-roupas, e acervo de acessórios criativos, deixando de lado essa pasteurização tão chatinha que nos empurram todos os dias na malfadada indústria da moda.

Vale conhecer, e tentar fazer em casa. Eu já fiz várias, aliás, sempre fiz desde menina, é um exercício para minha mente, onde mil ideias passeiam ao mesmo tempo, o tempo todo.

Beijos pra quem engoliu o acento agudo do “e” no também :)

Imagens: reprodução

Batendo a vontade de fazer tudo isso em 3, 2…

Páginas123