Para treinar em casa: equipamentos do Aliexpress

Vocês já devem ter percebido que meu Instagram funciona como um termômetro de posts: quando a repercussão de uma foto é grande por lá, eu acabo transformando em post para falar um pouco mais sobre a imagem, e tal. Essa minha vida corrida não deixa eu postar diariamente, então prefiro jogar por lá que é mais rápido, e caso haja muita dúvida sobre, ou curtidas, detalho por aqui.

Pois bem. Por esses dias postei um vídeo mostrando um agachamento com fitas de resistência, muito usadas na yoga e no pilates, e logo perguntaram onde comprei; falei que comprei no Ali, mas achei muito vago, o Ali é um mundo, a gente passa uma vida pra procurar uma coisa legal, e de um vendedor honesto, então, melhor eu esmiuçar o assunto por aqui, porque ele rende que é uma beleza.

A gente sabe que nos dias de hoje – de vida corrida – nem todo dia dá pra gente bater ponto na academia. Porém, dá pra tirar meia horinha pra praticar exercícios em casa. E não só em casa: com alguns equipamentos portáteis, dá pra levar seu treino na mala, na mochila, ou na bolsa pra fazer em qualquer lugar, lembrando que SEMPRE é bom consultar um profissional da área de educação física, e um médico que te diga a atividade física mais adequada para você.

Como eu sou fã dos treinos de corda (pense num exercício completo), e dos treinos isométricos e funcionais, achei por bem comprar alguns equipamentos pra me ajudar nos treinos em casa, e pra levar nas viagens, sem pesar na mala. Adquiri, assim, uma corda de velocidade, e elásticos de resistência no Aliexpress. Tenho também esteira de yoga, bola de pilates e pesos, mas esses eu uso somente em casa. O preço? minha gente, muito barato! A corda foi uns 13 reais, e os elásticos uns 23 reais, chegaram certinho, de maneira rápida, e foram aprovados!

Então, para ajudar vocês nessas compras fitness, fiz uma seleção de 4 itens(com os respectivos links) que são uma mão na roda para praticar atividades físicas em casa, espero que gostem!

- ELÁSTICOS DE RESISTÊNCIA: com 3 trações diferentes (leve, média e pesada) – Link AQUI (9,99 dólares)

resistanceband2

- FAIXA DE RESISTÊNCIA: Muito boa para alongamentos e treinos isométricos. Link AQUI(5 dólares)

resistanceband

ELÁSTICO FITNESS: esse, como tem puxador, é perfeito pra treinos de braço e costas! Link AQUI(4,85 dólares).

resistband3

TRX: quem pratica TRX sabe como é legal esse equipamento, dá pra fazer variações que trabalham a musculatura do corpo inteiro. Link AQUI(custa uns 26,84 dólares)

TRX

CORDA DE VELOCIDADE: essa corda foi aprovada pelo meu Mestre no muay, disse que era muito boa, bem rápida, e eu tomasse cuidado com as cipoadas que ela dava hahahaha. Link AQUI(custou 5 dólares)

ropespeed

Agora que vocês já têm bons links para comprar equipamentos pra criar empolgação e treinar em casa, chega de preguiça e desculpinhas e vamos nos exercitar! Levar uma vida saudável e evitar sofrer na velhice de males críticos, é o que há!

Beijos!

Quer ficar em forma? Pule corda!

Se tem uma coisa que acelera a perda de peso é o exercício de pular corda. Além de lúdico, a prática(que já ganhou até campeonato lá fora) ainda aumenta a resistência cardiovascular, desenvolve a coordenação, melhora a força das pernas e pés, e emagrece, e muito. Fora que é uma atividade acessível, já que você precisa basicamente de uma corda(que custa entre 5, 7 reais), e um tênis com um sistema de amortecimento bom.

Pra começar, 15 minutinhos diários já fazem uma grande diferença. O legal é montar um programa mensal, sempre acrescendo 5 minutos ao tempo anterior até chegar a 30 minutos diários. Os resultados são incríveis.

Catei pra vocês um programa de 8 semanas pra quem quer começar a mudar seus hábitos(extraído do site IG saúde):

- Primeira semana: caminhada ou bike 3 minutos, corda 2 minutos, até completar 30 minutos.

- Segunda semana: caminhada ou bike 2 minutos, corda 3 minutos, até completar 40 minutos.

- Terceira semana: caminhada ou bike 1 minuto, corda 5 minutos, até completar 30 minutos.

- Quarta semana: caminhada ou bike 2 minutos, corda 8 minutos, até completar 30 minutos.

- Quinta semana: caminhada ou bike 5 minutos, corda 10 minutos, até completar 30 minutos.

- Sexta semana: caminhada ou bike 5 minutos, corda 15 minutos, caminhada ou bike 10 minutos (30 minutos).

- Sétima semana: caminhada ou bike 5 minutos, corda 18 minutos, caminhada ou bike 7 minutos (30 minutos).

- Oitava semana: caminhada ou bike 5 minutos, corda 20 minutos, caminhada ou bike 5 minutos (30 minutos).

Dicas adicionais:

Pratique o exercício pelo menos 3 vezes por semana em dias alternados.

Não esqueça de alongar antes e depois das atividades.

Faça musculação e, se quiser, caminhadas 3 vezes por semana em dias alternados a este treino.

Se você tem algum problema (lesão) nos joelhos ou coluna, evite pular corda.

Faça uma avaliação física antes de iniciar o treino, incluindo teste ergoespirométrico.

Verifique o tamanho da corda ideal para você(até 1,50m de altura 2,45 de corda, depois de 1,50m e menos de 1,80m, corda de 2,65m).

Controle a freqüência cardíaca, mantendo uma média de 65% a 80% da FC máxima (se tiver feito a avaliação e estiver tudo bem com você).

Pule com os dois pés ou alternando os lados.

Como eu faço muay thai, a corda sempre tá por lá, e entra em uma das aulas como parte do circuito. Só que eu acho pouco, e pretendo praticar pelo menos 20 minutos todos os dias, e quem sabe chegar ao nível dessa moça do clipe do Yves Larock(muita pretensão minha, mas deixa eu sonhar, gente!):

Até no clipe a gente vê que a persistência foi o que levou à perfeição. E aí, tamo juntas? Vamos começar?

Quando Prada quer, é Prada que manda?



“- Lucidez. Completa lucidez, meu bem.

-Gostaria de saber o que você quis dizer, Victor.

-Três palavras, minha amiga:Prada, Prada, Prada.”

Bret Easton Ellis

O questionamento veio logo após debates na timeline com leitoras do blog, sobre os “singelos” oxfords que Prada lançou. São esses aqui:

O pior é que algumas celebs(provavelmente ganhando unzinho pra dar um increase nas vendas, e deram de fato) começaram a usar, e a chuva de inspireds começou: lá fora tem na Asos, e agora a Arezzo lançou um bem parecido aqui no Brasil, pra coleção de verão 2012.

Sinceramente? Não uso, não gosto, não incentivo. Pelo simples fato de que não é porque a indústria da moda me empurra, que eu tenho que aceitar sem questionar. É Prada? É, e daí? Se vocês repararem no desfile de primavera/verão da grife, os ares são surreais; as inspirações vão desde o gato Cheshire de Alice(peles listradas), até Sr. Wonka, da Fábrica de Chocolate, com aqueles oclões gigantescos ultrarredondos, passando pelo estilo barroco das armações, etc…e tudo isso funciona demais na passarela, é conceitual.

Desfile é isso mesmo, uma mistura da fantasia com realidade, e cabe a nós – e somente a nós – com nossos cérebros e espelhos filtrarmos o que serve pra usar nas ruas, e o principal, que idéia podemos extrair destes desfiles e combinar com nosso corpinho, que nada tem a ver com o das esquálidas que andam pra lá e pra cá, nas runways mais famosas do universo.

Separei até algumas coisinhas pra mostrar pra vocês como existem coisas que funcionam na vida real, diferentemente daqueles oxfords horrorosos:

Portanto, não adianta forçar a barra. Não interessa se é Prada, nem muito menos se é Riachuelo, não interessa se Ashley Olsen saiu de casa de clogs. Não gosto, não uso.