Testei: Sweet Sweat Workout Enhacer

absweetsweat

 

Eita que hoje vou falar sobre um dos produtos que vocês mais me pediram pra resenhar!! Vamos conversar um pouco sobre o Sweet Sweat Workout Enhacer?

O Sweet Sweat, consoante descrição da marca, é um termogênico em gel, sem contra indicações (exceto quem tem alergia a algo da composição, ou problemas coronarianos, etc…consultem um angiologista, endocrinologista, ou dermato antes de usar) que promete potencializar a queima de calorias nas regiões onde é aplicado, através da vasodilatação. Segundo a marca, deve ser usado de preferência enquanto estamos nos exercitando.

O produto promete ainda:

• Aumentar a circulação na região em que se aplica o produto;

• Deixar a pele mais fina;

• Retirar o excesso de água na região aplicada (aspecto de inchaço);

• Estimular suas glândulas sudoríparas para liberar toxinas acumuladas;

• Ajudar contra lesões.

Muito embora o fabricante fale que ele tem textura em gel, eu acho mais com jeito de creme, um creme leve, mas ainda um creme:

Ssweatzoom

texturasweetsweat

Antes de falar o que penso do produto, importante observar a composição, principalmente porque algum de vocês pode ter reação alérgica a algum deles, mas, pelo que vejo, os ingredientes são tranquilos, basicamente a pasta de petrolato (tipo a da vaselina), e muitos compostos naturais, como óleo de coco, açaí, romã, jojoba, vitamina E. Ou seja, nada pesado:

Ssweatcomposição

Mas essa mistureba funciona? Primeiro, vamos esclarecer: gente, não existe milagre, não existe produto que você passe hoje, e amanhã esteja seca, não tem. Porém, tenho usado o Sweet Sweat há alguns meses (8, 10 meses), e posso dizer que, aliado ao exercício físico, e reeducação alimentar, ele potencializa SIM o metabolismo nas áreas onde é aplicado. Passei minha vida toda tentando resolver a bronca da gordurinha na lateral da cintura (aquela que marca com calça baixa, calcinha, que faz duas cinturas na gente hahaha), e só com esse produto consegui afinar. Ele de fato faz a gente suar muito na região aplicada, e se botar a cinta de neoprene (que eles recomendam que a gente use sempre, mas eu só uso quando faço atividade física em casa) parece que a gente saiu de uma sauna. O produto é punk!

CintaSweetSweat

Portanto, de forma visível, e enquanto consumidora leiga na parte técnica, percebi que o produto funcionou comigo. Da descrição deles, posso apontar com certeza que o Sweet Sweat, em mim: fez suar mais que o normal, reduziu efetivamente medidas, e no dia seguinte ao uso do produto fica parecendo que fiz drenagem, o que me levanta a suspeita de que ele também elimina toxinas da região em que foi aplicado.

Trocando em miúdos: SUPER RECOMENDO!

Agora vem a parte ruim: o preço. O Sweet Sweat no Brasil custa em torno de 200 reais, desse meu, em forma de bastão. Nos EUA, em torno de 33 dólares, uns 90 reais mais barato que aqui. O pote, com maior quantidade que o bastão, custa 49 dólares fora, e deve durar horrores, porque meu bastão tá durando, magina um potão de produto!

Pra quem se interessou e quer adquirir no Brasil, tem o site da marca AQUI, e tem um amigo meu no instagram @mundosuplementtos que vende num preço bem honesto, e entrega no país todo. Lá fora, tem a RICKYSNYC, e a loja da marca, só clicar AQUI pra acessar; vale a pena pedir pra uma amiga trazer, ou se você tiver fora, compre pra não se arrepender!

Bom, dado meu relato sobre o Sweet Sweat quero saber de vocês se já usaram, e sentiram diferença, comentários abertos, valendo!

Beijos,

Rose.

#Projeto2016organizado: Planners

abplanners

2016 já com o primeiro mês terminando, e eu precisava compartilhar por aqui algo que vai ajudar à turma que incluiu dentre as resoluções do ano novo ser mais organizada: o planner, galera, vai mudar a vida de vocês, e como vai!

Eu sempre fui fã de agenda, mas em 2015 minha migs Vanessa me apresentou algo que transformou minha vida, o planner, que posso definir como uma agenda detalhada, já que engloba planejamento semanal, mensal, anual, listas de tarefas a fazer, e até planejamento financeiro, onde podemos anotar gastos e os lucros que a gente teve ao longo do mês.  De fato, é muito útil pra mim, que tenho tdah.

O problema é que no Brasil resolveram cobrar mais de R$150,00 em um planner, não que eu ache absurdo, porque são bem volumosos e elaborados, mas acho um gasto exagerado dentro do contexto econômico em que vivemos. Então, pra quem não quer pagar tão caro por um planner, eu indico o meu, que comprei no Aliexpress (tá na abertura do post, de capinha verde) e é fofinho, prático (porque dá pra levar na bolsa) e o melhor, tem preço amigo, aproximadamente 26 reais! Ele contem planejamento mensal, semanal, campo para lista de afazeres, e no fim tem espaço para notinhas diversas que a gente queira anotar. Pra quem precisa transportar seu planner pra cima e pra baixo, esse é o mais indicado, porque não pesa na bolsa.

plannermens

plannersema

Mas, se você, meu amigo, minha amiga, deseja gastar menos que isso pra ter seu planner, achei um blog maravilhoso, o Que Se Ame, que disponibiliza, mediante apenas uma compartilhada no Twitter ou Face do post dela, folhas em formato PDF de um planner sensacional, completinho, e muito fofo, que a gente pode baixar, e imprimir em papel com gramatura maior pra deixar bem bonitão! Eu fiz o meu, imprimi e encadernei pra deixar em casa na minha mesa do escritório, porque quero programar posts, planejar meu tcc, e organizar refeições, feira, academia, essas coisas nele.

plannerprint

plannermensalprint

plannersemanalprin

planejgastos

E aí, gostaram dos planners? Vamos aos links, né, que é o que realmente interessa!

Bom, para comprar o planner do Aliexpress, só clicar AQUI, e para baixar o planner do blog Que se Ame, só clicar AQUI!

Vou ficando por aqui, amanhã volto com um post modístico, mas quero desejar nesse post, que pra mim realmente abre a temporada de posts 2016, um ano organizado, e cheio de realizações pra todo mundo!

Beijos!

Livros de Colorir, o novo boom entre os adultos

Eu nunca fui de um mundo em preto-e-branco, fato. Me lembro de muito pequena já rabiscando com lápis de cor todas as paredes da casa (e ninguém me bloqueando criativamente por isso), beijando com batom de todas as cores as capas dos discos de titia, e de ter bolsas coloridas e canetinhas das mais diversas cores (lembram daquelas canetas de 20 cores? Eu tinha!). Não sei se era porque meu tdah pedia coisas coloridas, e só assim eu voltava a atenção para elas, ou se era porque eu era mesmo uma menina que curtia um mundo em vários bits.

Apenas para comprovar  o que tô dizendo, vejam alguns rabiscos de cadernos de estudos de francês, e de quando eu estudava pra concurso, tudo de uns 8, 9 anos atrás:

cader

 

Em alguns dos cadernos eu usava giz de cêra, post-its de todas as cores, hidrocor, marca texto de cores diversas, e canetas coloridas. Ao fazer isso, parecia que tanto eu fixava o conteúdo como relaxava a mente ao mesmo tempo, tipo, estudar cansava, mas transcrever conteúdo com esse capricho e essas cores relaxava.

O tempo foi passando, e eu descobri outras atividades para preencher meu dia…porém recentemente descobri os livros interativos, sobre os quais falei pra vocês aqui no blog, e tô adorando. E mal entrei na vibe desses livros, eis que chegam para figurar na minha lista de desejos os livros para colorir, best sellers no mundo inteiro, e esgotados em quase todas as livrarias físicas do Brasil. Os mais famosos? Os de Johanna Basford, autora da Floresta Encantada, e do Jardim Secreto:

johanna

Jardim

Floresta

Comprei os dois títulos semana passada em pré-venda na Saraiva online, mas enquanto tava na especialização dei a dica pra uma amiga, e ela conseguiu encontrar um sobrevivente na Livraria Cultura física. Na parte da tarde eu já tava cobiçando o livro dela, e pedi até pra pintar um pedaço, super ansiosa pra que os meus cheguem rápido!

Florestabook

Sobre a explicação para esse novo vício dos adultos, eu tenho uma resposta muito simples: a atividade lúdica injeta serotonina direto na veia, e o ato de colorir aguça a criatividade, e oxigena o cérebro, através da autorregulação da atenção para a atividade presente…é o que a gente que pratica yoga, busca na meditação, a tal mindfulness. Tipo uma limpeza do nosso “disco rígido” seguido de uma formatada, sabem? Minha vida sempre teve o lado lúdico muito forte (tenho uma parede-lousa em casa, e vários toy arts, e camisetas divertidas, lembram?), então, pra mim, nada de novo no front, meu brainstorm sempre veio do fato de eu pensar fora da caixa, e acho que muitos “adultos”, que pensam como “adultos” encontraram seu “eu” nesse detox analógico, e resolveram trocar o Rivotril, ou Ritalina, por lápis de cor. E eu tô achando o máximo!

Além das ilustras da Johanna, também estão entre os mais vendidos no Amazon os livros da Angie Grace, e a série Color me…que já tem o Color me Calm, e o Color me Happy, dentre outros; tem também livros para colorir mandalas, gatinhos, roupas SteamPunk, Caveiras Mexicanas…O boom de livros assim tá demais, e se vocês quiserem aderir à onda, separei links das principais Livrarias Virtuais pra vocês darem uma olhada nos títulos disponíveis no Brasil (cliquem no nome das livrarias pra irem direto pra página dos livros de colorir: Saraiva, Cultura e Livraria da Folha). Quem quiser títulos gringos e num preço mais em conta, tem o Amazon, que entrega no Brasil, e sem imposto, porque livros não são tributados no Brasil. Clica AQUI pra ver alguns bem legais!

angiebooks

colorme

Tô querendo tipo todos, e vocês?

Bridezilla series: Comprando o sapato do casamento!

absapatowedding

Mais um post Bridezilla, que eu sei que vocês adoram!

Hoje eu vou contar um pouquinho sobre minha saga na compra do sapato do casamento, e como é que a gente faz pra comprá-lo no Aliexpress.

Bom, quando corri atrás do sapato perfeito, já tinha meu vestido encomendado. Na verdade, ele já tinha chegado, inclusive.

Uma opinião bem clara quando iniciei a busca era de que não queria um sapato que eu não usasse mais nunca na minha vida, porque dinheiro é dinheiro, e gastar com um sapato que a gente só vai usar uma vez é desperdício demais. E aí corri pro Pinterest atrás de ideias legais de calçados para noivas: sandálias coloridas, douradas, pumps, sapatos em cetim colorido, com swarovski…tinha muita coisa bacana, que fiz questão de compilar pra colocar aqui pra vocês. Matutei, matutei, e cheguei a uma conclusão: queria de cetim, mas nude, ou salmão clarinho, e queria sapatinho fechado, e não sandália. E aí corri pro Aliexpress pra achar algo legal; noiva sem tempo é assim mesmo, se apega a compras virtuais.

moodboardsapatosnoivas

Pois bem. Achei pumps, de salto médio (conforto é tudo no casório), com um detalhe lindo de lacinho atrás, e nude (na verdade nude pro meu pé, que é rosado). Sobre a numeração, meu número é 34, e na China, pela tabela que eles dão, também é 34. Meu vendedor foi esse DAQUI, e o preço foi, convertendo do dólar, em média uns R$ 140,00 . Fui taxada e paguei mais uns 30 reais de taxa. Porém, valeu a pena, porque o sapato é muito bem feito, bem acabado, e vem bem embalado. É lindo mesmo!

weddingshoes2

A parte triste? Comprei em novembro, com casamento pra janeiro, e não chegou a tempo, por dois motivos básicos: o fato de a compra coincidir com compras virtuais de fim de ano (aliás, nunca comprem nada nesse período, os Correios demoram a entregar, ou perdem, ou extraviam, um caso sério), e ainda o fato de ter sido taxada, o que prolonga ainda mais a entrega, já que a mercadoria entra numa fila para ser confeccionado o documento da Receita. Portanto, a dica que fica é: COMPREM COM BASTANTE ANTECEDÊNCIA, pra não ficarem sem seus sapatinhos!

Mas, como diria Shakespeare(ou Clarice Lispector, que a gente usa quando tem dúvida sobre a autoria de qualquer frase), no fim tudo dá certo, e ser não deu certo, é porque não chegou ao fim. Achei uns dois dias antes do casamento uma sandália linda, prateada, na City Shoes que calçou super bem e ornou com meu vestido como uma luva! Todo mundo amou!

E o que tu fez com os sapatos, Rose, já que não usou no casamento? Eis a grande sacada: como comprei uma cor básica, e tava precisando de um sapatinho de festa,  ele ficou no meu acervo de boa, e outra, vai dar pra usar linda na comemoração das bodas! :)

Portanto, meninas, da narração dessa minha saga, que fiquem algumas lições sobre compras on line, principalmente pras noivas, formandas, e debutantes, que trabalham com datas pré-fixadas, e precisam se programar bem para que não aconteça o que aconteceu comigo. Vale muito a pena, só é preciso trabalhar bem a questão do tempo.

 

Look do Dia direto do Insta: quimono com estampa de coqueiro

Que é que vocês acham de, vez por outra, eu postar um look lá do Instagram por aqui? Vou fazendo essa experiência hoje, porque acho que dinamiza o blog, e ao mesmo tempo deixa ele em sintonia com as outras redes sociais em que posto dicas e looks.

Pois bem.  Escolhi trazer pra cá esse look que usei ontem, um top cropped de cambraia bordada, um shortinho de couro leve da Riachuelo, e esse quimono Tia Alice, que agrega 3 pontos de interessância: estampa de coqueiro, a própria modelagem japonesa do quimono, e as franjas. 3 fontes diferentes que ficaram muito harmônicas!

Eu já tinha falado pra vocês aqui no blog sobre quimono, em 2012, nesse LINK ( aqui é assim, adianto super as tendências rsrs); também falei sobre as estampas de coqueiro, que tão indo pras vitrines agora. Sobre as franjas, eu considero meio que um clássico, nem deveria inseri-las no grupo de tendências, elas são uma paixão minha desde sempre, e atemporais!

Como o quimono tem um ar setentinha, usei com sandálias plataforma. Elas são bem antigas, da Arezzo.

IMG_7551.JPG

Curtiram? Pra quem quiser encomendar o quimono, Tia Alice tá bombando com eles, tem de várias estampas, e custam entre 65 e 75 reais, a depender do tecido e se vai ter franjas ou não. Qualquer dúvida, só mandar email para [email protected]
Beijos!

Comprando o vestido de casamento na China

Abdress

Até que enfim, a série mais esperada de posts do blog (pelo menos é o que pedem pelo Insta) começa agora!

Vou iniciar a categoria Bridezilla com dicas para as noivinhas que querem comprar o vestido de casamento direto da China. Posso falar sobre esse assunto com bastante autoridade porque fiz muita pesquisa de modelo, de qualidade, e me acho na obrigação de passar detalhes, vez que achei bastante lacônicos os posts sobre o assunto em blogs especializados.

Preparadas? Então, senta que lá vem a história.

Primeiramente, ao decidir comprar o vestido de noiva lá do outro lado do mundo, é importante ser maceteada em compras online, e ter inglês afiado; caso contrário, peça a alguma madrinha, ou parente, ou amiga que tenha essas duas aptidões, evitando assim passar por aperreios pré-casamento.

Sobre os sites para a compra do vestido, só indico um: o SUPERBWEDDINGDRESS. A razão? Preço honesto, vendedora atenciosa (a famosa Cady), prazo de confecção e entrega devidamente cumpridos, modelo idêntico ao pedido, acabamento impecável, e tecidos de boa qualidade. Não, não indico Aliexpress, porque os vendedores são variados, e as chances de se decepcionar com uma compra de vestido de casamento lá é grande; mesma coisa digo do Vogue Season, e do Ebay. Fora o Superb, indico com ressalvas o Jasmine´s Bridal Shop(link AQUI)…digo com ressalvas porque não testei, mas ouvi falarem muito bem dessa loja, dizem que produzem réplicas de Vera Wang perfeitas, com um precinho mais salgado que o Superb, mas ainda assim honesto, porque ninguém merece os preços praticados no Brasil dos vestido de noiva, não mesmo.

Enfim, voltemos ao Superb, que tem essa carinha:

SuperB

No site, a gente tem a opção de comprar os modelos que eles disponibilizam por lá(são muitos, pode se preparar para uns 3 dias olhando, olhando de novo, escolhendo, anotando as referências), naquele esquema pôr na sacola (add to chart), tão conhecido das compras online, e ainda pode pedir diretamente por e-mail um modelo que a gente goste, e não esteja lá no mostruário. Fiz dois orçamentos por e-mail com a Cady de uns vestidos que tinha armazenado no PC antes de escolher meu modelo diretamente do site, aquela dúvida que toda noiva tem. Acabei decidindo por um vestido do Superb mesmo, na parte dos vestidos modelo 2014, esse da imagem abaixo:

MODELO

Dica: quando for pedir o modelo, não fiquem mudando o tempo todo, nem perturbando demais a Cady, acho que a gente tem que fazer a encomenda já bem decidida, pra não dar M no final, porque ela pode passar batida em algum e-mail em que vocês tenham acrescentado algum detalhe na encomenda do vestido, por exemplo, acontece. Portanto, tentem ser claras, objetivas, pra não rolar decepção depois, uma vez que essa galera recebe encomenda do mundo TODO, e já acho que eles são bem atenciosos pra o volume de pedidos que recebem diariamente. Vamos ajudá-los a nos ajudar, porque se a gente fica sem o Superb, cabou-se o sonho do vestido bom e barato.

Escolhido o modelo, é feito o orçamento, e ainda é perguntado se você quer com véu e anágua. Como o preço ficou muito bom com mais esses dois itens (uns 870 reais), pedi o pacote completo, e deixei pra decidir se ia usá-los no dia do casamento(e usei). Esse valor incluiu frete também, que é aéreo, via DHL, um modo bem seguro de transporte, e rápido também. Porém, pelo amor de Deus, peçam com antecedência, no mínimo 4 meses antes do casório, por precaução. Eu pedi dois meses antes porque sou segura – e kamikaze – quando se trata de compras internacionais. Sou o macete em pessoa, não façam o que eu faço, só o que eu digo.

Voltando à compra, a negociação foi feita toda por e-mail, e, fechado tudo, Cady mandou um invoice do Paypal com a quantia que eu deveria pagar. Daí, só fiz entrar no meu cadastro do Paypal, fazer o pagamento e pronto, tudo certo para começar a produção. Tão logo pago o vestido, Cady mandou um formulário para preenchimento com minhas medidas; se o pedido tivesse sido pelo site, eu teria à disposição um guiazinho como esse abaixo dizendo as medidas que eu deveria preencher:

como_medir

Após o envio das medidas, o prazo em média para confecção é 20 dias, e para o vestido chegar até você leva no máximo uns 15, lembrando que, como é feito por DHL, aéreo, a gente tem que pagar as taxas no Brasil, porque eles fazem tudo certinho, declarado e tals. Paguei uns 250 reais salvo engano, e esperei eles liberarem meu vestido.

E quando chegou, meninas, foi emoção! Ele vem tão compactado, que a gente não acredita que lá no pacote tenha vestido, anágua de armação, e véu, é uma coisa meio China in Box hahahaha!. Quando abri, e o vestido “pulou” do pacote, fiquei impressionada: tudo impecável, acabamento, tecido, o corset extremamente espartilhado, que só vocês vendo mesmo pra acreditar no que tô dizendo….tirei umas fotos com resolução boa pra mostrar:

dress_details

Se ele se parecia com o modelo escolhido? Vejam com seus próprios olhos:

weddress

Fiquei muito satisfeita, mesmo, principalmente porque não precisei ajustar nada, ele vestiu como uma luva em mim, uma coisa maravilinda de Deus mesmo!

Logo, noivinhas que querem comprar o vestido da China, vão sem medo do Superb, porque eles são super honestos. Caso vocês queiram dar um passeio já pelo site, vou colocar o link logo abaixo, e também o link do meu vestido, para as que curtiram o modelo:

Link para o Superbweddingdresses: clicar AQUI.

Link para o meu vestido no site acima: clicar AQUI.

Agora, está dada a largada para todas as dúvidas de vocês, sinto que esse vai ser o post mais comentado de 2014. Fiquem à vontade para perguntarem o que quiserem!

Páginas12