Pantalona e 6 formas de usá-la com interessância

Se vocês me perguntassem como nasce uma tendência, eu diria que ela nasce da coincidência, tipo, resolvi sair de uma forma de casa e, instintivamente, várias pessoas saíram de forma semelhante. E essas pessoas que saíram parecidas já inspiram tantas outras e aí pronto, habemus tendência.

Digo isso porque reparando no estilo dos frequentadores das Semanas de Moda do hemisfério norte, uma peça, que considero um clássico, de repente massificou: comecei vendo um gato pingado, um dia depois dois, e daí em diante, várias pessoas estavam usando. Sim, a pantalona de uma hora pra outra apareceu nos looks das turmas mais badaladas da moda, o que é um indicativo de que vamos ver bastante também por aqui, muito embora, repito, eu entenda que a pantalona é daquelas peças que a gente deveria usar o ano inteiro, a vida inteira. Amo/sou!

Sobre quem pode usar pantalona, eu digo com precisão: todo mundo! O segredo é dosar a largura da boca, e saber a peça que vai na parte de cima. Como a tarefa de se vestir também é um exercício diário de autoconhecimento, o macete é testar com as mais variadas peças e ver com qual a gente fica melhor. Pra mim, por exemplo, panatalona pede uma blusa cropped, blusa compridinha mesmo só que mais colada, body, ou uma camisa, desde que com esta última peça eu coloque um blazer ou casaqueto por cima, porque tenho a impressão de que a “terceira peça” contribui pra me alongar.

Ah, e sabendo que vamos ouvir falar bastante da pantalona de agora em diante, que tal já ir dando uma olhadela em alguns looks pra ir se inspirando, hein? Fiz uma seleção de seis looks que curti mais. Espero que vocês gostem!

moodpantals

Quem me acompanha no snap (devaneiosf) viu que comprei tecido pra fazer esse conjunto aqui da esquerda, listradinho. Oremos pra titia fazer rápido porque tô numa ansiedade…

Beijos!

It’s all about the jeans (’bout the jeans)

alljeansab

Imagem: reprodução

No post de hoje eu vou passar pra vocês o recado dado pelas passarelas gringas: prepara, que lá vem o jeans!

alljeans5

Impressionante, quase todas as grifes lá de fora apresentaram peças em jeans, nas mais variadas lavagens, com peças ora puxando pro minimalismo, ora o barroco gritando no centro. De bermuda a saia longa (lembram de Neyde no VMA com Justino? Clica AQUI pra relembrar!) em jeans, passando por macacões e camisas oversized, o importante era mostrar que ele tá na área, e não vai adiantar a gente fugir, porque uma peça a gente vai desejar. 2015 vai ser o ano do denim, anotem aí.

alljeans6

Conforme fui dando uma olhadela nos desfiles, percebi que o jeans skinny nosso de cada dia meio que ficou no street style; nas passarelas reinou a calça mais larguinha, bem com jeito das baggies dos anos 90; os vestidos, cheirinho de anos 70; o patchwork, da Neyde com Justino, anos 2000. Tava tudo bem eclético, tranqüilo pra gente escolher com que denim vamos sair em 2015. Amei as lavagens mais claras, e as peças com cortes mais clássicos. A midi de lavagem escura, amor total, até porque já tenho uma faz tempo, e acho um charme, tipo, peça que atravessa os anos, e continua in.

Só pra vocês sentirem o drama, depois de mostrar os looks de passarela, separei uns bem vida real, pra gente ver como dá pra adaptar as loucurinhas desfiladas ao nosso corpo, e estilo.

alljeans1

alljeans2

alljeans4

alljeans3

E aí, se animaram em montar um look todo trabalhado no jeans? Já tô separando minhas pecinhas, jeans + jeans = amor!

As bolsas da coleção Resort 2012 = inspireds surgirão…

…e é bem essa a razão de ser no nosso post, porque tenho certeza que, dentre as carésimas abaixo, surgirão cópias, com valor bem mais acessível, pra gente andar bonitona sem gastar fortunas com bolsa (até mesmo porque a moda tá cada vez mais supersônica – ou sempre foi? – e já, já  elas ficam ultrapassadas, e você lá, com uma peça obsoleta no armário. Ou não, já que no meu caso nunca liguei pra isso mesmo, o legal é botar a caixinha pra funcionar e criar combinações novas, sempre …).

E para facilitar nossa vida, dividi as bolsas em categorias: Animal Print, Naturais, Básicas e Coloridonas.

Só chamo a atenção para as bolsas com inspiração natural, que  ao que me parece, vieram pra ficar(já fiz até um post sobre moda e sustentabilidade), e é uma ótima para nós nordestinas. Longe de parecer clichê, e se sou me perdoem os que não perdoam nunca, sou sincera em dizer que peças artesanais me seduzem bastante, gosto dessa pegada rústica que só nossa região é capaz de fazer tão bem.

Já escolheram a de vocês?

Pra imprimir as fotos e correr para as vitrines de lojas de bolsas brasileñas, nesta temporada de calor que se aproxima…que Nossa Senhora da Bolsinha Baguette nos ajude!

Compritchas + Achado: combo C&A/Marisa

Depois que achei pecinhas maravilhosas e no precinho lá na Marisa, a loja já virou minha entrada obrigatória quando vou ao Shopping.

Dessa vez, em passei por lá e pela C&A, e achei muita coisa legal, pena que não poderei mostrar tudo aqui porque tem outro post meu, no blog La Isla(onde sou colaboradora), mostrando o resto das comprinhas que fiz por lá, cujo tema foi animal print.

Mas, vamos às compras remanescentes?

Atire a primeira pedra que nunca se enfureceu pelo fato de as fast-fashion do Brasil nunca mandarem cardigans pra Natal…eu fui uma delas, e logo que vi esse na C&A, apesar de ser G, tratei de levar, porque ele tem uma manga fofinha, uma coisa meio preppy, o tecido é realmente bom, e nunca se sabe quando ele voltará a ser vendido em terras quentes…

Já essa calça, levei porque é super pra bater; em tom neutro, serve para todas as ocasiões, e passa do chic ao despojado com uma virada na barra. Bom, né?

E essa pashmina, que dá o toque nos dias mais frios em qualquer look que seja caído? Verdadeiro achado, principalmente pelo precinho, amigo de todas nós!

E Radar/Rose, perambulando pela see and ei, achou uma coisinha que pode interessar à muitas das amigas: uma bolsa de couro legítimo, Chloé Marcie inspired…só não lembro o preço, mas ficava entre cem e cento e cinqüenta reais:

So, this is it, babes, espero que tenham gostado!