Adooooro! da semana: Maria Sharapova

Nem é porque ela é uma das tenistas mais feras, e sim porque esse look dela é fofo mesmo!

Sonhando com essa calça rosa pastel…

Variações sobre o mesmo tema: Tia Alice, parte 2

Fui valente, já estou no segundo dia do VSMT especial Tia Alice.

A peça: uma calça cropped, amarrada com um cadarço de cetim(não o de tênis tá?). A história dessa calça é engraçada, porque titia havia feito pra uma cliente dela, mas a jovem era alta, e o cavalo da calça muito curto. Deu pra quem? Pra anã de metro e meio aqui! Lógico que amei!

E o melhor é que quando fui trabalhar um dia assim, as meninas endoidaram e todas compraram calças no estilo, a Tia Alice, claro! Tem garota-propaganda mais eficaz que eu?

Pra compor o look, escolhi uma regatinha simples, peep toes, e a bolsa animal print da C&A, que aliás cabe o mundo dentro dela. Virei fã e tô usando direto!

Colarzinho Sol Bijoux, e os peep toes, Casa com Sapato.

Força que falta muita coisa. Me ajudem, pleeeeeeease!

Dúvida Cruel: o que vestir para ir à Ópera?

E trabalhar com as miguxas(sou emo, tá?) dá nisso, dois materiais para posts no blog. O primeiro deles é na verdade uma indagação, e é urgente, por isso sobe logo hoje. A leitora/amygha Helena me pergunta o que vestir para ir a uma Ópera em Viena, já que ela vai passar o Carnaval por aquelas bandas.

Respiremos fundo, e postemos!

Primeiramente, importante dizer que essa coisa de dresscode em Ópera meio que não tá mais em uso, a não ser que seja realmente uma noite de gala(opening night), e o peçam algo realmente mais formal. Caso contrário, apreciadores- simples-mortais da ópera podem usar muita coisa, desde que não sejam muito chamativas, também para não destoar muito das pessoas que lá estarão. Ou vai querer ir de bermuda e camisa florida, como os americanos nonsense adoram passear? Não dá, né?

Mas, na prática, como fazer? Separei uma peça-chave, e várias coordenações que Helena poderá usar para estar linda e translumbrante na Austria, terra do meu ídolo Brüno!

- Saia: apesar do frio é possível usar saia, basta colocar uma meia bem encorpada que esquente as pernocas! Ankle boots da cor da meia sempre são ideais, porque alongam a silhueta:

- Vestido: adorei as composições de vestido e casaco; essas duas peças formam um combo incrível!

- Calça: eu tô numa vibe calça, não minto nem pra ganhar dinheiro. Acho phyno ir à òpera de calça, a peça é ultracoordenável e confortável!

Como não podia deixar de ser, separei algumas diquinhas rápidas, pras meninas que vão assistir a espetáculos do tipo:

1 – Procure saber o lugar. O que se deve vestir na ópera depende em parte do lugar onde você ira prestigiar o evento. Na Europa, as pessoas costumam se vestir melhor que nos EUA, e a Europa Continental se veste melhor que o Reino Unido. O lugar realmente determina exatamente o quão casual você poderá ir, ou o quão chique você terá que estar.

2 – O Tempo. Algumas pessoas – em especial nós, mulheres – geralmente possuem roupas e jóias que não costumam usar no dia-a-dia, e a ópera é o lugar perfeito pra tirar tudo isso do closet e mandar ver.

3 – Conforto. Não adianta também usar trajes que te causem desconforto. O ideal é casar uma roupitcha legal, que não te incomode, e ainda te dê mobilidade para depois do espetáculo, você poder ir para onde quiser sem ficar incomodado. Praticidade e conforto são a chave do sucesso.

Espero que tenham gostado! Querem tirar dúvidas como Helena fez? Só mandar e-mail para [email protected] Aguardo vocês!

Calça Floral: Get in or Get out?

Hoje vou mostrar pra vocês uma tendência que tenho certeza que não vai agradar a todas: a tal da calça floral.

Digo que não agrada a todas porque tenho certeza que boa parte das meninas acham difícil coordenar essa peça, que tem um alto teor kitsch, e qualquer errinho numa composição com a calça pode ser fatal!

Mas eu sei, que como eu, tem outra parte que vai adorar a tendência. Tratei de comprar a minha na Renner por R$ 59,90, e usei mesmo…tentei uma montação militar floral, bem Geraldo Vandré no meio da guerrilha cantando “Pra não dizer que não falei de flores”…hi-lo total!

Basicamente, o que tenho visto pelo mundo internético, é que há duas facções da calça floral: a da turma skinny, e a da turma semibag/carrot.  Saquem só:

A minha é skinny, tipo essas daí de cima. Notaram que para ornar só peças básicas e nada mais? Quem deve se destacar É A CALÇA. É ela a peça-chave da montação.

A mesma fórmula foi aplicada pelas garotas da calça mais soltinha, ora com modelagem cenoura, ora com modelagem semibag(é a nova!):

Outro truque que as meninas usaram foi dobrar a barra; 80% delas gostaram desse macete.

E agora, depois de todas essas imagens, a pergunta que não quer calar: Vão se render à calça floral, ou vão deixar passar?

*Imagens: Reprodução.

*Edição: Rose Cristina

As Peças-chave do verão!

Eita que o sol tá mais baixo aqui no nordeste…sério, gente, tá queimando muito mesmo!

E como boa natalense, o segredo é usar, elevadas à última potência, as peças-chave do verão, em suas mais diferentes variações, e com imagens – dentre outras fontes – dos tão amados blogs de streetstyle, o Stockholm e o Lookbook. Vamos a elas?

Primeiro, o Blazer. Não aquele da alfaiataria, de cor sóbria. O segredo aqui é usar cores felizes, tecidos mais leves, e corte mais acinturado, afinal, estamos com a feminilidade em alta, e nada melhor que modelar a silhueta, né?

Outro segredo do Blazer é arregaçar as mangas dele. Um truque de styling que vale a pena fazer pra esbanjar modismo por aí.

E a calça, como fica agora no verão? Tecidos que deixam o corpo respirar, surgem as calças soltinhas do corpo(como a saruel e a estilo alfaiataria), mas as coladinhas também ficam. Uma grande novidade é a calça estampada, que me seduziu… correndo pra conseguir uma nessa liquidação pós-festas!

Já as sainhas, que pedem pernocas em ordem, aliviam o calor e deixam a gente mais leve, solta… e tem sainha justa, com babadinhos, evasê e godê, bem ladylike mesmo. E tem a longa, estilo gypset. Um truque pra saia, e que também se aplica aos vestidinhos, é o cinto arrematando o look.

Legal também para exibir as pernocas são os shorts, que vão do modelo alfaiataria ao jeans com a barra cortada. Gosto muito da modelagem saruel, tenho vários inclusive…o ápice do conforto!

E os macaquinhos e macacões? Sentiram falta deles? Pois eles voltam com tudo na estação mais quente do ano, em modelagem alfaiataria, saruel, o que a imaginação mandar. E vão à festa também, já mostrei nesse post AQUI!

Porém, a grande peça-chave do verão, a meu ver, é o vestidinho! Tem coisa mais veranil que sair por aí numa peça fluida floral? Impossível! Abaixo, algumas das modelagens que aparecerão muito por aí:

E aí, meninas, deu pra ter uma noção do que tirar do guarda-roupas pra usar na temporada de calor? Faltou algo?Fiquem à vontade pra comentar, e ahhhhhhhhhhhhh o verão!

Ps: todas as fotos são Reprodução.

Louis Vuitton Cruise 2011

Dois dias atrás foi lançada a coleção Cruise 2011 RTW, da Louis Vuitton. Evento para poucos, mas modelos para muitas. Muita coisa copiável e super feminina, o que implica dizer que o estilo ladylike bateu e ficou mesmo. Ser mulherzinha tá na moda, e continuará imperando por um bom tempo.

Como não quero ficar horas e horas falando pra vocês o que foi desfilado, vou optar por ir direto ao ponto, e mostrar as fotos que descolei para vocês se inspirarem. Prontas?

Falei pra vocês que a calça vem que vem…olhaê como é linda essa da LV! O detalhe também é matador: lencinho que vira cinto. Amo, amo, amo! E teve vestidinho delicado com cinto mais pesado, naquele nosso velho truque do nó, que pelo jeito vai ficar também. Do terceiro look eu descartaria somente o casaco…impossível para os 38 graus de Natal. Porém o shortinho animal print(sou cega mas acho que é) é lindo de viver. Aprovadíssimo!

Nessa segunda leva, nada mais fofo que esse primeiro vestido; nada mais chique que o segundo look, típico das mulheres cosmopolitas; e nada mais legal que essa renda toda “printada” com o símbolo da Louis Vuitton – não que eu goste de sair por aí dizendo o que visto, não somos etiquetas humanas, mas vamos combinar que nem dá pra notar né? De longe, parece apenas uma renda, e só.

Agora, o melhor deixei por último: minha paixão à primeira vista, o look mais bonito do desfile, tipo, na minha humilde opinião é claro!

Fala sério, alguém em sã consciência não gostou do look por inteiro? OMG, como me imagino usando um vestidinho nesse estilo feito por Tia Alice, tão escravizada nestes tempos de festas de fim de ano. Mas serei paciente, e no comecinho do ano vou implorar pra ter um desses…não vou esquecer de cobrar dela, até ela fazer um pra mim.(aloka!)

Entonces, Chicas, que acharam? É chique, porque é Louis Vuitton, mas a ideia desse blog é realista: coloco aqui porque sei que vocês são criativas, e vão copiar o que acharam de bonito. É o que faço: quando não costuro em casa, compro similares em lojas acessíveis. Até mesmo porque o IBGE não mente: a parcela rhyca da população é mínima, mínima. Logo, não dá pra dissimular, rsrsrs.

Páginas12345