Tutorial em vídeo: penteando rápido usando headbands

Mekié, beleza?

Como vocês amaram quando eu postei no Instagram esse penteado, inspirado em um feito pela diva Julia Petit, fiz um vídeo express mostrando como foi minha releitura para esse tuto bem na linha princesa Yasmin.

De antemão, peço desculpas pela iluminação e tosqueira do vídeo, mas ele foi gravado com muito amor e carinho, tá? É tosquinho mas é limpinho, e prometo que os próximo virão bombando, já que ganhei de presente iluminação nova pra penteadeira. Deixa eu ter um tiquinho de tempo, que vou postar vídeos com uma certa habitualidade. :)

Enjoy!

[youtube]http://youtu.be/u7iYxbPfFJs[/youtube]

Cada escova, uma função
Em: Beleza

Feriado acabando, galera voltando da praia, da piscina, eu pergunto: como vão as madeixas? 100%? Acho que não, e é essa a razão desse post subir no domingo: ainda dá tempo de dá um trato nas madeixas até a hora do Fantástico(#aloka), colega!

E para tanto, resolvi falar sobre escovas. Sim, porque hidratação e tratamentos para o cabelo a parte, é importante ter uma escova que atenda a cada situação. Quer escovar alisando? Tem uma escova. Quer modelar? Tem outra. Quer secar mais rápido? Outro modelo. Dar uma massagem no couro cabeludo pra oleosidade ser restaurada? Lá vai outro exemplar. Então, pra galera da hidratação dominical, e da escovada na franja pra ir ao cinema, esse post vai agradar bastante. Simbora?!

Raquete: a primeira escova que escolhi para conversar com vocês é a raquetona, que quase todo mundo tem em casa. Ela é muito boa pra massagear o couro cabeludo (essas bolinhas que ela tem nas pontas têm, dentre outras, essa função), e ajuda quando a ideia é dar uma secada básica no cabelo pra sair, ou preparar para um baby liss. Gosto muito da raquete para dar brilho ao cabelo, faço a Joelma, boto o cabelo pra baixo e escovo, escovo, escovo. Dá volume e brilho.

Toalhinha: Eita que essa é desejo, e já tá na minha listinha pra esmolar pras amigues que vão pra fora trazerem pra mim. A Quickstyle promete acelerar a secagem do cabelón, já que entre as cerdas normais, a gente encontra cerdas de microfibra, que prometem remover 30% do líquido o picumã. É escova raquete, e é toalha ao mesmo tempo.

Oval: a escova oval, que a gente sempre associa à penteadeira chique (não essa minha de madeira, mas aquelas douradas, prateadas, bem vintage) serve apenas e tão somente para pentear os cabelos secos. Nada mais. Essa minha de madeira é boa porque controla o frizz, uniformiza o cabelo, e só.

Madeira: A de madeira é IM-BA-TÍ-VEL pra modelar a franja. É a famosa “cão chupando manga”. Mas não só pra franja. Seguindo a lógica, se ela modela a franja, ela ajuda a modela o cabelo todo. Bom pra quem não curte aquela escova que deixa o cabelo retão, tipo Malu Mader em Top Model (viiiixe!).

Escovinha de madeira: essa foi o achado da minha vida. Tava doida por essa escovinha, depois que vi pelo mundo dos blogs que ela é top entre os cabeleireiros (Proença é um deles). Boa pra acabamento de penteado, já que deixa os fios no lugar(perfeita pra os moicanão de festa que a gente costuma fazer), e para tirar o efeito “cabelo de boneca” do baby liss, dá uma desconstruída massa nos cachos. Quando eu testar mostro pra vocês pelo Instagram da vida.

Metal: tá com pressa pra escovar o cabelo? Escova de metal nele, fia! Agora cuidado, se o secador for muito potente, vai ser um ai! prum lado, dedo queimado pro outro…tem que muita calma nessa hora. O bom mesmo da escova de metal é que ela dá um efeito onduladinho nas pontas do cabelo, substituindo o baby liss naqueles dias de maior preguiça. Os furinhos que ficam entre as cerdas ajudam a secar o fio por dentro e por fora, e bem por isso é a preferida dos salões de beleza: rapidez na secagem, e boa modelagem.Curto muito essa minha escova.

Cerâmica: Pra finalizar, a escova redonda de cerâmica. Segundo a moça que me vendeu essa escova lá no Sacolão, ela é tipo uma chapinha, só que além de modelar, ela seca, e desembaraça o cabelo. Já que a chapinha não é lá tão indicada para o cabelo molhado, acho que essa escova vai me quebrar um galho danado. Pelo menos titia não vai dizer que a casa tá com catinga de pena de galinha queimada, como quando eu passava a prancha no cabelo molhado.

E agora que todo mundo tá sabendo a escova certa pra cada utilidade, reuni umas diquinhas para limpar, e por consequência, conservar nossas escovinhas do corazón (ai como to Frida Kahlo meets Alejandro Sanz hoje!):

- Procure a cada escovação, ou a cada três, retirar os fios que ficam nas escovas, com o cabo do pente fino;

- Semanalmente, lave sua escova mais usada com sabão neutro, água corrente, e uma esponjinha. Se sua escova é de madeira, não tem bronca, elas já vêm de fábrica com tratamento para enfrentar umidade. Digo a mais usada, porque tem umas que podem passar mais de uma semana, aquelas mais encostadinhas, cabe a você avaliar o tempo certinho pra fazer a higienização dessas mais obsoletas;

- Se a parada for séria, ou seja, a escova tá suja ao cubo, bom deixar de molho em água morna e sabão neutro por uns 20, 30 minutos(acrescentar um tiquinho de bicarbonato também é bom). Deixe secar em cima de uma toalhinha, e em local de boa ventilação;

- Atenção! Caso a higienização tenha sido promovida em escova de metal, seque com pano limpo para evitar oxidação;

- E a última: a gente sabe que entre as cerdas a limpeza é bem difícil. Então, a dica aqui é usar cotonete, que consegue se “infiltrar” nessas áreas, ou um chumacinho de algodão.

Bom, agora é a hora que a gente corre pra cuidar do cabelo, pra abalar Bangu na segunda-feira!

Os cortes de ontem, hoje e sempre…

Se eu pudesse perguntar a todas as mulheres do mundo qual seria a maior preocupação de beauté delas, certamente boa parte diria que são os cabelos. Quem tem liso quer cachear, quem tem cacheado quer alisar, todas querem hidratar, e muitas querem cortar…e quando se fala em corte de cabelo, vem a dúvida cruel: que corte escolher?

E vez ou outra a gente vê por aí alguma celebridade com corte de cabelo novo, e nem suspeita que ele nada mais é que uma cópia de algum corte imortalizado por uma diva de tempos idos. Duvidam? Vou prova pra vocês aqui, e agora!

Vem comigo!

Louise Brooks: quem não chocou quando viu a Mayana Moura na novela de Globo com esse cabelo? Pois saibam que foi inspirado no corte da Louise Brooks, a atriz preferida do Charlie Chaplin, diva dos anos 20. E não foi só Mayana que adotou não; Katia Holmes já apareceu por aí como cabelinho no mesmo estilo.

Mia Farrow: o pixie cut, criado por Vidal Sassoon(na imagem tá escrito errado, relevem) para a diva Mia Farrow(que foi ao salão logo após uma discussão com Frank Sinatra) teve um revival recente, através de Emma Watson. Mas antes de Emma, Michelle Williams já tava adotando esse corte.

Audrey Hepburn: linda franja, mas restrita a rostos muito bonitos. Esse só pega bem em quem tem um rosto muito simétrico, como a Audrey Tatou, e a Penélope Cruz. E a própria Audrey, é claro!

Brigitte Bardot: Pra mim Brigittona é referência em tudo: na moda, em matéria de maquiagem, e principalmente quando falamos em cabelo, seja corte, seja em penteados. Diva é diva, não tem como.

Farrah Fawcet: taí um corte de cabelo que eu adoro levar pra o salão. Em camadas, quando se escova fica luxo, poder e sedução. Me lembro muito bem quando Madonna resgatou o estilo da eterna Charlie’s Angel, e eu só queria escovar desse jeito, achava o máximo!

Annie Lennox: se você só lembra da Annie Lennox por causa da música “No more I love You’s” precisa conhecer mais sobre a carreira dessa cantora maravilhosa(e do grupo Eurythmics, do qual fez parte)!

Mas, se não tá muito a fim de conhecer, digo a vocês que seu estilo boyish-descolorido faz a cabeça da Agyness Dein há muito tempo, e não somente dela, porque já vi muita modelo com esse mesmo estilinho da Annie:

Jerry Hall: nem é preciso ir muito longe pra ver quem copia o estilo da Jerry:  sua própria filha,  Georgia-May Jagger. A Jerry tem um cabelo poderosíssimo, pesado, longo, volumoso. Parece uma leoa.

Jane Birkin e Françoise Hardy: e você aí pensando que cabelo “podrinho” e com ombrés é super atual, né? Que nada, Jane e Françoise já usavam faz muito tempo! Reparem na franjinha, marca registrada das duas. Mal de francesa, ser estilosa até quando não se quer ser…

Cortes atemporais, que até hoje fazem a cabeça das mulheres.

Adooooro! da semana: Jennifer Aniston

Jennifer Anistor é hors concours: Sempre linda, mais parece conservada no formol. E seu cabelo é imitado por 10 entre 10 meninas(inclusive euzinha).

Essa semana, J. apareceu com esse vestido lindo de viver para o lançamento do seu perfume(tomara que seja bom, contrariando as estatísticas de que perfume que leva nome de celeb é ruim), e é claro que merece ser o melhor da semana:

Vestido de um ombro só, leve bordado prata e sandália da mesma cor do forro. Impecável!

Make supernatural, e cabelo também. J. Forever Diva!

Tentem isso em casa já!

Ri-Ri, é você?

Venhamos e convenhamos: loucura tem limite!

Mas até que serviu para ela passar sem ser reconhecida no ensaio do Maracatu em Recife!

Ri-Ri, Te dedico!

Fazendo sua cabeça nessa temporada(e na próxima)

Fato. Depois de enfatizar os braços, os fashionistas avisam que agora a moda é cabeça feita. Ou seja, muito broche, tiara, faixa, lenço e headband à vista.

E quem primeiro avisou foi a Rodarte, que em seu desfile exibiu broches de strass bem vintage em cabelos levemente desestruturados. Depois desse sinal, lá vieram as celebs todas tirando do armário da vovó os brochinhos, e os exibindo nos red carpets da vida.

Mas não foi só isso. Com a ênfase dada aos adornos de cabelo, foi preciso adaptar a tendência para o dia-a-dia, porque não dá ficar usando strass direto, né, venhamos e convenhamos. Vieram, assim, as flores, broches bem fofinhos (como esse que Alexa Chung usou, vermelhinho), fitinhas de cetim, headbands, bandeaus, enfim, tudo que chame atenção para essa parte do corpo que  por um tempo foi ignorada pela indústria dos acessórios.

Eu, particularmente tô numa vibe flor-lenço-e-headband. Quero usar direto, principalmente as flores (que comprei a Cynthia, do Fashionista Up); sem dúvida dá um charme a mais a qualquer produção, por mais básica que seja.

Taí uma tendência mais que bem-vinda, não acham, garotas?

Pra quem tá na dúvida em como usar brochinhos, flores e afins, recomendo esse vídeo da Marie Claire gringa, que você confere clicando AQUI!

Páginas1234