Devaneios Fashion » biquíni
Moda Praia 2018: minhas peças preferidas!

Verão na nossa cara, e nós estamos como? Escolhendo o look de praia pra dar close toda hora!

E, dentro dessa escolha de looks closeiros, vou contar pra vocês meu top 3 beachwear, ou seja, os três tipos de peça de praia que mais amo usar. Não, não falo de tendência, e sim do que mais gosto de vestir quando vou à praia ou piscina, principalmente porque acredito que estilo dá de capote em tendência.

Não coloquei o biquíni de lacinho aqui nessa minha seleção porque considero um clássico, e em matéria de bronze é ele que a gente saca da manga pra conquistar aquele bronzeado bem brasileiro. Mas, em matéria de lacrar, amo esse time que montei pra vocês!

1 – Body/Maiô

 mbodysuit

Se teve uma peça que voltou de uns 4 anos pra cá e não saiu mas do nosso guarda-roupa, essa peça se chama body, que vai da cidade à praia sem nenhum problema. Eu tenho coleção de bodies, e para usar na praia escolho aqueles com modelo bem diferente, cheio de cortes, decotes, tirinhas, ou uma estampa mara, bem tumblr. Também adoro aquele estilo Pamela Anderson em Baywatch, bem asa delta, uso pra sair, e uso na praia.

Além do conforto, eu curto o body pela valorizada que ele dá no corpo da gente, modelagem é tudo, e se a gente veste um body/maiô, se olha no espelho, e se sente diva máxima, é ele mesmo que a gente usa!

2 – Hot Pants

Hpants

Os biquínis hot pants (cós mais alto, quase um shortinho só que cavado) também são meus queridinhos, basta ver meu insta, só dá ele! Deu pra perceber que amo conforto, né? Hot pants, além trazerem consigo uma carga pin up indiscutível, proporcionam liberdade no movimento; pra quem surfa, faz stand up, esportes aquáticos em geral, isso é importante, porque ninguém merece estar num stand up por exemplo, e o tempo todo tendo que ajeitar o biquíni porque tá incomodando.

3 – Biqúini com modelagem gringa

modegringa

Me perdoem as amantes do fio dental, mas calcinha maior atrás é tão comfy que eu não resisto, entre biquíni minúsculo e modelagem gringa (aqui no Brasil quando era pequena ouvia o povo chamar de sunkini), eu tô com a modelagem gringa faz tempo (tem até post antigo sobre isso) e não abro. Me acho super estilosa quando uso, geral de fio dental, e eu bem Angel da VS com a bunda (que tenho pouca, aliás) coberta hahahahaha!

Ah, e combinando com a calcinha maior atrás, tô gostando dessa tendência do top ser maior, mais estruturado (estilo halter no mais das vezes), e não o cortininha. Meus biquínis recentes vieram com tops assim, e eu amo, inclusive dá até pra usar na cadjimia.

Bom, essas são minhas três peças de praia prediletas, mas agora quero saber o top de 3 de vocês, me contem que tô curiosa!

assinatura2

Verão 2016: o biquíni que promete ser a sensação no Brasil

abkiini

 

Eu adoro seguir as blogueiras gringas, fato. Ao contrário do Brasil, onde blogueira autêntica é exceção, lá na gringa tem muita inspiração nos blogs, muito texto, muita composição com conteúdo, personalidade, e os looks são looks possíveis, bem “vida real”. E nessas minhas visitas aos blogs lá de fora, percebi que a febre boho continua, também na moda praia. O verão desse ano no Brasil foi dos bodies e biquínis todos em crochê; em 2016, o biquíni com barrados em crochê já dominou lá fora, e promete tomar conta das nossas praias.

Tudo começou quando um turco chamado Kiini, apaixonado pelo trabalho artesanal, resolveu desenvolver uma linha moda praia com uma pegada bem “handmade”, misturando a lycra do biquíni com elásticos coloridos, unidos por pontos em crochê. Caiu no gosto das gringas, virou febre. Estoura a marca Kiini Swimwear.

kiini

 O bacana do trabalho artesanal que não tem como um modelo sair totalmente igual a outro, e olha, amei esses biquínis numa medida…doida por um azul marinho bem colorido!

moodboardkiini

O valor, comprando fora, é salgado, tipo, uns 300 dólares (isso mesmo), MASSS eu selecionei uma lista de lojas brasileiras que já têm o modelo, e entregam no Brasil todo, anotem aí:

- Só Biquínis Moda Praia (link para o Insta da loja AQUI);

- Biquínis Morgana Naciff  by Siss (link para o Insta da loja AQUI;

- Biquínis Rafa Brasil (link para o site da loja AQUI);

- Biquínis Summer (link para o Insta da loja AQUI).

Caso vocês ainda achem o preço das lojas brasileiras salgadinho, que tal pedir àquela tia, ou avó, ou mesmo amiga habilidosa pra fazer pra você num precinho camarada? Vale imprimir as imagens que disponibilizei e mostrar pra elas, quem sabe elas não desenrolam? Corre em lojas especializadas, comprem as linhas, os elásticos, peçam pra uma costureira passar a overloque na lycra dos biquínis e mandem bronca!

 Beijos!

Verãozinho composto, com biquínis grandinhos!

Se tem uma coisa que enche o saco é você estar lá, na praia, e o biquíni ficar entrando, incomodando, ou até mesmo te deixando constrangida…nada de falso puritanismo, mas acho que me revela demais, é um quase “estar nua”. E isso só passa quando coloco uma peça mais composta na parte inferior, tipo um shortinho. Só que isso prejudica o bronze, e esteticamente fica brochante para o boy. Pra quem tá solteira, o risco de permanecer neste estado civil é grande se usar shortinho por cima do biquíni(isto não é praga hahaha!).

Por isso, achei o que poderia ser a solução dos meus problemas. Solução esta já adotada há um bom tempo por Chatolina Carolina Dieckmann: o biquíni grandão na parte de trás, com modelagem americana.

Endoidei por uma peça do tipo desde que vi a Dieckmann com aquele exemplar amarelo marca-texto, e só achei pra vender recentemente, há uns quarenta dias no site da Asos, que tava fazendo uma liquidalouca de biquínis. Daí que comprei três calcinhas, e apenas um top, já que os tops de lá são meio fraquinhos, e aqui é cheio de lojinha que vende avulso. Fotografei dois deles pra vocês sacarem:

O meu número no site da Asos é o UK8 – EU36 – US4, um 38 brasileiro. Ficou meio folgadinho, até porque acho que dei uma estreitada, mas nada tão exagerado, o caimento ficou massa!

A entrega foi relativamente rápida, uns 30, 40 dias, não paguei taxas, e o frete foi grátis. Bom negócio, o que nem sempre acontece com a Asos, conhecida por dar alguns probleminhas nas compras das brasileiras. Por isso não aconselho a vocês se jogarem com tudo na Asos, quando dá bronca, dá bronca mesmo! Vão com calma, comprem pouco,  e de preferência menos de 50 dólares.

Separei alguns modelos da Asos na seção de liquidação. Os  preços variam entre 7 e 18 dólares:

A quem interessar possa, o link pra Asos tá AQUI, lembrando que, se vocês também curtiram o biquinão, e estiverem realmente interessadas em adquirir uns exemplares pra esse verão, podem escolher algumas outras saídas: mandar fazer numa costureira de biquínis, catar no e-bay, ou verificar se a loja de biquínis predileta de vocês tem seção de modelos “para exportação”.

Eu tô felizona com os meus. Alguém mais aí tem algum biquíni com essa modelagem? Curte? Acha feio? Vamos debater aqui nos comments, ora!