#Projeto2016organizado: Planners

abplanners

2016 já com o primeiro mês terminando, e eu precisava compartilhar por aqui algo que vai ajudar à turma que incluiu dentre as resoluções do ano novo ser mais organizada: o planner, galera, vai mudar a vida de vocês, e como vai!

Eu sempre fui fã de agenda, mas em 2015 minha migs Vanessa me apresentou algo que transformou minha vida, o planner, que posso definir como uma agenda detalhada, já que engloba planejamento semanal, mensal, anual, listas de tarefas a fazer, e até planejamento financeiro, onde podemos anotar gastos e os lucros que a gente teve ao longo do mês.  De fato, é muito útil pra mim, que tenho tdah.

O problema é que no Brasil resolveram cobrar mais de R$150,00 em um planner, não que eu ache absurdo, porque são bem volumosos e elaborados, mas acho um gasto exagerado dentro do contexto econômico em que vivemos. Então, pra quem não quer pagar tão caro por um planner, eu indico o meu, que comprei no Aliexpress (tá na abertura do post, de capinha verde) e é fofinho, prático (porque dá pra levar na bolsa) e o melhor, tem preço amigo, aproximadamente 26 reais! Ele contem planejamento mensal, semanal, campo para lista de afazeres, e no fim tem espaço para notinhas diversas que a gente queira anotar. Pra quem precisa transportar seu planner pra cima e pra baixo, esse é o mais indicado, porque não pesa na bolsa.

plannermens

plannersema

Mas, se você, meu amigo, minha amiga, deseja gastar menos que isso pra ter seu planner, achei um blog maravilhoso, o Que Se Ame, que disponibiliza, mediante apenas uma compartilhada no Twitter ou Face do post dela, folhas em formato PDF de um planner sensacional, completinho, e muito fofo, que a gente pode baixar, e imprimir em papel com gramatura maior pra deixar bem bonitão! Eu fiz o meu, imprimi e encadernei pra deixar em casa na minha mesa do escritório, porque quero programar posts, planejar meu tcc, e organizar refeições, feira, academia, essas coisas nele.

plannerprint

plannermensalprint

plannersemanalprin

planejgastos

E aí, gostaram dos planners? Vamos aos links, né, que é o que realmente interessa!

Bom, para comprar o planner do Aliexpress, só clicar AQUI, e para baixar o planner do blog Que se Ame, só clicar AQUI!

Vou ficando por aqui, amanhã volto com um post modístico, mas quero desejar nesse post, que pra mim realmente abre a temporada de posts 2016, um ano organizado, e cheio de realizações pra todo mundo!

Beijos!

Batons bons, bonitos e baratos: minha mini coleção Dailus

Todo mundo sabe que o mundo está em crise. Não tá fácil pra Duquesa de Cambridge, vulgo Princesa Kate, que faz muito tempo que usa só roupa baratinha (não que isso seja desonroso, pelo contrário, só mostra o quanto ela é consciente, e diva), e não tá fácil pra gente, que tá longe de morar em um país de primeiro mundo. E se nossa renda atual não comporta um batom MAC, não há razão para comprá-lo, principalmente quando o mercado nacional oferta batons maravilhosos, e  custando um sexto do valor da marca canadense.

Um bom exemplo de marca boa, bonita e barata é a Dailus Color, que cresceu muito de uns 4 anos pra cá, e hoje tem uma linha extensa de batons, com coberturas diversas, assim como a M.A.C, e até uma linha de batom líquido. Minha paixão pela Dailus surgiu exatamente da vontade de ter alguns batons com cores legais, mas sem rasgar meu dinheirinho suado. Comecei comprando três exemplares, muito parecidos com o Saint Germain, Girl About Town e Chatterbox da M.A.C,  hoje tenho  uns onze batons Dailus. Os meus preferidos eu mostro hoje pra vocês, e vou fazer algumas comparações, fazendo as seguintes advertências:

- Os batons Dailus são bem baratos, antigamente comprava a cinco reais, mas hoje eles transitam entre 7 e 19 reais a depender da linha. Ainda assim vale a pena, já que um exemplar da M.A.C, por exemplo, tá custando 66 reais.

- Sim, eles têm um cheirinho diferente (acho que essa é a única reclamação que as clientes fazem deles), mas nada que incomode; gente, são batons de farmácia, não dá pra esperar um Chanel, óbvio! Porém, a cobertura é bem boa, e o cheirinho, quando a gente aplica, não fica lá nos caningando;

- Não, não exijam que esse batom seja um Dior. Ele vale o quanto pesa, como diz o ditado, e é bem digno quando se trata de custo benefício.

Agora sim, vamos ver meus prediletos da Dailus?

Dlsw1

Desse trio, dois eu amo e uso muito: o pêssego, e o nude, que lembram muito o Chatterbox e o Myth, da M.A.C. O laranjinha ainda não usei muito, tô estudando um jeito de usá-lo misturando-o a outras cores, e aplicando com os dedos pra ficar mais natural.

Dlsw2

O segundo trio é composto do Lilac, que amo também, o Pitanga, e o Goiaba. Dos três o que uso mais é o Lilac, ele se parece com o Snob, mas com um fundo mais roxinho. O pitanga (que lembra o Jeffree da Kat Von D, e tem um quê de Vegas Volt, da M.A.C) e o goiaba vão na minha bolsinha de make rápido, que fica dentro de minha bolsa da diária, para eu usar no trabalho e retocar ao longo do dia.

Dlsw3

Nesse último grupo eu coloquei minhas aquisições mais recentes: o batom Uva, pra fazer a linha “Diva” da M.A.C, toda trabalhada no batom marsala; o Pitaya Matte, que é rosa com um fundo levemente lilás, e o batom líquido Basque, que é meio cereja, lindo mesmo. Ah, falando em batom líquido tô aloka do batom líquido, depois faço post falando dele pra vocês!

E é isso, esses são meus prediletos da Dailus, batons que uso no dia-a-dia, e curto bastante, principalmente porque não dói no bolso comprá-los.

Mas me digam, cês curtem uns batons baratinhos também? Quais as marcas que vocês mais gostam? Gosto bastante da Dailus, mas amo a Vult também, porém é assunto pra oooooutro post!

Beijos!

Bridezilla: A papelaria do casamento

Eu sei que falta de tempo não é desculpa para eu não estar postando no blog, mas pela enésima vez eu peço perdão às leitoras sobre a falta de posts com dicas de casamento. Meu corre-corre é grande, e quem convive comigo sabe bem como a banda toca.

Mas, chega de desculpas e vamos falar um pouco sobre a papelaria do casamento. Se tinha uma coisa que eu definitivamente não queria gastar dinheiro era com papelaria de casamento. Sinceramente, é dinheiro jogado fora, ou vocês já viram alguém que guardou convites de casamento, ou mesmo menu? Se tiver é exceção.

Pois bem. Em preferindo gastar o dinheiro suado com outras coisas do casamento, eu comecei a pesquisar onde poderia fazer convites, porta-lencinhos, e save the date, dentre outras coisas. Já estabelecida a linha rústica, comecei a pesquisar a papelaria nesta linha, e achei o maravilhoso site Elo 7, cheio de fornecedores legais, e o melhor, com preço camarada, porque minhas amigas noivas, convite é muito caro em Natal, muito mesmo, média de 15 reais a unidade. Ou seja, se a gente encomendar cerca de 200 convites, numa média, desembolsa, assim, facinho, R$ 3.000,00. Com esse dinheiro dá pra pagar uma banda, ou parte do contrato do fotógrafo, coisas muito mais relevantes numa festa de casamento. Aí a gente faz um exame de consciência, e corre pra o Elo 7 pra buscar fornecedores.

O meu save the date foi encomendado por Jeff, o noivo, no site Elo 7, a um fornecedor chamando “A Casamenteira” (link para ela AQUI), não me lembro o preço mas acho que foi um pouco mais barato que os convites no estilo, uns 3,4 reais mais ou menos, mais o frete; Já os convites encomendei a uma fornecedora maravilhosa e atenciosa, do R&L convites (link AQUI). O  convite saiu a R$ 3,40 a unidade, mais o frete.

invit_wed

Os porta-lencinhos, e os saquinhos de arroz eu comprei prontinhos, embalados, mas para as noivas que tão com muito tempo, interessante é fazer a papelaria, e embalar um-a-um com ajuda da família, madrinhas etc…mas, para quem tá na correria, como eu tive, pode encomendar na loja Estúdio 100, também o Elo 7.  Eles têm muita coisa legal para quem deseja um casamento rústico, vintage, para acessar clica AQUI.

Dica: não precisa comprar muitos saquinhos de arroz, nem muitos lencinhos, nem todo mundo quer, então não gastem tanto com isso, meio que me arrependi porque comprei muitos saquinhos de arroz, nem precisava, acho que uns 30 já dava pra galera fazer uma chuva legal hahahahaha

lençoswed

 

Quanto ao menu, também não queria que destoasse do estilo que queria seguir, e minha amiga Flávia, que é designer, e faz convites para casamento, cartões de visita e demais artes de papelaria me presenteou com esse abaixo, do jeitinho que eu queria. Para contratá-la, só ligar para (84) 9636-1713 ou mandar e-mail ([email protected]), ela aceita encomendas, e vai até às noivinhas com amostras de convites e de papelarias, recomendo demais!

Menu_wed

E para finalizar, o saquinho de doces, que eu mesma fiz! Eu comprei os saquinhos em papel Kraft no Alecrim, super baratinhos, coisa de 2 reais o cento eu acho, e criei uma arte no Photoshop em formato de círculo, e mandei imprimir numa gráfica em papel adesivo, na Braz, salvo engano. Depois, fui só colando nos saquinhos e pronto, ficou fofo do jeitinho que eu queria!

saquinho_doces

 Foto: Renata Sales

No fim das contas, casamento dos sonhos não precisa doer no bolso, né?

Ah, próxima semana subo mais um post com dicas para as noivinhas, aguardem!

Teste de lenços: demaquilante Almay, e esfoliante Belliz

Hoje é dia de falar de lenços, mais precisamente, dos dois que estou usando atualmente: um é demaquilante para área dos olhos, da Almay; e o outro se destina à limpeza facial, da Belliz. Então, senta que lá vem resenha!

Até chegar à compra dos lencinhos da Almay, andei pesquisando em sites de farmácias gringas, na tentativa de montar uma (pequena) lista de pedidos para uma amiga que ia para os EUA. Até consegui montar a lista, mas pequena ela não ficou, não mesmo. Catando daqui, e dali, achei os da Almay, recomendados inclusive pela revista Allure. Custou US$ 7,99, uns quinze reais, não tem óleo na fórmula, é hipoalergênico, e não tem cheiro. Cada potinho vem com 120 discos:

Ele promete remover de maneira suave a maquiagem, sem deixar resíduos. Possui na formulação aloe vera, pepino, e chá verde. Segundo a marca, é ótimo para remover a maquiagem da área dos olhos, inclusive máscara à prova d’água, e batons de longa duração. Também noticia ser ideal para quem usa lentes de contato, já que não provoca irritação.

Pois, vamos ver se é essa coca-cola toda, ou balela de fabricante: passei no dorso da mão quatro produtos: lápis de olho, sombra, delineador(em caneta), e rímel à prova d’água:

Deu pra ver que foi aprovadíssimo, né? Na verdade, na verdade, quero deixar aqui uma dica: prestem muita atenção nas resenhas de demaquilantes que vocês vêem, pois podem não ser confiáveis, já que, muitas vezes, a pessoa que tá resenhando não sabe sequer como se usa o produto. Pois bem, para remover produtos da área dos meus olhos, eu não esfrego na brutalidade. Primeiro, eu deixo o lencinho lá, ou algodão embebido com demaquilante, um minuto mais ou menos; aí, de primeira, já sai o grosso do resíduo. Depois, só dar uma leve – eu disse leve, delicada – esfregadinha, para remover o resto. Sai tudo, gente, sem agonia, sem alvoroço!!

Para aprender a demaquilar a área dos olhos, acessa esse vídeo AQUI, da Clarins, ensinando o macete certinho.

- Sim, Rose, e aí, aprovados ou não os lenços?

Claro que aprovados, minha queixa só se resume ao modo de tirar o lencinho, porque como eles são muito grudados uns nos outros dentro do pote, acabo tirando sempre mais de dois, um saco, desperdício total.

E agora, vamos ao meu achado de beleza. Digo achado, porque comprei essa maravilha na Iskisita, ao preço módico de sete reais e uns quebrados, e simplesmente AMEI!

Os discos esfoliantes (juro que não me conformo com essa grafia “esfoliante”, maaas, como não há ressalvas sobre a grafia, vou escrever assim agora) da Belliz são um bom aliado para aplicação de tônico; achei melhor que o disco de algodão comum, porque ele promove uma suave esfoliação na pele.

Cada caixa contém 120 discos, até grandinhos (8 cm de diâmetro); de um lado, os discos são brancos, e do outro eles têm uns pontinhos cor-de-rosa, que promovem a esfoliação:

Como disse acima, gostei bastante deles, preço excelente, e produto bem bom. Doida pra voltar na Iskisita e abastecer o estoque, porque nunca tinha visto nada do tipo nessas lojas baratinhas.

Resumo da ópera: nota 10 pra os dois produtos!