Alerta anos 90: o slip dress voltou!

Ab_slipdress

 

2016, pra moda, tá parecendo 1995: a quantidade de peças trazidas direto do armário das meninas da década de 90 dá pra criar uma série de posts por aqui, tranqüilamente.

Em 1990 eu tinha 9 anos, e ganhei uma assinatura da Capricho que durou mais de 5 anos, portanto, acompanhei de perto o estilo que reinou naquela década, seja através dos editoriais da Capricho, seja acompanhando, também através da revista, os looks das estrelas Pop/Rock e top models da época. Muitas peças legais daquele tempo tão voltando, mas por hoje, vamos falar de uma em especial, versátil por sua própria natureza: o slip dress, ou vestido camisola.

Quando se fala em slip dress, não tem como não vinculá-lo à Kate Moss, e à Courtney Love, rainhas dos anos 90 que usavam a peça de maneira exaustiva. Se Kate recebesse um dólar pra cada aparição que fazia usando slip dress ela tava milionária somente por isso!

Matriz_slipdress

Se nos anos 90 era Kate que comandava o exército de Slip Dress, atualmente o ícone de estilo no quesito se chama Rumi Neely, blogueira do Fashion Toast. A beesha veste cada um mais lindo que o outro, fico feito doida salvando na minha pastinha de inspirações pra escolher o modelo mais legal e fazer um pra mim!

defsliprumi

Muito embora o vestido-camisola não seja unanimidade (algumas dirão: que loucura, mulher, a pessoa sair de camisola na rua, onde já se viu??!), minha opinião é de que o slip dress é sim uma das peças mais legais do momento para compor looks: a gente vai do look sexy ao grunge dentro de instantes, somente trocando acessórios. Ele vai da festa chique a um jantar mais informal com amigos. E eu provo o que digo, só ver a seleção abaixo dos looks com slip dress, garanto que muitas de vocês, leitoras, vão desejar um vestidinho camisola pra chamar de seu.

howtoslip

Ah, ia me esquecendo: se quiserem deixar o look bem anos 90 mesmo, é só combinar com camisetinha por baixo, vi várias meninas usando e achei massa, um hi-lo direto do túnel do tempo que funciona demais!!

E aí, que cês acham do slip dress, curtem ou não? Vamos abrir debate nos comentários, que eu adoro!

Ladylike na velocidade 5: anos 50 em evidência!

Faz um tempinho que eu vi um editorial da Louis Vuitton, com modelos no mais alto estilo ladylike, e cabelo impecável, lembrando as donas de casa dos anos 50. E logo me veio à cabeça a seguinte pergunta: Será? Será que os anos 50 voltaram a ser tendência?

E depois de muito pesquisar para contar tudo às amyghas constatei que sim, e não é privilégio desta temporada.

Fiquei doida com o que achei: viva Grease e todos aqueles trajes estilosos, e menininhas de corpo ampulheta! Viva Dior e sua criação do New Look, em 1947!

Tá, tá, vamos ao que interessa, né?

Pra comprovar o que digo, dêem só uma olhadela no editorial de setembro deste ano da Vogue australiana, que teve como pano de fundo os anos 50, e trouxe Catherine McNeil como protagonista dos cliques.

As fotos não parecem retratar cenas de Grease? Será que foi inspirado no musical da Sandy e do Danny Zuko?

Vocês poderiam se perguntar como fazer para adaptar a tendência para o mundo real, sem ficar muito com traje de Sandy e Júnior naquela época que nós sabemos bem(tô ligado em você, agora é pra valer, hu, hu, hu!). E tudo fica claro quando respondemos à seguinte indagação: O que os anos 50, em termos de moda, trazem de tão bom, a ponto de inspirar o outono/inverno europeu, e refletir na primavera/verão 2010/2011 brasileira?

Os anos cinqüenta devolveram toda a feminilidade da mulher, e isso basicamente implica em elegância… e cinturinha marcada! É o godê, a renda (resistindo a mais uma estação), o corselet, são os babados, as pregas, os óculos gatinho, os lacinhos…ai, ai, é simplesmente apaixonante! Mas não dá pra usar tudo junto, tá? Hi-lo forever!

No nosso Brasil varonil, os anos 50 influenciaram claramente as coleções de primavera/verão das seguintes marcas: Triton, Fause Haten, Espaço Fashion, e Filhas de Gaia, dentre outras:

Doida por uma godê curtxenha(vai ser sensação no calorzão) em tom pastel …E vocês?