Alerta anos 90: o slip dress voltou!

Ab_slipdress

 

2016, pra moda, tá parecendo 1995: a quantidade de peças trazidas direto do armário das meninas da década de 90 dá pra criar uma série de posts por aqui, tranqüilamente.

Em 1990 eu tinha 9 anos, e ganhei uma assinatura da Capricho que durou mais de 5 anos, portanto, acompanhei de perto o estilo que reinou naquela década, seja através dos editoriais da Capricho, seja acompanhando, também através da revista, os looks das estrelas Pop/Rock e top models da época. Muitas peças legais daquele tempo tão voltando, mas por hoje, vamos falar de uma em especial, versátil por sua própria natureza: o slip dress, ou vestido camisola.

Quando se fala em slip dress, não tem como não vinculá-lo à Kate Moss, e à Courtney Love, rainhas dos anos 90 que usavam a peça de maneira exaustiva. Se Kate recebesse um dólar pra cada aparição que fazia usando slip dress ela tava milionária somente por isso!

Matriz_slipdress

Se nos anos 90 era Kate que comandava o exército de Slip Dress, atualmente o ícone de estilo no quesito se chama Rumi Neely, blogueira do Fashion Toast. A beesha veste cada um mais lindo que o outro, fico feito doida salvando na minha pastinha de inspirações pra escolher o modelo mais legal e fazer um pra mim!

defsliprumi

Muito embora o vestido-camisola não seja unanimidade (algumas dirão: que loucura, mulher, a pessoa sair de camisola na rua, onde já se viu??!), minha opinião é de que o slip dress é sim uma das peças mais legais do momento para compor looks: a gente vai do look sexy ao grunge dentro de instantes, somente trocando acessórios. Ele vai da festa chique a um jantar mais informal com amigos. E eu provo o que digo, só ver a seleção abaixo dos looks com slip dress, garanto que muitas de vocês, leitoras, vão desejar um vestidinho camisola pra chamar de seu.

howtoslip

Ah, ia me esquecendo: se quiserem deixar o look bem anos 90 mesmo, é só combinar com camisetinha por baixo, vi várias meninas usando e achei massa, um hi-lo direto do túnel do tempo que funciona demais!!

E aí, que cês acham do slip dress, curtem ou não? Vamos abrir debate nos comentários, que eu adoro!

Direto dos anos 90, o scrunchie ataca novamente (e divide opiniões)
Em: Beleza

20140206-202829.jpg

Tenho dito a vocês há bastante tempo que os anos 80 e os 90 vêm se infiltrando na moda, forçando a barra mesmo: ombreiras-Didi, cores fluo, camisas xadrez estilo grunge, coturnos…tudo isso fez parte das décadas citadas, e, me parece, elas não vão deixar de ser influência tão cedo no mundo da moda. Isso que digo é tão verdade que tava com dois posts na agulha sobre tendências das décadas citadas, e um deles é o de hoje, sobre a volta das “xuxinhas” de tecido, os chamados scrunchies.

Olha, nem tô aí com vocês, mas já vi algumas boquinhas entortarem pra esse acessório, mas vamos ser sincera, das meninas dos anos 80/90 atire a primeira pedra que não teve/desejou um scrunchie Pakalolo! Era tendência total, agregava valor ao look, era o scrunchie-ostentação. Depois, a gente cresce, começa achar um tico kitsch, e agora fica como eu, doida pra usar um scrunchie do jeito que as meninas tão usando agora, ornando o coque, ou o rabo de cavalo. Bipolar? Só um tico hahahahah

Em verdade vos digo: não sou muito de taxar, porque já vi várias coisas levarem o estigma de “brega”, mas que ficaram magníficas quando usadas por alguém com estilo, alguém que segure o look. E busquei nas imagens de hoje justamente isso: jeitos estilosos de usar o scrunchie, deixando-o repaginado para o século 21.

Então, simbora acender comigo o desejo de usar scrunchie nesse calorão?

20140206-203748.jpg

20140206-203807.jpg

20140206-203827.jpg

20140206-203853.jpg

Massa, né? Tô tentando aprender a fazer um, e se conseguir penso em fazer um vídeo DIY, que acham?

assinatura2

Aquela vibe grunge…

Ultimamente tenho visto bastante nos blogs de rua uma certa vibe grunge no vestir, principalmente quando se observam os jeans. Quem viveu o rock dos anos 90 certamente se lembrará do dia em que pegou um par de jeans, cortou com a tesoura, e depois saiu ralando o rasgo no cimento pra dar aquele aspecto destruído. Pra ornar com ele? Uma bela camisa de flanela xadrez, e pronto, eis um filho(ou uma filha) do grunge, palavra essa que é uma variação de  “grungy”, que significa sujo.

A diferença de ontem (digo, anos 80/90) pra hoje, tá em um aspecto bem interessante: o jeans rasgado vem agora acompanhado de peças mais femininas. Portanto, a camisa xadrez é deixada para outra composição, e agora pra ornar com as calças rasgadas temos sapatos chiquérrimos, blazers, blusinhas peplum, camisas de seda, acessórios mais clássicos. É o velho hi-lo operando na causa.

Como não poderia deixar de ser, fiz uma seleção de imagens que nos ajudam na hora de fazer aquela velha montação com o jeans detonado:

Eu – como boa amante do rock for ever and ever – já me agarrei com duas calças, e tô aqui prontinha pra fazer os primeiros rasgões(quando terminar tento fazer um look por esses dias). E vocês, aderem, ou vão deixar passar a onda do jeans destruído?