Redescobrindo a C&A da Zona Norte

O post de hoje merece um pequeno conto: era uma vez uma menina que tinha um blog, e que como toda mulher que vive numa sociedade de consumo, certo dia correu pra comprar Maria Filó pra C&A. Chegando lá, entre tapas, pontapés e chutes, conseguiu se desvencilhar das Becky Blooms, e trazer algumas coisinhas que queria. Só que, ao se encaminhar ao caixa, viu uma mocinha provando um par de tênis animal print lindo, seu número, e por R$ 49,90. Torceu para que a moça deixasse os tênis, já que o grande dilema dela era saber se era Maria Filó para C&A(se não fosse, não levaria, embora o pisante fosse lindo, vá entender esse povo…). O vendedor, muito esperto, disse que era, e ela levou, deixando a jovem lá do começo da história desolada, até que resolveu perguntar a um amigo que trabalha na C&A da zona norte se tinha. E tinha. Seu número. Levou. Ficou maravilhada com a loja, repleta de peças lindas, em todas as numerações ali, aguardando a compradora, uma verdadeira redescoberta. Felizes para sempre, assim deve ser arrematado o conto.

Eu acho que se deve ao fato de ser um pouco longe da zona sul, a C&A zona norte consegue manter em suas araras peças lindas, um pouco mais salgadas para uma parte do público a que se destina, mas em preço razoável para quem se programou financeiramente, e deseja montar seu guarda-roupas com peças atemporais, ou apenas charmosinhas, que pincelam um look neutro com um pouco de alegria. Sinceramente, acho a C&A do Midway meio molambenta, parece que vive com sobra de peça, nunca achei algo realmente digno por lá, o que não aconteceu com a C&A da zona norte. Enchi as mãos de cabides porque tudo era lindo, corri para o provador, e apenas a título de amostra fotografei quatro peças com valores entre R$ 59,90 e R$ 149,90 pra vocês conferirem:

Camisa soltinha pra gente fazer uma bossa só com jeans flared e um colar bacana, quem não gosta? Essa, na primeira foto, é de um floral bem espaçado, é leve, e vestiu legal. Gostei bastante.

E que posso dizer desse cardigã fofo? Não levei porque meu punho tá fechado, mas tirava e botava na arara reiteradas vezes. Tinha TODOS OS TAMANHOS, e confesso que, se não tivesse comprado o da Maria Filó para C&A, teria levado esse, que achei bem mais bonito, por causa das cores mesmo.

Outra peça que me agradou foi esse spencer floral, achei tão cara da Kelly do Glamourai…confeccionado de brim acetinado, apesar de vir de uma fast fashion me pareceu ter uma longevidade boa. Vale a compra.

Por fim, uma dica quente pras meninas que costumam viajar pra fora: esse blazer de couro sintético rosa seco parece peça fina, de loja boa, e é uma riqueza sem fim viajar para terras mais frias com ele, vestiu lindamente. Não levei porque a terra mais fria que já visitei na vida se chama Macau hahahaha!

E é isso, pra quem mora na zona norte vale super a visita pela C&A de lá, que fica no Norte Shopping. E pra quem é das bandas de cá da ponte, quando for visitar algum parente, passem por lá, ou vão com destino certo mesmo, vocês vão se surpreender!

PS: não tô recebendo um real por isso, tá, gente! Tô só deixando a dica porque realmente eu fiquei pasma com a quantidade de coisa legal que achei por lá. :)

8 Comentários para “Redescobrindo a C&A da Zona Norte”

    Gravatar Anonima
    21 abril 2012

    Que post mais ridículo!! Ri muito com essa parte: “um pouco mais salgadas para uma parte do público a que se destina” Você realmente acha que a C&A abriu uma loja na Zona Norte mesmo sabendo que não tem público para comprar??? Amiga, acorde!! Nem cara de rica você tem para poder falar algo assim. Você fala como se a loja fosse em outra cidade, estamos em Natal.Imagina se vc morasse em São Paulo, Rio de Janeiro, onde os lugares são realmente distantes. Você diz que mora na zona sul de Natal e se acha rica? Aham, senta lá Claudia!kkkkkkkkk


    Gravatar Rose
    21 abril 2012

    O anônima linda, eu não disse isso porque sou rica não, fia, e sim porque dados de gerente da própria loja dão conta que ela se destina à classe c e d, e que esse público consome o básico, o resto SOBRA NA ARARA. Dados da PRÓPRIA LOJA, tá, e não comentário esnobe da minha parte. Ou você acha que as coleções de Stella e Maria Filó ficaram limitadas ao Midway e Natal Shopping por qual razão? E é óbvio que não tenho cara de rica porque não sou rica, nem muito menos tô dando uma de autista, que moro fora de Natal. Estou dizendo que um produto de 150 reais pra quem é assalariado, mãe de família, é pesado, ou você vive em um planeta onde todos ganham milhões?
    Ai, ai, esse povo que critica sem ter entendido o post…pega uma linha do meu blog dizendo que me acho rica porque sou da zona sul e cola aqui linda, porque até agora não achei isso no post inteiro.
    Um beijo pra minha família que mora TODA NA ZONA NORTE, e outro pra anônima que está no endereço R. Francisco Sódia – Belo Horizonte Mossoró – RN 14 m NE.


    Gravatar Luciano Henrique
    25 abril 2012

    Estava esperando um coment para me posicionar… Uma pena o post ter sido de uma anônima e ainda mais não conter conteúdo que valha a pena eu dissertar sobre. Então, trabalho nessa C&A e esse Redescobrindo a C&A da Zona Norte, serve exatamente àqueles que perdem a oportunidade de comprar, principalmente nas lojas do Natal Shopping e Midway, peças mais trabalhadas, interessantes e por ai vai, isso pq nosso público consome o básico. Aliás, a Zona Norte em peso gosta de ir ao Midway e não ao Norte Shopping que não oferece mais opções de lazer… Enfim, pessoal que gosta de peças de moda da C&A e não tiver no Midway ou natal Shopping me façam uma visita. Estaremos aguardando por vc.


    Gravatar Rose
    25 abril 2012

    Pois é, Lu, infelizmente a anônima preferiu comentar com essa beligerância toda, e no entanto não percebeu que o post é justamente pra gente se despir dos preconceitos e começar a garimpar as coisas em todo lugar. Triste, e pior pra ela porque não ganha nada com isso. Eu realmente tô muito satisfeita com a C&A da zona norte e sempre que quiser alguma coisa dessa loja, certamente lá procurarei – e encontrarei. Peças com corte bom, clássicas, e preço muito bom!
    :)


    Gravatar Maria Matos
    1 maio 2012

    Moro aqui na Zona Norte e tô arrasada por ter ido lá ontem e não ter visto tais peças. Fui só pagar uma continha básica. Você não faz ideia, é raiva mesmo arrrrnnngh!
    Sou cliente desde que percebi esse fato de terem peças super lindas e que que ficam dias nas araras, confesso que acho cara sim uma peça por 150,00 paus… Mas eu digo a tu que se valer a pena como esse cardigã MARA da foto, eu dou, como já dei… Divido em cinco vezes kkkkkkkkkkkkkk e fico linda… Só dá eu aqui na rua. “Maria, a linda”
    Beijo


    Gravatar Maria Matos
    1 maio 2012

    Reiterando: sou pobre e ando linda!
    bjo


    Gravatar Rose
    2 maio 2012

    Maria,
    a C&A da zona norte, já tinha até reparado há um tempo, tem muito mais coisa legal que as outras, principalmente as peças mais clássicas, pra trabalhar.Quando tiver precisando renovar meu guarda-roupas pra trabalhar, já sei onde vou!
    E realmente, 150 é meio salgadinho, mas é uma peça de couro sintético, e bem acabada até. Só que eu faço aquelavelha matemática: pego o valor da peça e divido pelo número de vezes que vou usá-la. No caso do couro sintético, nessa lua de Natal, encosta, né? Já um casaqueto, se fosse nesse valor, valia muito a pena, porque usaria sempre por causa das audiências, o caro acaba saindo até barato. O cardigã, como tu mesmo disse,valia a pena por esse preço, mas o melhor é que ele tava 79, então, né…queria mesmo!
    Beijos!


    Gravatar Maria Matos
    5 maio 2012

    Eu minhas gafes. Entendi que o cardigã era 150 pilas. Por isso que não tinha mais ele lá. Fui no outro dia -de novo- atrás da peça. Por 79, ele voou mesmo. Uso esse negócio de “equivalência matemática” por intuição, mas nem sabia que se chamava assim. Adorei.
    Beijo


Deixe seu comentário