Golden Globe 2012, terceira parte

Eita que o negócio é extenso! Acho que restam dois, “vamo que vamo” que a gente tem que fechar esse ciclo.

Nesse grupo eu inseri as meninas mais “encarnadinhas”, e as que vieram num brilho só.

Primeiro, as damas de vermelho e suas variações:

Dianna Agron: a atriz de Glee ganhou pontos só pelo fato de ser magra o suficiente pra usar tanto volume e não ficar cheinha. Tô meio em dúvida se gostei, sabem…acho que ficou bonito nela, em outra pessoa talvez tenha incisivamente odiado.

Reese Whiterspoon: Não gostei do modelo de Reese, nem um pouquinho. Acho que esse tomara-que-caia não favoreceu, parece torto, muito bojo pra pouco busto, e escassez de acessórios deixou uma coisa meio vaga.

Viola Davis: Viola Davis tá com um vestido que tem um modelo interessante, e ficou lindo nela. Agora a cor…se ela tivesse escolhido outra tonalidade teria ficado magnífico. Esse vinho morto ficou meio estranho, como se ela tivesse nua, pelo menos nas fotos. Não realçou a beleza negra dela.

Emma Stone: tava diva, tava linda, tava simples, tava gata. Próximaaaa! Quero nem olhar as sandálias pra o amor não acabar.

Evan Rachel Wood: Evan sempre arrasa! Seus looks são lindos, ela consegue o feito de pisar num red carpet de calça e suspensório e chamar a atenção. O vestido é Gucci première, que, na minha opinião, só deu esse impacto por ser ela.

Megan Fox: taí uma Angelina sem glamou e personalidade. Megan tá piriguete, e só.

Laura Dern: linda! Já vi alguns vestidos nesse estilo em red carpet, e achei o que há de mais estonteante. Formas simples, porém bem cortadas, e brilho, nada mais.

Lea Michele: lá vem Lea Michele querendo substituir J.lo no estilo boricua de ser. Dessa vez, ela optou por pegar o Marchesa mais feinho da coleção, e fazer a atleta de GRD. Não curti.

Madonna: tem o que dizer de Madonna? Ela é ela, e não admito que ninguém fale mal da rainha, ora! Fora que não sei o que Madonna anda comendo tomando pra ficar tão jovem assim…catei prega e pelanca e não achei em nenhuma foto. Suprema!

Zooey Deschanel:  o cabelo de Zooey armou um pouco, ficou parecendo peruca, mas nos esqueçamos disso e vamos ao vestido, leeeeendo de viver. Misturou cetim com brilho, mas as texturas foram tão bem misturadas que rolou super harmonia…coisas que Prada sabe fazer muito bem.

E por falar em brilho, olha a Maria Menounos mostrando que não tem uma pelezinha sobrando, nem um graminha sequer, de maneira que o look todo amarelo ficou poderoso!

Amanhã a gente conversa mais, falta pouquinho pra gente fechar o Golden Globe!

Deixe seu comentário