Dica de Livro: Invencível, de Laura Hillenbrand

E AÍ, MEU POVO!!!!

As minhas leitoras mais antigas já devem ter percebido que não sou muito de fazer posts literários; tenho perfil lá no Skoob com minhas preferências, mas por aqui falo muito pouco. Porém, acho que vou tornar mais constante indicação de livros, e darei preferência a obras que me impactaram, como a de hoje, o livro de Laura Hillebrand, Invencível.

9788539003433_300_site

Fazendo um resumo bem rasteiro da obra, Invencível conta a história de “Louie” Zamperini, um rapaz que foi atleta olímpico, mas teve sua carreira interrompida por uma repentina convocação para a Segunda Guerra Mundial. Porém, esses dois fatos que contei não o centro da obra, mas sim o que Louie (como carinhosamente era chamado) passou durante esse período (acidente aéreo, prisão por tropas inimigas…), e de que forma ele conseguiu lidar com os eventos que aconteceram em sua vida.

A descrição do livro eu extraí do site da Saraiva, e é essa aqui:

“Em uma tarde de maio de 1943, um avião da Força Aérea americana caiu no meio do oceano Pacífico e desapareceu, deixando para trás alguns escombros e um rastro de óleo e sangue. Em seguida, na superfície do oceano, apareceu um rosto. Era de um jovem tenente, um dos artilheiros do avião, que se esforçava para chegar a um bote salva-vidas. Assim começou uma das mais impactantes odisseias da Segunda Guerra Mundial. O nome do tenente era Louis Zamperini. Quando criança, foi um rebelde incorrigível. Adolescente, canalizou a rebeldia no atletismo e descobriu um talento que o levou às Olimpíadas de Berlim e à perspectiva de ganhar uma medalha de ouro nos Jogos seguintes. Mas com o início da guerra, Zamperini foi obrigado a desistir de seu sonho. Com uma voz narrativa rica e intensa, Invencível é o relato fascinante da coragem e resiliência de um ser humano extraordinário.”

Terminei de ler a obra recentemente e olha, Louie é inspirador. Não se trata de um livro de auto ajuda, mas de uma biografia que ensina muitas lições, dentre elas, a resiliência, e inteligência emocional. Prefiro não me prolongar por aqui, porque adoraria que vocês lessem o livro, maravilhoso!

A história de Zamperini é tão fodástica que Angelina Jolie, recentemente, dirigiu um filme inspirado na obra, cujo trailer vocês podem ver logo abaixo, mas advirto: NÃO VEJAM O FILME ANTES DE LER O LIVRO, PLEASE!!


Aproveitando que as férias tão chegando, que tal mergulhar no mundo dos livros começando por essa dica?!

Deixe seu comentário