Estilo em dobro com as irmãs Quann

ABSQ

Tô postando muito sobre irmã esses dias, né? Talvez seja a saudade da minha que tá me fazendo escrever por aqui tanto sobre o assunto…Freud deve ter uma explicação pra isso, né possível!

Bom, sigamos, o fato é que já dei dica pra vocês sobre as irmãs cantoras que tão no repeat da minha playlist, e agora quero falar um pouco sobre as gêmeas que tão sacudindo o mundo da moda, é só elas chegarem na porta de um desfile que os fotógrafos de street style correm todos para fotografá-las; tô falando de TK Wonder, e Ciprianna Quann, as famosas irmãs Quann.

As meninas, gêmeas idênticas, possuem profissões diferentes: Cipriana, blogueira e co-fundadora do site Urban Bush Babes; TK Wonder, cantora. Nascidas no Brooklin, criadas em Baltimore, as gêmeas possuem um estilo que carrega muitas referências, e é isso que certamente faz todo mundo se voltar para meninas quando elas passam: com elas o vintage se une ao disco, que se une ao estilo oriental, que se mistura ao tropical, que se junta a uma pegada mais moderna. O mais legal: elas podem até usar a mesma peça, mas a leitura que fazem dela é totalmente diferente. Só vendo os looks pra vocês entenderem do que tô falando, épocas se unem e formam um look harmonioso, sem falar nos cabelos BARRA que as beeshas ostentam! As irmãs são ícones de estilo daqueles que enchem nossa pastinha de inspirações!

QS2

QS1

Não consigo dizer nada sobre o longo com estampa de abacaxi e as flatforms, apenas sentir…acho o máximo que elas abusam das blusinhas cropped, e dos kimonos (longos ou mais curtos), são peças que amo ter no meu guarda-roupas, e os looks delas abrem meus horizontes sobre como misturar essas peças nas minhas composições.

Vocês já conheciam as irmãs Quann? Me contem o que acham mais legal no estilo das meninas nos comentários, e se vocês gostariam de conhecer mais algumas irmãs que andam causando no mundo da moda, porque tô super fraternal, e queria extravasar mais isso no blog hahahahahahaha #Freudhalpme #sistervoltelogo

Beijos!

Truques de estilo do Street Style do NYFW pra usar já!

Essa semana passada tivemos o NYFW, muita coisa legal rolou na passarela, mas esse ano resolvi fazer posts mais dinâmicos, curtinhos, e menos engessados por aqui. Fiz essa mudança mudança porque o legal é a gente ter uma ideia geral do que rolou por lá, e não ficar vendo de foto em foto os modelos desfilados.

Hoje eu mirei no street style, que sempre inspira e mostra pra gente o que dá pra usar realmente no dia-a-dia das ditas tendências. O interessante é que eu pincei do que rolou pelos arredores dos eventos alguns truques de estilo que super podemos fazer com o que temos em casa. Então, vamo mergulhar no post que tá bem prático e repleto de interessância!

CAMISA: SOBREPOSIÇÃO, NOZINHO…

A grande sensação do street style novaiorquino foi a camisa, com modelagem mais soltinha, boyfriend; vocês não têm noção do quanto as meninas usaram camisa por lá! tinha maxicamisa, camisa com manga dramática, e camisa usada assim, com uma peça sobrepondo, ou só amarradinha na cintura! Os truques abaixo imprimem personalidade ao look e tiram a camisa da mesmice.

nyfwsobr

HI-LO: QUANDO O ESPORTE ENCONTRA O GLAMOUR

O paetê e o lamê podem ser usado de dia? Claro! E podem ser usado com sweater esportivo, ou tênis? Claro que sim! Saia midi vai bem de tênis: Sim! Pra responder de forma ilustrada todas essas perguntas as meninas da semana de moda de Nova Iorque tão aí, mostrando que isso tanto é possível como fica massa!

nyfwhilobril

LENÇO NO PESCOÇO

Esse truque é o que mais gosto de incorporar no dia-a-dia, porque só exige que a gente pegue peças básicas e o resto fica por conta do lencinho no pescoço. Se vocês quiserem testar em casa, vistam uma camiseta lisa, e um jeans, tirem uma foto, e depois coloquem o lenço como terceira peça da composição…mudou radicalmente não foi? Ficou mais interessante na hora!

nyfwlen

LOOK MONOCROMÁTICO PRA ALONGAR 

Outro truque de styling legal que vi no NYFW foi o investimento das meninas em looks monocromáticos: o efeito alongador do look em uma cor só, ou mesmo em tom sobre tom, é impressionante! Miroslava Duma, que é baixinha, adoooora!

nyfwmono

Viram como ideias simples podem deixar o look com uma vibe diferente, e como a gente não precisa sair consumindo a torto e à direito quando o santo de casa faz milagre? Que tal pegar uma dessas dicas e testar já? Eu já tomei nota e vou testar todas!

Karla Deras, o Capsule Wardrobe, e o Consumo Consciente

Lembram de Pollyanna, aquela menina  que sempre enxergava o lado bom  das situações ruins que lhe ocorriam? Pois bem, eu acho que a gente, principalmente nesse período turbulento pelo qual estamos passando economicamente, tem que ser um pouco dessa menina. Digo “um pouco” porque não dá pra ser 100% otimista; é preciso ter lucidez, e realismo, mas ao mesmo tempo enxergar que algumas lições podem sim ser tiradas de todos os momentos de nossas vidas, sejam eles bons ou ruins. Trazendo essas minhas conclusões para o campo do consumo, eu gostaria de fazer uma pergunta inicial cuja resposta vou discorrer ao longo desse post de hoje: você usa todas as roupas que compra? Só mais outra: você precisa comprar toda coleção que as lojas despejam a cada temporada porque blogueira A ou B postou na seção “minhas escolhas”?

Se a gente parar um pouquinho de viver no automático, guiada pelo Instagram, e raciocinar, vai chegar à conclusão que com algumas peças-chave é possível multiplicar looks, e fazer produções bem mais autênticas que aquela montação fake que a gente anda vendo bastante ultimamente em terras emergentes.

Não vou negar que amo ter opções variadas no guarda-roupas, mas de uns tempos pra cá andei me livrando de muitas peças; desde o começo do ano tenho feito limpezas constantes, doando itens que estavam encostados, e fazendo algumas compras que julgo mais conscientes. Eu tenho uma queda pelo slow fashion, e então o fato de titia costurar tem me ajudado a pensar em que tipo de peça quero no meu armário, e qual estilo quero construir, indo na contramão do ritmo frenético das coleções, e compreendendo o papel que a peça única, pensada, desenvolvida, e concebida só pra mim  desempenha na minha vida.

 Também aprendi nesses meus devaneios sobre estilos que a “montação” não precisa ser tão “montação” assim; me vestir de um jeito legal exige raciocínio, razoabilidade, e não passa por NÃO REPETIR ROUPA. Jamais! Gente, repetir peças de roupa não tem nada de errado, nem ter dinheiro pra comprar roupa toda semana nova também. Afinal, um bom capsule wardrobe consiste em ter poucas peças que se multiplicam nas várias combinações que se pode fazer com elas. Peça legal se repete, mas se reinventa, e uma das blogueiras que prova toda essa minha ladainha (eu amo desabafar com vocês gente, não sei fazer post curto) é Karla Deras, do Karla’s Kloset. A beesha posta looks do dia repetindo peças constantemente, mas coordenando de forma inteligente, e o resultado é uma infinidade de composições que enche nossos olhos e nos inspira.

Fiz uma coleta de looks com peças que ela repete pra gente dar uma olhada, e, principalmente, tomar umas lições de como fazer uma produção legal com peças simples, enxutas, e repetidas.

REGATA BRANCA

A regata branca é um multiplicador de look, fato, e Karla Deras mostra como sair do básico até produções mais elaboradas com a regata branca participando da composição.

KDregbranca

SAIA LÁPIS PRETA

A saia preta é um clássico; um guarda-roupas com várias possibilidades e poucas peças deve ter uma saia lápis, que tranqüilamente passeia do look sexy para o mais esportivo sem problemas. É uma peça versátil, com certeza, e Karla sabe disso:

 KDskirt

CALÇA UTILITÁRIA

Eu sou chocada como Karla Deras consegue dar um toque sexy a uma calça utilitária, estilo cargo. Minha gente, sério, fico desejando essa peça toda vida que ela veste, e ela veste constantemente. Me parece ser uma das peças preferidas da blogueira:

 KDpantsut

CAMISA BRANCA OVERSIZED

A camisa branca é outra peça que é muito legal ter no armário, por nos dar várias possibilidades de combinação, basta ter na manga alguns truques de styling: usar amarrada, só um pedacinho dela por dentro da roupa e outro solto, transpassada…ah, você não tem uma camisa branca, nem tá podendo comprar? Olhem do outro lado do guarda-roupas, na parte do boy, você certamente vai achar uma lá pra pegar emprestado e arrasar no camisão oversized, super bombado entre a galera fotografada nos blogs de street style! A da Karla tem uma modelagem maior do que a que ela veste, certamente peça do boy, ou comprada grandinha pra fazer o estilo boyfriend shirt.

 KDwhitesh

CALÇA OFF WHITE

Essa calça off white em crepe de Karla quase anda só. Com essa peça ela looks mais clean, enxutos, e lindos. A gente tem um costume de achar que calças em crepe são só pra meninas que curtem uma produção mais informal, mas vejam esses looks com top cropped que lindos? O exercício é esse gente, testar várias combinações, adaptações pras peças que temos!

 KDoff

CALÇA FLARE BRANCA

Ah, a calça flare…por mim eu só tinha calça flare e destroyed…ambas permitem várias possibilidades de looks, e a calça flare branca traz pra composição um quê de clássico, é atemporal. Karla também percebeu isso e quase sempre posta fotos com a calça:

KDflarewh

 

 Como eu gosto de provar por A + B o que falo (sou advogada, gente, não tem como não ser assim), vamos fazer as contas aqui: a partir de seis peças que enumerei acima, Karla gerou VINTE E CINCO LOOKS, e olhe que ela nem chegou a esgotar as possibilidades dos usos para as peças-chave que enumerei. Então, fica a lição aqui: que tal aproveitar esse período de vacas magras, dar uma freada no consumo exagerado, e fazer economias para fazer compras mais conscientes? Investir em modelagem, pesquisar bem o que vai comprar e se vale a pena comprar? O bolso agradece, a natureza agradece, e a economia também.

Verão 2016: o biquíni que promete ser a sensação no Brasil

abkiini

 

Eu adoro seguir as blogueiras gringas, fato. Ao contrário do Brasil, onde blogueira autêntica é exceção, lá na gringa tem muita inspiração nos blogs, muito texto, muita composição com conteúdo, personalidade, e os looks são looks possíveis, bem “vida real”. E nessas minhas visitas aos blogs lá de fora, percebi que a febre boho continua, também na moda praia. O verão desse ano no Brasil foi dos bodies e biquínis todos em crochê; em 2016, o biquíni com barrados em crochê já dominou lá fora, e promete tomar conta das nossas praias.

Tudo começou quando um turco chamado Kiini, apaixonado pelo trabalho artesanal, resolveu desenvolver uma linha moda praia com uma pegada bem “handmade”, misturando a lycra do biquíni com elásticos coloridos, unidos por pontos em crochê. Caiu no gosto das gringas, virou febre. Estoura a marca Kiini Swimwear.

kiini

 O bacana do trabalho artesanal que não tem como um modelo sair totalmente igual a outro, e olha, amei esses biquínis numa medida…doida por um azul marinho bem colorido!

moodboardkiini

O valor, comprando fora, é salgado, tipo, uns 300 dólares (isso mesmo), MASSS eu selecionei uma lista de lojas brasileiras que já têm o modelo, e entregam no Brasil todo, anotem aí:

- Só Biquínis Moda Praia (link para o Insta da loja AQUI);

- Biquínis Morgana Naciff  by Siss (link para o Insta da loja AQUI;

- Biquínis Rafa Brasil (link para o site da loja AQUI);

- Biquínis Summer (link para o Insta da loja AQUI).

Caso vocês ainda achem o preço das lojas brasileiras salgadinho, que tal pedir àquela tia, ou avó, ou mesmo amiga habilidosa pra fazer pra você num precinho camarada? Vale imprimir as imagens que disponibilizei e mostrar pra elas, quem sabe elas não desenrolam? Corre em lojas especializadas, comprem as linhas, os elásticos, peçam pra uma costureira passar a overloque na lycra dos biquínis e mandem bronca!

 Beijos!

Lace up flats: tô querendo!

ablaceup

Eu sou uma baixinha bem resolvida, fato. Apesar do meu “metroemeio” amo flats, de todos os tipos: sapatilhas, rasteiras, slippers…a vida vai pedindo que a gente se adapte; afinal, na correria que vivo impossível passar o dia inteiro de salto alto, ia acabar torcendo meu pé, ou lascando o joelho mais cedo ou mais tarde. Salto é elegante, deixa a gente baphônica, mas não dá pra usar direto, não dá mesmo.

E, dando uns rolés pelo Insta notei que um tipo específico de flats vem fazendo a cabeça das meninas ao redor do mundo: o modelo lace up, trançadinho no peito do pé. Acreditem, tá uma febre lá fora, a cada duas fotos de blogueiras gringas que via, pelo menos uma tava com essas flats. Aí nasceu a vontade de ter uma bichinha dessas, principalmente pela versatilidade porque, olha, dá pra usar com tudo, uma maravilha pra minha vida!

As lace ups vão bem com jeans boyfriend (que amo), skinny (amodoro), vestidos, bermudinhas, sainhas…um par desses amplia o leque de coordenações de uma maneira tal, que tranqüilamente eu passaria a semana toda com os mesmos sapatos mudando apenas as peças de roupas, e os acessórios, e garanto: o resultado sempre seria de bons looks.

Pra vocês confirmarem o que tô dizendo, separei alguns modelos de lace ups e looks de street style, que vão dar aquela vontade de passar amanhã na loja de sapato pra adquirir um par pra chamar de seu:

boardlaceup

Fotos: reprodução

Sobre onde encontrar a sapatilha trançada, confesso a vocês que os modelos que mais gostei foram lançados há uns dois dias, na coleção de primavera/verão da Arezzo. Tô por fora de valores, porque só vi imagens pelo snap…só me resta rezar pra não custar um rim, ou outras lojas legais, e mais em conta, lançarem seus exemplares, como a Sonho dos Pés, ou Via Mia.

Por enquanto é pesquisar, e aguardar pra fazer uma compra com bom custo-benefício.

Beijos!

Trend Alert: saia evasê com botões

evaskirt

Do ano passado pra cá, o resgate do estilo das décadas de 60, 70, 80, e 90 tem sido pesado. E o legal é que não há exclusão, a gente sai na rua, e pode encontrar referências de todas essas décadas juntinhas, e misturadas, em looks lotados de interessância.

Dia desses passeando por blogs de street style gringo – e coincidentemente desde que Alexa Chung usou na campanha de uns jeans que ela lançou – notei várias meninas usando saia evasê com botões na frente, de jeans ou não. O modelo foi pinçado dos anos 70, e tem conquistado várias adeptas, mas não estou certa se estarei nesta turma. O tempo me dirá isso, até mesmo porque quando tinha uns 11, 12 anos eu tinha algumas e curtia bastante, mas não sei se estou disposta hoje a usar.

Pra me ajudar a decidir até separei alguns looks inspiracionais, e adianto: as sainhas ficam bem legais em  looks mais básicos. Vejam se vocês curtem também as montações:

painelskirt

Imagens: reprodução

 

Acho que já estou começando a gostar da sainha ó…#volúvel

 

Páginas123456789... 21»