Cropped Ripped Jeans: Quero!

Ab_croppedjeans

Não se viu nada mais recorrente nos arredores das semanas de moda do hemisfério norte que o jeans cropped: tinha pantalona jeans “pega bode”(traduzindo pra o popular o termo cropped), calça baggy “pega bode”, skinny “pega bode”…a calça encurtou, fato. Mas, se ela não veio curta de fábrica, com barrinha feita, também não teve problema pras fashionistas: as beeshas pegaram qualquer jeans que tinha no armário e passaram uma tesourada seguida de uma desfiada nele, e voilá! Tem-se uma peça estilosa sem gastar nenhum real pra isso, só tempo mesmo.

Eu, muito fã de reformar minhas roupas, já até selecionei acolá um jeans pra dar essa trabalhada na barra, não posso ver um rastro de peça customizada nos desfiles que já fico me coçando pra começar minha produção. O legal mesmo é que a calça seja aquela mais larguinha na perna, estilo pantalona mesmo(calça boca de sino também), ou a de modelagem reta, estilo anos 90, foi o que mais vi no street style. Escolhida a calça, o corte pode ser feito mais ou menos uns dois ou três dedos acima do tornozelo; para as ousadas, dá pra deixar mais curta a barra na parte da frente da calça e mais comprida atrás, vi alguns modelos assim e achei massa! Compilei umas ideias aqui pra vocês:

croppedjeansripped

Imagens: reprodução

Ah, e sabem o que achei mais legal de esse tipo de calça ter caído no gosto da galera? É que a tendência vem com um pouco de consciência de consumo. Ora, dá pra trabalhar com o que a gente tem em casa, sem precisar ir a uma loja e adquirir mais uma calça jeans, que, como já falei por aqui, degrada o meio ambiente de forma impactante. Portanto, nada de comprar jeans novo, tenho certeza que, se você não tiver uma calça com modelagem legal em casa, em brechós, e bazares de bairro dá pra encontrar um jeans massa pra reciclar e sair lacrando por aí!

Sexta comfy: jardineira!

IMG_8087.JPG

Até que enfim sexta chegou, e com ela aquela vontade de vestir algo mais confortável, que demande menos esforço, mas que não fique com ar desleixado. A peça-chave que atende a tudo isso que falei? A jardineira, uma das peças que tem sido cantada aos quatro cantos como tendência, mas que eu considero um verdadeiro clássico do look comfy.

Como usei a minha para trabalhar, passei longe dos tops e regatinhas; optei por uma camisa social com poá de coração, e tasquei scarpin nos pés. E já que a idéia era dar um ar mais chique à jardineira, fiz um coque rosquinha arrumadinho, pero no mucho, para complementar o estilo que eu queria:

IMG_8085.JPG

IMG_8094.JPG

foto b

Fiquei com muita vontade de ficar assim o restinho da semana inteira, amei muito o resultado desse look :)

E como sei que que vocês sempre pedem os créditos, não poderia deixar de colocar aqui pra vocês:

- Jardineira Riachuelo; camisa Tia Alice; scarpins, Vizzano; bolsa, Steve Madden; óculos, Versat Gold; brincos, acho comprei a uma amiga.

Moschino, o vestir, e o divertir

De uns meses pra cá, venho notando uma certa divisão de opiniões no mundo da moda, quando o assunto é  Moschino, e suas novas coleções, com Jeremy Scott à frente da direção criativa da grife. Teve insurgência da turma reaça #abaixoocapitalismo, teve defesa da galera fashion victim, que usou trajes do Mc Donalds dos pés à cabeça só para parecer descolada, e teve um grupo que curti bastante, e só queria se divertir com as peças Mc Donalds-Bob Esponja – e afins.

E quando eu falo em diversão, falo em observar as várias mensagens que as peças querem passar, repensar velhos conceitos, mas não deixar de usar uma peça que você gostou, apenas porque uma corrente xiita te condena. Usar uma capinha de celular do Mc Donalds me faz realmente uma defensora dessa rede de fast food, ou mesmo fomenta o consumo por lá? Mostrar modelos esquálidas com vestidos feitos de recortes de jornais em que o nome FAT aparece várias vezes me faz querer ser anoréxica? Acho que não. Tenho o direito de usar algo simplesmente porque achei legal, com um conceito diferente, porque achei bonito.

Vamos para o hipocampo da moda, e analisemos o histórico do Jeremy. O estilista é conhecido por traduzir para peças seu jeito provocador, irônico, e excêntrico. Dito isso, as coleções trazem em si um tico de protesto, também uma pitada de irreverência. Vestir Mc Donalds…a gente tem Mc por dentro, e agora usa por fora, nas roupas e acessórios…poderia passar o dia inteiro filosofando sobre isso, mas não, eu prefiro dizer que achei divertido, que usaria um acessório de maneira pontual, e sim, achei bem legal a sacada do Jeremy de pinçar desenhos, logos conhecidas e jogar nas peças de sua coleção.

20140605-161726-58646072.jpg

20140605-161756-58676836.jpg Ou vão dizer que não curtiram esse sweater do Bob Esponja? E a capinha do Mc, gente? No fim, como diria Cindy Lauper, a gente só quer se divertir.

Tendências Primavera/Verão 2014/2015

 TrendPubli

            O inverno está chegando, mas a primavera/verão não sai das nossas cabeças, seja porque moramos em um país tropical, seja porque no hemisfério norte, neste momento, os looks alegres tomam conta das ruas e passarelas. E aí começa o ciclo de renovar o guarda-roupa, doando, vendendo roupas online ou distribuindo a familiares e amigos tudo aquilo que para você já não é mais tendência, ou que simplesmente não faz mais parte do seu estilo. Afinal, seu objetivo é substituir aquelas peças sem graça pelas novidades da temporada.

             E para deixar os leitores com aquele gostinho de quero mais, lá vai uma prévia do que vai bombar nas temporadas mais quentes do ano.

  1. Estilo esportivo

A moda volta a caminhar de mãos dadas com o esporte. A idéia desta proposta é levar ao seu armário vestidos e camisetas que lembram os uniformes dos jogadores de basquete, de rugby e beisebol. Ah, e não esqueçamos do shortinho boxer, eles continuam com tudo, deixando nosso look mais confortável.

  1. Body

E os bodies que agitaram a primavera/verão que passou? Continuam no outono/inverno e mostram que vieram para ficar, bombando também na primavera/verão 2014/2015. Esta peça que combina com shorts, saias e calças, chegará com cores lisas, e nas mais diversas tonalidades, e estampas alegres.

  1. Boné floral

E como primavera é a estação das flores, se preparem para encontrá-las, na forma de estampa em roupas, sapatos, biquinis e bonés Será um complemento para seu estilo e pode ter certeza, fará a cabeça de muita gente. O ideal é combiná-lo com peças em tons neutros.

  1. Saia longa

Saia longa já é clássico, já que passa o ano inteiro fazendo sucesso, isso há várias temporadas. Para a primavera/verão, leveza e versatilidade são o lema das saias longas. A dica é usar-la com camiseta, fica lindo e despretensioso.

  1. Jaqueta de couro sintético em tom pastel

Para terminar as peças do guarda-roupas da próxima estação, não dá para deixar de fora as jaquetas. Por mais que faça calor em alguns estados brasileiros, à noite a gente sempre enfrenta uma friagem, então o ideal é ter uma destas peças sempre a mão. Mais leve que as jaquetas de couro “normal”, esta é ideal para o dia-a-dia, e em cores mais suaves, que combina com a temporada que mais amamos!

*Este post é um publipost, portanto, o espaço foi adquirido pela empresa contratante. As imagens aquí mostradas são meramente ilustrativas.

Top 3 mamães estilosas!

O mês de maio é um mês bom: mês das noivas, mês da Virgem Maria, mês das mães…e como hoje é Dia das Mães, e até o Google fez um doodle pra essa data, eu não poderia ficar de fora; então, resolvi fazer um post com um top 3 mamães estilosas, e olha, as beeshas lacram muito!

Vamos ao ranking?

- Terceiro Lugar: Kate Middleton

Kate Middleton é diva. Ora, fazer parte da realeza e manter a simplicidade é pra poucas. Usa TopShop, H&M, e mostra ao mundo que elegância é questão de ser, e não de ter. Tá certo que o posto de Lady Di é insubstituível, mas Kate chegou chegando, mostrando personalidade, e fibra. Saiu da maternidade após horas de trabalho de parto, e do parto em si (normal, diga-se de passagem), andando, linda, radiante, sem frescura. Só isso já me dá um bom indicativo do tipo de mãe que vai ser, autêntica, guerreira, e muito estilosa, claro!

20140511-183512.jpg

- Segundo Lugar: Victoria Beckham

Mesmo com essa cara de boneco de museu de cera, estática, Vic me cativa pelo jeito mãezona de ser. Anda com os filhotes encangados em sua aba o tempo inteiro, e ainda consegue ser linda, impecável nos looks. Os Beckham realmente passam a imagem de família feliz e sem neuras, e por isso meu segundo lugar vai pra nossa eterna Posh Spice!

20140511-183902.jpg

- Primeiro Lugar: Gwen Stefani

Olha, Gwen lacra! Mãezona, estilista, esposa apaixonada, cantora de uma das melhores bandas do mundo, desencanada, estilosa, e tem uma barriga que é meta de 10 em cada 10 meninas. Detalhe: ela tem mais de 40 anos. Não tinha como não dar o primeiro lugar a Gwen, sou fã demais para deixá-la em qualquer outra posição que não no topo do pódio!

20140511-184234.jpg

E é isso, sei que as mamis estilosas são muitas, inclusive a minha, a de vocês, mas queria fazer esse top 3 pra não passar em branco, já que hoje é sim um dia especial, de agradecer às mães do mundo, elas são um vetor para nossas vidas, e muitas são verdadeiras jóias, dádivas de Deus! Beijos e feliz restinho de domingo!

Tags:

1

Adooooro! da semana: Jennifer Grace

O Adoro dessa semana traz um look que fica no meu mural de inspiração quando tema é “composições para o trabalho”:

20130401-223207.jpg

Jennifer Grace sabe como ninguém pinçar tendências, e mesclar com peças clássicas, gerando um look atual, mas não alienado. Aí, a camisa camuflada só remete ao militarismo na estampa, pois o corte e o tecido dão um aspecto muito delicado, chique, à produção. Desnecessário dizer que amei, né?
E vocês, curtiram?

Tags:

Páginas123456