DIY express: wrap choker (dois estilos)

Chamando assim, pelo nome em inglês, muitos de vocês vão achar que não conhecem esse choker que tá dominando o tumblr e o pinterest . Mas se eu der “ibagens”, vocês vão saber na hora: sabem aquele colarzinho em couro, camurça, ou em rolotê de cetim com umas ponteirinhas douradas que a blogueiragem gringa tá toda usando? Pois bem, o nome dele é wrap choker; colar de amarrar, traduzindo ao pé-da-letra.

Assim que vi esse colar no snap da Danielle (blog who what wear) eu endoidei, porque ele tem uma pegada boho, e orna com vários outros colares, fazendo um #neckswag, como em algumas imagens que separei:

selectionwrapchoker Imagens: reprodução. Edição:DF

Como ainda não tinha achado nenhum exemplar no Brasil (e se tivesse o preço não seria tão agradável) fui no Centro da cidade, comprei o material, e montei dois modelos diferentes, que mostro num vidjinho rápido que vocês conferem clicando logo abaixo:


Fácil, né? Em poucos minutinhos cês já têm um colar estiloso! Ah, deixa eu falar, os vídeos vão voltar a ser regulares no blog, depois desse hiato em que a pós me jogou, tô voltando com surra de  DIY. Portanto, já vão mandando sugestões no e-mail e nos comentários por aqui!

Quinta do vídeo: DIY de Body Chain

Vejam só como tô mocinha em 2015, postando bem direitinho pra vocês! Subiu post durante o carnaval, e subiu no pós, com direito a vídeo na quinta, ensinando a fazer um body chain lindo pra gente arrasar por aí.

Eu percebi o boom de body chain que rolou nas praias, mas resolvi subir  vídeo de propósito só agora, depois do carnaval, porque eu amo mesmo é ver essa correntinha reinando nos looks urbanos; ela fica um charme por baixo de croppeds, ou por cima de regatas podrinhas, vi vários looks inspiradores e sim, acho que a correntinha de corpo é peça pra usar no dia-a-dia mesmo, um truque de styling que tira qualquer composição da mesmice.

Então, chega de papo e vem comigo aprender que é facin facin!!


Espero que tenham gostado, e se vocês quiserem sugerir algum DIY, ou qualquer outro tipo de vídeo, mandem bronca aí nos comentários, que aloka  aqui, se souber fazer, atende o pedido na hora!

Beijos!

Vídeo da Quinta: DIY agenda personalizada com tecido

Miniaturapersona

Eita, Giovana, vídeo novo na área!

Como eu sei que as aulas tão no início, e com a chegada delas o ano começa de verdade, preparei um DIY de agenda forrada com tecido, bem simples, e com um resultado tão, mas tão fofo e baratinho, que vocês vão querer sair usando a mesma técnica em bloquinhos, cadernos, moleskines, enfim, toda a papelaria de vocês.

Aloka aqui gravou tudo só, editou também, então vão desculpando algumas loucuras, errinhos de imagem, etc…o fim foi nobre, tá?

Ah, a quem interessar possa, o custo aproximado de cada agenda fica em torno de 10, 12 reais. Pechincha, né?


 

DIY: colar estilo Dylanlex

abdiydylan

Quem acompanha as postagens aqui no blog sabe que, certa vez, falei da minha vontade de montar um colar inspirado nos statement necklaces, da talentosíssima Dylanlex. Acho massa essa vibe meio faraônica, de usar somente o colar como chamariz de um look inteiro.

Então, quando viajei, tinha em mente uma coisa: entrar na Forever 21, e comprar colares prateados e dourados, com formas que se encaixassem, justamente pra eu ir “montando”, o meu statement. E consegui.

Portanto, no post de hoje vocês vão ver como é simples fazer seu próprio colar statement, o passo realmente mais chatinho é garimpar os colares. De resto, é tudo de boa!

matdylan

Para  fazer meu statement, só precisei de dois colares, argolinhas, e alicate de bijuteria. Só lembro que há casos em que a gente pode precisar de uma corrente de strass, ou uma corrente mais grossa, ou ainda linha de crochê (de bordar também serve) pra juntar um colar com outro, e fazer um detalhe legal…vai depender do colar que vocês têm. Vale a pena dar uma olhada no site da dylanlex(AQUI Ó) pra se inspirar, tem cada coisa linda!

dylan1

Depois que medi a altura em que queria que ficasse o segundo colar, abri as correntes, soltei as desnecessárias, e as que sobraram, com pouquinhos elos, uni ao meu colar-matriz com a argolinha de junção. E pronto, habemus um dylanlex inspired!

dylan2

dylan3

Depois que fiz esse primeiro, já fiz mais dois, e já tô com uma vontade imensa de dar um passeio nas lojas de montagens de bijuterias da cidade pra dar uma incrementada e outros meus que tavam encostados por aqui por casa. Esses DIY viciam muito, tô ficando aloka dos colares exagerados.

Bom, tá aí o tuto, espero que gostem, e me mostrem quando fizerem o de vocês, vamos compartilhar ideias!

Pequenas mudanças, grandes resultados

Não sei se isso acontece a muitas de vocês, mas tem dias em que eu acordo com aquela vontade de dar um ânimo novo a roupas encostadas; muitas delas novas, porém nunca usadas. Às vezes, um simples trocar de botões de uma camisa pode mudar tudo, e de repente, aquela peça que a gente não foi com a cara logo depois que chegou com a sacola de compras, vira o item “Chico tira Mané veste do armário”. Ocorre demais comigo isso…

E o post de hoje é pra mostrar pra vocês como a customização, por mais discreta que seja, pode mudar a cara da peça.

Então, separa um tempinho, paciência, tesoura, tachinhas, pinça, e vem comigo conversar um pouco sobre cada modificação que fiz:

Eu tava doida por uma camiseta com a carinha de algum animal: cachorro, tigre, guepardo, leopardo, o que fosse. Achei essa na Riachuelo, mas não curti as tachinhas bronze que vieram nela; sei lá, achei meio morto, meio com cara de peça fraquinha. E o que podia ser feito? Pensei, pensei, e resolvi aplicar por cima essas tachinhas laranja, bem chamativas. Gostei bastante do resultado!

Essa calça, apesar de não estar encostada no guarda-roupas, já que tem uma modelagem muito boa, foi comprada(na seção de pequenos defeitos da Riachuelo) com o propósito de ser customizada, em verdade destruída, desfiada. E ontem chegou o grande dia dela: fiz uns cortes com a tesoura, puxei os fios com a pinça, e pra intensificar o puído, usei aquelas lixas de ferro de pedicure. Creio que depois da primeira lavada na máquina vai ficar ainda mais punk, do jeitinho que eu queria!

Já essa calça preta, que me ganhou pela modelagem e preço muito maravis, tipo uns R$ 39,90, recebeu um tratamento semelhante à camiseta lá de cima: tachinhas nela, só que na lateral da calça. Ficou muito parecida com uma da Zara que vi em blogs por aí (tipo essa DAQUI). Vejam e me digam se não ficou legal?!

E como tachinhas nunca são demais, dei um toque nos shorts de minha amiga GuêGuê, ficou muito fofo!

Mas me contem, andaram customizando alguma coisa esses dias? Quero saber!

Inspirações de DIY!

O post de hoje vai alegrar as adeptas do craft, e amantes do DIY(Alô Mag, Lih, Laísa!!!). Sim, porque colhi quatro ideias bem legais, totalmente possíveis de fazer em casa. Eu mesma já fiz duas dessas quatro, e em breve mostrarei pra vocês em forma de look que é joinha, nada como a prática do vestir, né?

Só pra vocês não ficarem na curiosidade, eu tenho o colar, que fiz com corrente, e titia incrementou com crochê de barbante, e dia desses concluí essa regata boyfriend com tachas, ficou muito massa, mostro pra vocês essa semana, assim que terminar uma saia que idealizei pra usar com ela. Calminha, que aos poucos vou postando as coisas que ando aprontando por aqui :)

Sobre o cap toe, eu tô doida pra fazer, já comprei tinta e tudo, falta só ter um tempinho, e filma um tutorial pra dar aquela mãozinha às mais temerosas do DIY. A regata branquinha com as costas leeendas não tá muito nos meus planos, mas sei lá, vai que rola um dia de ócio, me dá uma doida e eu faço? Vamos observar…

Páginas123456