Bridezilla: A papelaria do casamento

Eu sei que falta de tempo não é desculpa para eu não estar postando no blog, mas pela enésima vez eu peço perdão às leitoras sobre a falta de posts com dicas de casamento. Meu corre-corre é grande, e quem convive comigo sabe bem como a banda toca.

Mas, chega de desculpas e vamos falar um pouco sobre a papelaria do casamento. Se tinha uma coisa que eu definitivamente não queria gastar dinheiro era com papelaria de casamento. Sinceramente, é dinheiro jogado fora, ou vocês já viram alguém que guardou convites de casamento, ou mesmo menu? Se tiver é exceção.

Pois bem. Em preferindo gastar o dinheiro suado com outras coisas do casamento, eu comecei a pesquisar onde poderia fazer convites, porta-lencinhos, e save the date, dentre outras coisas. Já estabelecida a linha rústica, comecei a pesquisar a papelaria nesta linha, e achei o maravilhoso site Elo 7, cheio de fornecedores legais, e o melhor, com preço camarada, porque minhas amigas noivas, convite é muito caro em Natal, muito mesmo, média de 15 reais a unidade. Ou seja, se a gente encomendar cerca de 200 convites, numa média, desembolsa, assim, facinho, R$ 3.000,00. Com esse dinheiro dá pra pagar uma banda, ou parte do contrato do fotógrafo, coisas muito mais relevantes numa festa de casamento. Aí a gente faz um exame de consciência, e corre pra o Elo 7 pra buscar fornecedores.

O meu save the date foi encomendado por Jeff, o noivo, no site Elo 7, a um fornecedor chamando “A Casamenteira” (link para ela AQUI), não me lembro o preço mas acho que foi um pouco mais barato que os convites no estilo, uns 3,4 reais mais ou menos, mais o frete; Já os convites encomendei a uma fornecedora maravilhosa e atenciosa, do R&L convites (link AQUI). O  convite saiu a R$ 3,40 a unidade, mais o frete.

invit_wed

Os porta-lencinhos, e os saquinhos de arroz eu comprei prontinhos, embalados, mas para as noivas que tão com muito tempo, interessante é fazer a papelaria, e embalar um-a-um com ajuda da família, madrinhas etc…mas, para quem tá na correria, como eu tive, pode encomendar na loja Estúdio 100, também o Elo 7.  Eles têm muita coisa legal para quem deseja um casamento rústico, vintage, para acessar clica AQUI.

Dica: não precisa comprar muitos saquinhos de arroz, nem muitos lencinhos, nem todo mundo quer, então não gastem tanto com isso, meio que me arrependi porque comprei muitos saquinhos de arroz, nem precisava, acho que uns 30 já dava pra galera fazer uma chuva legal hahahahaha

lençoswed

 

Quanto ao menu, também não queria que destoasse do estilo que queria seguir, e minha amiga Flávia, que é designer, e faz convites para casamento, cartões de visita e demais artes de papelaria me presenteou com esse abaixo, do jeitinho que eu queria. Para contratá-la, só ligar para (84) 9636-1713 ou mandar e-mail ([email protected]), ela aceita encomendas, e vai até às noivinhas com amostras de convites e de papelarias, recomendo demais!

Menu_wed

E para finalizar, o saquinho de doces, que eu mesma fiz! Eu comprei os saquinhos em papel Kraft no Alecrim, super baratinhos, coisa de 2 reais o cento eu acho, e criei uma arte no Photoshop em formato de círculo, e mandei imprimir numa gráfica em papel adesivo, na Braz, salvo engano. Depois, fui só colando nos saquinhos e pronto, ficou fofo do jeitinho que eu queria!

saquinho_doces

 Foto: Renata Sales

No fim das contas, casamento dos sonhos não precisa doer no bolso, né?

Ah, próxima semana subo mais um post com dicas para as noivinhas, aguardem!

3 Comentários para “Bridezilla: A papelaria do casamento”

    Gravatar Jéssica Amélia =)
    27 junho 2014

    Tudo lindo e inspirador ♥


    Gravatar Josiane
    23 maio 2016

    Oi, Rose! Você poderia me informar o site ou link e onde comprou os saquinhos em papel Kraft? Não conheço este ‘Alecrim’ citado. Obrigada e parabéns pelo blog!

    Rose Reply:

    Josiane,
    Alecrim é uma localidade/bairro em Natal bem popular onde vende várias coisas, e tem muitas lojas de embalagens. Certamente os saquinhos kraft você encontra em sua localidade em bairros que possuem lojas populares de embalagens.
    Beijos!


Deixe seu comentário