A moda vem…e volta: o shirtdress de agora

Se tem uma peça que eu considero realmente prática, essa peça é o shirtdress, um misto de camisa e saia, que facilita a vida da meninas de hoje.

Popularizado por Dior, em 1957, posso dizer com firmeza que ainda é tempo de shirtdresses, em pleno 2011-quase-2012. Tudo por culpa das semanas de moda lá fora, e das editoras de renomadas revistas, que pareceram ter “redescoberto” a peça. Os vestidos com jeitão de camisa vêm das maneiras mais variadas possíveis: ora com mais camisa que vestido, ora o contrário, ora em cores lisas, ora em estampas de toda sorte…

Confesso que amei os shirtdresses mais “mulherzinha”, estampadinhos, com sainhas pregueadas, ou franzidas, o que não me impede de posteriormente vir a gostar dos modelos com jeitão mais masculino, tacando um cinto pra marcar a cintura. Sou volúvel demais, que posso fazer?

A verdade é que eu considero o shirtdress um clássico, coisa que a gente deve ter  sempre à mão, dentre as peças-chave do armário. Facilita nossas vidas, muito.

É camisa, e é vestido. Às vezes, um mais que o outro.

Deixe seu comentário